Mauro Ferreira no G1

Aviso aos navegantes: desde 6 de julho de 2016, o jornalista Mauro Ferreira atualiza diariamente uma coluna sobre o mercado fonográfico brasileiro no portal G1. Clique aqui para acessar a coluna. O endereço é http://g1.globo.com/musica/blog/mauro-ferreira/


sábado, 7 de fevereiro de 2015

'Me leve sem destino' reconduz Biquini ao público fidelizado em 30 anos

Resenha de CD e DVD
Título: Biquini Cavadão ao vivo - Me leve sem destino
Artista: Biquini Cavadão
Gravadora: Sony Music
Cotação: * * * *

No verão de 1985, Tédio (Álvaro Birita, Bruno Gouveia, Miguel Flores da Cunha e Sheik) - música sobre dilemas juvenis composta e tocada por grupo carioca recém-formado por cinco roqueiros recém-saídos da adolescência - começou a tocar nas rádios e projetou esse grupo chamado Biquini Cavadão. Decorridos 30 verões, o Biquini Cavadão - praticamente o mesmo de 1985, apesar da saída do baixista Sheik em 2000 - celebra com registro ao vivo de show essas três décadas de carreira marcada pela coerência. Já lançado nos formatos de CD duplo e DVD, Me leve sem destino (2014) ganha edição em blu-ray neste mês de fevereiro de 2015 e retrata bem a estabilidade do Biquini Cavadão na cena nacional. É calorosa a gravação ao vivo da apresentação da banda no Palácio da Música Oscar Niemeyer, em Goiânia (GO), em 31 de maio de 2014. Ter sabido formar plateias pelo Brasil afora, sem se limitar aos grandes centros urbanos, deixou o Biquini em posição confortável, sem depender dos caprichos da mídia. Me leve sem destino (re)faz a comunhão do quarteto com seu público. "Nós acreditamos nos nossos sonhos e seguimos em frente. E a gente percebeu que não estava sozinho", celebra Bruno Gouveia após cantar Vou deixar tudo pra trás (Bruno Gouveia, Carlos Coelho, Álvaro Birita, Miguel Flores da Cunha e Simon Spire, 2014), uma das quatro boas inéditas adicionadas ao repertório formado pelo Biquini ao longo desses 30 anos de carreira. A fala soa honesta. Aberto com reprodução de trecho do programa Rock alive, transmitido em 25 de novembro de 1984 pela rádio Fluminense FM (emissora fundamental na veiculação do então nascente rock brasileiro da década de 1980), o DVD alinha 30 números em roteiro aberto e encerrado com o seminal hit Tédio (ouvido na versão original de 1985 ao fim do show). A excelente receptividade do show pelo público goiano - perceptível, por exemplo, na espontaneidade do coro entusiasmado formado em Impossível (Álvaro Birita, Bruno Gouveia, Carlos Coelho, Miguel Flores da Cunha e Sheik, 1991) - legitima o registro ao vivo. Sucesso que impulsionou a trajetória do Biquini no início dos anos 1990, Impossível é do álbum, Descivilização (PolyGram, 1991), que gerou o maior sucesso da banda, Vento ventania (Álvaro Birita, Bruno Gouveia, Carlos Coelho, Miguel Flores da Cunha, Sheik e Carlos Beni, 1991), canção que sopra em direção à praia do reggae em Me leve sem destino. Das quatro inéditas, os maiores trunfos são Livre (Bruno Gouveia, Carlos Coelho, Álvaro Birita, Miguel Flores da Cunha e Eric Silver, 2014) - balada de pegada roqueira - e Pequeno romance (Bruno Gouveia, Carlos Coelho, Álvaro Birita e Miguel Flores da Cunha, 2014), tema de pulsação veloz que se avizinha do ritmo do ska. No mesmo lugar (Bruno Gouveia, Carlos Coelho, Álvaro Birita e Miguel Flores da Cunha, 2014) completa o naipe de inéditas com versos como "Quanto mais eu fujo, mais pareço voltar para o mesmo instante, para o mesmo lugar". De certa forma, Me leve sem destino flagra o Biquini Cavadão com o vigor juvenil de 1985. De lá para cá, já são 30 verões sem seguir modas, sem perseguir o aval dos críticos para álbuns que mereciam mais incenso - sobretudo Escuta aqui (BMG, 2000), Só quem sonha acordado vê o sol nascer (Independente, 2007) e Roda-gigante (Warner Music, 2013) - e sem esperar nada mais do que o aplauso de seu público. Me leve sem destino (re)conduz o Biquini Cavadão a esse quente público fidelizado ao longo de 30 bravos anos.

4 comentários:

Mauro Ferreira disse...

