Mauro Ferreira no G1

Aviso aos navegantes: desde 6 de julho de 2016, o jornalista Mauro Ferreira atualiza diariamente uma coluna sobre o mercado fonográfico brasileiro no portal G1. Clique aqui para acessar a coluna. O endereço é http://g1.globo.com/musica/blog/mauro-ferreira/


sábado, 12 de setembro de 2015

Lessa ilumina palco (con)sagrado de Bethânia no show 'Abraçar e agradecer'

A IMAGEM DO SOM - A montagem com quatro fotos de Rodrigo Goffredo - tiradas na volta do show Abraçar e agradecer à cidade do Rio de Janeiro (RJ) em apresentação que embeveceu o público que lotou a casa Vivo Rio na noite de ontem, 11 de setembro de 2015 - mostra como o palco (con)sagrado de Maria Bethânia é lindamente iluminado por Bia Lessa, diretora e cenógrafa do espetáculo comemorativo dos 50 anos de carreira da cantora baiana. A sombra nesse show de luz e esplendor é o fato de a visão plena do cenário de Lessa somente ser possível por quem assiste ao espetáculo de camarote (em locais de grande porte como a casa Vivo Rio) ou na parte superior da plateia (no caso das apresentações feitas em teatro). As projeções no telão de led alocado no palco preenchem a cena, ajudam a traduzir os signos contidos nas letras das canções do roteiro e criam belos efeitos como a sensação de que Bethânia canta sobre ondas em movimento na música Meu amor é marinheiro (Alan Oulman em poema de Manuel Alegre, 1974). Cenário é show à parte!

6 comentários:

Mauro Ferreira disse...

♪ A IMAGEM DO SOM - A montagem com quatro fotos de Rodrigo Goffredo - tiradas na volta do show Abraçar e agradecer à cidade do Rio de Janeiro (RJ) em apresentação que embeveceu o público que lotou a casa Vivo Rio na noite de ontem, 11 de setembro de 2015 - mostra como o palco (con)sagrado de Maria Bethânia é lindamente iluminado por Bia Lessa, diretora e cenógrafa do espetáculo comemorativo dos 50 anos de carreira da cantora baiana. A sombra nesse show de luz e esplendor é o fato de a visão plena do cenário de Lessa somente ser possível por quem assiste ao espetáculo de camarote (em locais de grande porte como a casa Vivo Rio) ou na parte superior da plateia (no caso das apresentações feitas em teatro). As projeções no telão de led alocado no palco preenchem a cena, ajudam a traduzir os signos contidos nas letras das canções do roteiro e criam belos efeitos como a sensação de que Bethânia canta sobre ondas em movimento na música Meu amor é marinheiro (Alan Oulman em poema de Manuel Alegre, 1974). Cenário é show à parte!

luis claudio de oliveira disse...

Lindas fotos! Vou rever este show mágico hoje. Bia Lessa disse que as imagens no chão simbolizam os caminhos de Bethânia. Estou ansioso pelo dvd/bluray que deve ter capturado imagens tão belas quanto essas. É realmente um belíssimo show em todos os sentidos!

Rafael M. disse...

Nossa, ficou show a iluminação. Parabéns ao envolvidos no projeto!!!

Marcelo disse...

É o que falta nos shows das grandes cantoras da MPB hoje em dia! CENÁRIO!! Lindo trabalho da Lessa!!

Henrique disse...

Esse show é realmente um espetáculo!

Bernardo Barroso Neto disse...

Esse show estou louco para ver. Tomara que saia em dvd