Mauro Ferreira no G1

Aviso aos navegantes: desde 6 de julho de 2016, o jornalista Mauro Ferreira atualiza diariamente uma coluna sobre o mercado fonográfico brasileiro no portal G1. Clique aqui para acessar a coluna. O endereço é http://g1.globo.com/musica/blog/mauro-ferreira/


sexta-feira, 6 de fevereiro de 2015

Álbum em que Lisa Ono canta Baden, Ben, Dori e Gil, 'Brasil' sai no Brasil

Cantora, compositora e violonista nascida em São Paulo (SP), mas criada no Japão desde os dez anos de idade, Lisa Ono volta ao mercado fonográfico nacional com o álbum Brasil, editado pela gravadora Deck no Brasil neste mês de fevereiro de 2015, mas já lançado no Japão em maio de 2014. Produzido por Mario Adnet, o CD alinha regravações de 12 músicas brasileiras lançadas, em sua grande maioria, nos anos 1960. Jorge Ben Jor aparece duplamente na seleção com Mas que nada (1963) e Chove chuva (1963), músicas lançadas por Ben em seu primeiro álbum, Samba esquema novo (Philips, 1963). Gilberto Gil tem sua Roda (1966), parceria com João Augusto, revivida por Ono. Como exposto na capa solar do disco, o repertório de Brasil também inclui Bim bom (João Gilberto, 1959), Lapinha (Baden Powell e Paulo César Pinheiro, 1968), O cantador (Dori Caymmi e Nelson Motta, 1966), Reza (Edu Lobo e Ruy Guerra, 1965), Sá Marina (Antonio Adolfo e Tibério Gaspar,1968) e Upa neguinho (Edu Lobo e Gianfrancesco Guarnieri,1967).

4 comentários:

Mauro Ferreira disse...

♪ Cantora, compositora e violonista nascida em São Paulo (SP), mas criada no Japão desde os dez anos, Lisa Ono volta ao mercado fonográfico com o álbum Brasil, lançado pela gravadora Deck neste mês de fevereiro de 2015. Produzido por Mario Adnet, o disco alinha regravações de 12 músicas brasileiras lançadas nos anos 1960, em sua grande maioria. Jorge Ben Jor aparece duplamente na seleção com Mas que nada (1963) e Chove chuva (1963), músicas lançadas pelo cantor e compositor em seu primeiro álbum, Samba esquema novo (Philips, 1963). Gilberto Gil tem sua Roda (1966), parceria com João Augusto, revivida por Ono. Como exposto na capa solar do disco, o repertório de Brasil também inclui Bim bom (João Gilberto, 1959), Lapinha (Baden Powell e Paulo César Pinheiro, 1968), O cantador (Dori Caymmi e Nelson Motta, 1966), Sá Marina (Antonio Adolfo e Tibério Gaspar, 1968) e Upa neguinho (Edu Lobo e Gianfrancesco Guarnieri, 1967).

Rafael M. disse...

Este CD da Lisa Ono é o mais puro e perfeito som da fase bossa nova! Perfeito! Recomendo comprarem, pois não irão se arrepender!

Marcelo disse...

Deve ser lindo!!!

CelloPiazza disse...

Lisa merecia um honroso lugar de destaque na cena musical brasileira, tal seu talento, bela voz e repertório impecável. Mas, neste país de Anitas, Naldos e Ludmillas, resta-nos apreciá-la a distância, tal como acontece com Joyce, Renato Braz, Rosa Passos e tantas outras joias da música brasileira.