Mauro Ferreira no G1

Aviso aos navegantes: desde 6 de julho de 2016, o jornalista Mauro Ferreira atualiza diariamente uma coluna sobre o mercado fonográfico brasileiro no portal G1. Clique aqui para acessar a coluna. O endereço é http://g1.globo.com/musica/blog/mauro-ferreira/


sexta-feira, 11 de setembro de 2015

Roberto lança single de projeto hispânico em que revive música dos Beatles

Roberto Carlos lança hoje, 11 de setembro de 2015, em várias plataformas digitais o primeiro single de seu projeto Primera fila - En vivo, DVD e CD gravados em 11 e 12 de maio deste ano de 2015 no estúdio Abbey Road, em Londres. A música escolhida foi Eu te amo, te amo, te amo (Roberto Carlos), canção de 1968 que ganhou levada de reggae no registro produzido por Afo Verde sob direção musical de Tim Mitchell. Embora tenha sido gravado na Inglaterra, o projeto Primera fila é direcionado primordialmente ao mercado latino formado pelos países de língua hispânica. Na gravação, o cantor capixaba - em foto de Maurício Contreiras - alinha inéditas versões em espanhol de músicas de seu cancioneiro, regrava hits de seu repertório em português com novos arranjos e dá voz a sucesso do grupo inglês The Beatles, And I love her (John Lennon e Paul McCartney, 1964). Primera fila  vai sair no Brasil.

23 comentários:

Mauro Ferreira disse...

♪ Roberto Carlos lança hoje, 11 de setembro de 2015, em várias plataformas digitais o primeiro single de seu projeto Primera fila - En vivo, DVD e CD gravados em 11 e 12 de maio deste ano de 2015 no estúdio Abbey Road, em Londres. A música escolhida foi Eu te amo, te amo, te amo (Roberto Carlos), canção de 1968 que ganhou levada de reggae no registro produzido por Afo Verde sob direção musical de Tim Mitchell. Embora tenha sido gravado na Inglaterra, o projeto Primera fila é direcionado primordialmente ao mercado latino formado pelos países de língua hispânica. Na gravação, o cantor capixaba - em foto de Maurício Contreiras - alinha inéditas versões em espanhol de músicas de seu cancioneiro, regrava hits de seu repertório em português com novos arranjos e dá voz a sucesso do grupo inglês The Beatles, And I love her (John Lennon e Paul McCartney, 1964). Primera fila vai sair no Brasil.

Rafael M. disse...

Esse daí não se cansa de ser chato e repetitivo... Haja coração para tanta amolação!!!

Marcelo Barbosa disse...

E a resenha do musical Andança? O senhor irá, meu caro crítico? rs
PS: Não precisa publicar.Abração

Mauro Ferreira disse...

Já fui, Marcelo. A resenha entra no fim de semana. Abs

Damião Costa disse...

Pra esse Sr Rafael o único cantor que se repete é Roberto, pois elogiou o trabalho da Ângela Maria(que tá realmente excelente),elogiou se não me engano o do D.Caymmi(com certeza brilhante)mas ambos repetitivos.Ouvi as duas músicas lançadas hoje estão com uma roupagem totalmente diferente do que Roberto já fez o que evita a repetição.

Marcelo disse...

Não gosto de Roberto Carlos, também o acho ultrapassado e repetitivo mas uma coisa ele tem que admiro: afinação! Roberto pode não ter uma super potência vocal como um Cauby Peixoto ou Ney Matogrosso mas tem uma afinação impecável!

Henrique disse...

Eu também achei a sonoridade da faixa diferente (e interessante), mas achei desnecessário mais um registro ao vivo. Principalmente por ser gravado em estúdio, e num estúdio como o Abbey Road.

Rafael M. disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Rafael M. disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Rafael M. disse...

Roberto Carlos é cansativo e repetitivo sim...

Marcelo Barbosa disse...

Ansioso, meu caro crítico! Abs

Ps: e a Rainha do Samba estará amanhã no Esquenta (que era ótimo e se perdeu com o que há de ruim na nossa música).

Damião Costa disse...

O cara tá na mídia faz quase 60 anos alguma coisa tem de se repetir,mas a repetição vem com classe.Pior é quem escreve comentários em um blog e é sempre a mesma coisa:lixo musical,estou ansioso pra ouvir....kkkk

Bernardo Barroso Neto disse...

Roberto Carlos é um grande cantor, um dos maiores de todos os tempos isso é inegável. Mas é repetitivo sim, há muito tempo se escorou nas suas canções consagradas e sempre repete o mesmo repertório. Ainda espero que o cd de inéditas que ele prometeu saia um dia.

Spymaster disse...

Em entrevista, o empresário dele declarou que dá conselhos para que RC não lance o álbum de inéditas, 'porque ele não precisa provar mais nada para ninguém", algo assim.

Marisa disse...

Roberto canta bem, mas há muito perdeu a inspiração como compositor. Um disco de intérprete daria um up na sua carreira, mas ele não arrisca e prefere ficar na zona de conforto. Uma pena!

Damião Costa disse...

Ele disse uma vez que tinha um sonho as que era gravar suas antigas músicas com uma nova roupagem,foi o que ele fez em Abbey road, tenho uma amiga que estava lá e disse que tudo ficou maravilhoso.Se Deus permitir e lhe dê saúde o inédito vem em 2016

Rafael M. disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Rafael M. disse...

Desde quando um cantor ficar tocando as mesmas músicas há mais de 40 anos é ter classe? Classe para mim é quando um cantor festejado ousa e lança um disco de inéditas, e não fica na zona de conforto para lucrar horrores... De RC você não pode esperar mais nada, infelizmente...

Damião Costa disse...

O último trabalho inédito do Roberto segundo a enciclopédia da MPB Rafael M foi em 1975,vai estudar a música brasileira pra não falar tantas abobrinhas.É repetitivo,lixo musical,tô ansioso pra ouvir kkkkk

Rafael M. disse...

RC é a pessoa mais inerte da música popular brasileira...

Rafael M. disse...

RC antigamente era um cara legal, cool, despojado... Atualmente é um dos cantores mais chatos da história da MPB...

Rhenan Soares disse...

Amo muitas músicas do RC, mas ainda o prefiro na voz de Qualquer Um...

Mauro Silva disse...

Amoooo Roberto, é uma pena ele não lançar um disco de inéditas (lamento),fui no Ginásio do Ibirapuera este ano...com toda minha família para assistirmos o show e foi 10! Apesar das mesmas músicas, com algumas mudanças aqui e ali, ele continua com uma voz linda, canta no gogó mesmo! Continua passando muita emoção....todo mundo saiu de lá emocionado e feliz...é a tal "Força Estranha", que o Caetano compôs para ele, sobre ele. É o Rei! Amoooo :)