Mauro Ferreira no G1

Aviso aos navegantes: desde 6 de julho de 2016, o jornalista Mauro Ferreira atualiza diariamente uma coluna sobre o mercado fonográfico brasileiro no portal G1. Clique aqui para acessar a coluna. O endereço é http://g1.globo.com/musica/blog/mauro-ferreira/


quarta-feira, 23 de setembro de 2015

Eis a capa do DVD em que olhar de Verônica une as garotas de Tom e Skank

Com capa inspirada na arte visual dos álbuns da gravadora Elenco, Esse meu olhar - segundo registro ao vivo de show da discografia solo de Verônica Sabino - chega ao mercado fonográfico em outubro de 2015, nos formatos de CD e DVD, com distribuição da gravadora Som Livre e edição viabilizada através de parceria entre o Canal Brasil e o selo MP,B Discos. Sucessor do CD e DVD Que nega é essa? (Universal Music, 2009), Esse meu olhar perpetua show gravado em Juiz de Fora (MG) e já exibido em agosto de 2014 pelo Canal Brasil. Com curadoria de Roberto Menescal, que entra em cena em números como O barquinho (Roberto Menescal e Ronaldo Bôscoli, 1961), e com arranjos de Sergio Chiavazolli, a cantora carioca dá voz a músicas como Ouça (Maysa, 1957), Por causa de você (Antonio Carlos Jobim e Dolores Duran, 1957), Demais (Antonio Carlos Jobim e Aloysio de Oliveira, 1959), Se é tarde me perdoa (Carlos Lyra e Ronaldo Bôscoli, 1960), Insensatez (Antonio Carlos Jobim e Vinicius de Moraes, 1961) e Samba de verão (Marcos Valle e Paulo Sérgio Valle, 1964), entre outros standards da Bossa Nova. Aliás, uma curiosidade do roteiro é que Sabino - cuja carreira solo foi iniciada há 30 anos com a edição do álbum Metamorfose (PolyGram, 1985) - cita Garota nacional (Samuel Rosa e Chico Amaral, 1996), hit do grupo mineiro Skank, ao cantar a célebre Garota de Ipanema (Antonio Carlos Jobim e Vinicius de Moraes, 1962). E por falar nas Geraes, a cantora também dá voz a Nada será como antes (Milton Nascimento e Ronaldo Bastos, 1972), sucesso do Clube da Esquina.  A propósito, Milton Nascimento participa de  Esse meu olhar.

8 comentários:

Mauro Ferreira disse...

♪ Com capa inspirada na arte visual dos álbuns da gravadora Elenco, Esse meu olhar - segundo registro ao vivo de show da discografia solo de Verônica Sabino - chega ao mercado fonográfico em outubro de 2015, nos formatos de CD e DVD, com distribuição da gravadora Som Livre e edição viabilizada através de parceria entre o Canal Brasil e o selo MP,B Discos. Sucessor do CD e DVD Que nega é essa? (Universal Music, 2009), Esse meu olhar perpetua show gravado em Juiz de Fora (MG) e já exibido em agosto de 2014 pelo Canal Brasil. Com curadoria de Roberto Menescal, que entra em cena em números como O barquinho (Roberto Menescal e Ronaldo Bôscoli, 1961), e com arranjos de Sergio Chiavazolli, a cantora carioca dá voz a músicas como Ouça (Maysa, 1957), Por causa de você (Antonio Carlos Jobim e Dolores Duran, 1957), Demais (Antonio Carlos Jobim e Aloysio de Oliveira, 1959), Se é tarde me perdoa (Carlos Lyra e Ronaldo Bôscoli, 1960), Insensatez (Antonio Carlos Jobim e Vinicius de Moraes, 1961) e Samba de verão (Marcos Valle e Paulo Sérgio Valle, 1964), entre outros standards da Bossa Nova. Aliás, uma curiosidade do roteiro é que Sabino - cuja carreira solo foi iniciada há 30 anos com a edição do álbum Metamorfose (PolyGram, 1985) - cita Garota nacional (Samuel Rosa e Chico Amaral, 1996), hit do grupo mineiro Skank, ao cantar a célebre Garota de Ipanema (Antonio Carlos Jobim e Vinicius de Moraes, 1962). E por falar nas Geraes, a cantora também dá voz a Nada será como antes (Milton Nascimento e Ronaldo Bastos, 1972), sucesso do Clube da Esquina. A propósito, Milton Nascimento participa de Esse meu olhar.

Rafael M. disse...

Capa linda... Vi a mesma no Facebook dela e perguntei se era CD novo, mas ela não havia respondido... Pelo pouco do que estou vendo aqui do repertório o mesmo é maravilhoso... Salve Verônica!!!

Rafael M. disse...

Verônica tem uma das vozes mais lindas da MPB, não é à toa que fez aquele dueto maravilhoso com o Emílio Santiago.

lurian disse...

Nossa, demorou pra sair. Já era tempo da Verônica vir com repertório inédito e dando continuidade à sua boa safra de composições. O Projeto é bom, mas prefiro a Verônica contemporânea.

claudiopaes disse...

Outro dia mesmo estava procurando por novidades a respeito de Veronica. Tenho como relíquia seus primeiros trabalhos ainda em LP e deles não abro mão. Uma das vozes mais agradáveis da MPB. Ansioso por este trabalho.

Marcelo disse...

Verônica é uma das melhores cantoras da MPB. Esse repertório cai como uma luva na sua voz! Além de linda, canta maravilhosamente bem... Verônica é bem vinda com qq repertório, na verdade, basta abrir a boca e tá tudo certo!

Carlos Almeida disse...

Preguiça desse repertório...

Luca disse...

boa cantora mas esse projeto me parece sem sentido, antigo