Mauro Ferreira no G1

Aviso aos navegantes: desde 6 de julho de 2016, o jornalista Mauro Ferreira atualiza diariamente uma coluna sobre o mercado fonográfico brasileiro no portal G1. Clique aqui para acessar a coluna. O endereço é http://g1.globo.com/musica/blog/mauro-ferreira/


domingo, 22 de fevereiro de 2015

Clipe de 'Como vês' já revela as primeiras imagens do primeiro DVD de Alice

A IMAGEM DO SOM - Extraída do clipe da regravação de Como vês (Domenico Lancellotti e Bruno Di Lullo, 2013), música do repertório do grupo carioca Tono, a imagem acima mostra Alice Caymmi no palco do Teatro Itália, em São Paulo (SP), em 11 de dezembro de 2014. Já em rotação no YouTube, o vídeo exibe as primeiras imagens do primeiro DVD da cantora carioca. O DVD vai ser lançado neste ano de 2015 com o registro ao vivo do sofisticado show concebido e dirigido por Paulo Borges. Dirigido por Richard Luiz para a Protótipo Filme, o clipe reproduz Como vês em registro que tem totalmente arranjo fiel à gravação lançada no segundo álbum de Alice, Rainha dos raios (Joia Moderna, 2014), e propagada em escala nacional nas chamadas e na trilha sonora da minissérie Felizes para sempre? (TV Globo, 2015), com excelente repercussão popular. Só que o arranjo eletrônico do produtor Diogo Strausz ganha no espetáculo, no fim, um floreio jazzy inexistente na (retumbante)  gravação de estúdio.

12 comentários:

Mauro Ferreira disse...

♪ A IMAGEM DO SOM - Extraída do clipe da regravação de Como vês (Domenico Lancellotti e Bruno Di Lullo, 2013), música do repertório do grupo carioca Tono, a imagem acima mostra Alice Caymmi no palco do Teatro Itália, em São Paulo (SP), em 11 de dezembro de 2014. Já em rotação no YouTube, o vídeo exibe as primeiras imagens do primeiro DVD da cantora carioca. O DVD vai ser lançado pela gravadora Joia Moderna neste ano de 2015 com o registro ao vivo do sofisticado show concebido e dirigido por Paulo Borges. Dirigido por Richard Luiz para a Protótipo Filme, o clipe reproduz Como vês em registro que tem arranjo fiel à gravação lançada no segundo álbum de Alice, Rainha dos raios (Joia Moderna, 2014), e propagada em escala nacional nas chamadas e na trilha sonora da minissérie Felizes para sempre? (TV Globo, 2015). Mas o arranjo eletrônico do produtor Diogo Strausz ganha no fim um floreio inexistente na retumbante gravação de estúdio.

Rafael M. disse...

Que visual horroroso o dela nesta foto. Deveria se concentrar em cantar bem, e não em ficar querendo chocar ao público e a crítica.

Marcelo disse...

Ai não...de novo ela....nãoãããooo...

damiaorocha10@gmail.com der1010 disse...

Música das melhores.
Alice <3

Cristiano Melo disse...

Nossa, quantos haters. Soa até gratuito as pessoas entrarem numa postagem dela pra se dar ao trabalho de apenas xingar, sem apresentar nenhum argumento válido -seja positivo ou negativo-.

---

By the way, louco para ter este DVD. Na verdade, sempre fico triste quando vejo falar de lançamento de DVD e não de Blu-ray. Um trabalho destes eu iria adorar desfrutar em alta definição. :D

aguiar_luc disse...

Belo demais!!

Luca disse...

o que irrita é essa proteção do Mauro com Alice, foi isso também que me fez enjoar da Roberta Sá, qualquer coisa dela vira uma nota aqui

Raffa disse...

Gostei do segundo cd dela, me pareceu mais linear e com mais personalidade (mesmo com as horrorosas "Princesa" e "Sou Rebelde")!

Já o show que assisti no aniversário de São Paulo, não me empolgou. O som estava com ruído (ok, um problema da organização do evento), as programações (bateria, synths e samples) estavam baixos em relação à guitarra, baixo e voz (faltou comunicação entre produtor - o baixista - e o operador de PA) e Alice teve seu momento de egotrip, cantando uns covers gringos bem desnecessários.

Levando em consideração a quantidade de discos de estúdio (2!) e a ausência de surpresas nos números ao vivo (exceto pelos péssimos covers), vê-se que o dvd vem mais atender um registro visual que sonoro! Não carecia.

lurian disse...

Acho precipitada toda avaliação da cantora. Gostei mais do primeiro disco que pareceu com menos intenção de soar indie, o que começa a ser tornar chato, pois já estão praticamente todas iguais.

Leonardo Cidreira disse...

muito precoce a idéia dela lançar um dvd. poderia dar um espaço de 3 albuns pelo menos, assim como fez a Céu, teve repertório, por isso que falo, querem empurra-la guela a dentro... mauro, curto demais suas críticas mas também acho q rola uma proteção sua quando se fala de alice caymmi...

Rafael Andrade disse...

Prefiro o primeiro disco também, acho que soa bem mais natural que esse segundo embora "Como vês" seja perfeita. Entretanto ainda não sei se essa instrumentação quase toda programada nas apresentações ao vivo me agrada.

Rhenan Rodrigo disse...

A ideia original de "‪#‎AC‬ - o show", da Ana Ana Carolina, trazia telões de LED dispostos como o deste clipe (ótimo) da Alice Caymmi. Muito mais interessante que aqueles acrílicos leitados formando um telão CinemaScope.

E, a propósito, pra que esse tanto de telão nos shows, gente? Agora a Bia Lessa tacou um no chão do palco de "Abraçar e Agradecer" - o novo show da Bethânia -, que só tem efeito em casas/teatros com plateias superiores ou em vídeo (o que pode ter sido o motivo, já que é certa a edição de um DVD, como já adiantou o Mauro). Cadê Gringo Cardia, Helio Eichbauer... a sutileza e o impacto do artesanato?

E, sobre o DVD da Alice, acho que será muito oportuno para a agenda de show delas. Não vejo problema algum. Rainha dos Raios é espetacular! Só tenho alguma dúvida sobre seu desempenho ao vivo... Sempre percebo algumas ressalvas de técnica (pelo menos nos vídeos amadores).