♪ No verão de 1985, Tédio (Álvaro Birita, Bruno Gouveia, Miguel Flores da Cunha e Sheik) - música sobre dilemas juvenis composta e tocada por grupo carioca recém-formado por cinco roqueiros recém-saídos da adolescência - começou a tocar nas rádios e projetou esse grupo chamado Biquini Cavadão. Decorridos 30 verões, o Biquini Cavadão - praticamente o mesmo de 1985, apesar da saída do baixista Sheik em 2000 - celebra com registro ao vivo de show essas três décadas de carreira marcada pela coerência. Já lançado nos formatos de CD duplo e DVD, Me leve sem destino (2014) ganha edição em blu-ray neste mês de fevereiro de 2015 e retrata bem a estabilidade do Biquini Cavadão na cena nacional. É calorosa a gravação ao vivo da apresentação da banda no Palácio da Música Oscar Niemeyer, em Goiânia (GO), em 31 de maio de 2014. Ter sabido formar plateias pelo Brasil afora, sem se limitar aos grandes centros urbanos, deixou o Biquini em posição confortável, sem depender dos caprichos da mídia. Me leve sem destino (re)faz a comunhão do quarteto com seu público. "Nós acreditamos nos nossos sonhos e seguimos em frente. E a gente percebeu que não estava sozinho", celebra Bruno Gouveia após cantar Vou deixar tudo pra trás (Bruno Gouveia, Carlos Coelho, Álvaro Birita, Miguel Flores da Cunha e Simon Spire, 2014), uma das quatro boas inéditas adicionadas ao repertório formado pelo Biquini ao longo desses 30 anos de carreira. A fala soa honesta. Aberto com reprodução de trecho do programa Rock alive, transmitido em 25 de novembro de 1984 pela rádio Fluminense FM (emissora fundamental na veiculação do então nascente rock brasileiro da década de 1980), o DVD alinha 30 números em roteiro aberto e encerrado com o seminal hit Tédio (ouvido na versão original de 1985 ao fim do show). A excelente receptividade do show pelo público goiano - perceptível, por exemplo, na espontaneidade do coro entusiasmado formado em Impossível (Álvaro Birita, Bruno Gouveia, Carlos Coelho, Miguel Flores da Cunha e Sheik, 1991) - legitima o registro ao vivo. Sucesso que impulsionou a trajetória do Biquini no início dos anos 1990, Impossível é do álbum, Descivilização (PolyGram, 1991), que gerou o maior sucesso da banda, Vento ventania (Álvaro Birita, Bruno Gouveia, Carlos Coelho, Miguel Flores da Cunha, Sheik e Carlos Beni, 1991), canção que sopra em direção à praia do reggae em Me leve sem destino. Das quatro inéditas, os maiores trunfos são Livre (Bruno Gouveia, Carlos Coelho, Álvaro Birita, Miguel Flores da Cunha e Eric Silver, 2014) - balada de pegada roqueira - e Pequeno romance (Bruno Gouveia, Carlos Coelho, Álvaro Birita e Miguel Flores da Cunha, 2014), tema de pulsação veloz que se avizinha do ritmo do ska. No mesmo lugar (Bruno Gouveia, Carlos Coelho, Álvaro Birita e Miguel Flores da Cunha, 2014) completa o naipe de inéditas com versos como "Quanto mais eu fujo, mais pareço voltar para o mesmo instante, para o mesmo lugar". De certa forma, Me leve sem destino flagra o Biquini Cavadão com o vigor juvenil de 1985. De lá para cá, já são 30 verões sem seguir modas, sem perseguir o aval dos críticos para álbuns que mereciam mais incenso - sobretudo Escuta aqui (BMG, 2000), Só quem sonha acordado vê o sol nascer (Independente, 2007) e Roda-gigante (Warner Music, 2013) - e sem esperar nada mais do que o aplauso de seu público. Me leve sem destino (re)conduz o Biquini Cavadão a esse quente público fidelizado ao longo de 30 bravos anos.

Joaninha Carla disse...

Perfeito! Sou fã há quase 15 anos, estava na gravação do DVD e ainda tive a honra de cantar com eles nesse dia. A humildade de todos e o respeito pelos fãs os levam a esses 30 anos que ainda serão multiplicados por muitos mais ♥

BIGODE disse...

Grande problema dos artistas e bandas brasileiros é não saber a hora de parar....A Ventania poderia ter levado eles para bem longe

Pedro Andrade disse...

Os caras tem uma carreira brilhante, quem acompanha sabe e quem já foi em algum show sabe mais ainda! Vida longa ao Biquini Cavadão, que independente de ter uma grande gravadora do lado ou de ser prestigiado pela mídia está aí segurando a onda nesses 30 anos de história. Música boa não tem idade e a desses caras é ótima!!!