Mauro Ferreira no G1

Aviso aos navegantes: desde 6 de julho de 2016, o jornalista Mauro Ferreira atualiza diariamente uma coluna sobre o mercado fonográfico brasileiro no portal G1. Clique aqui para acessar a coluna. O endereço é http://g1.globo.com/musica/blog/mauro-ferreira/


quinta-feira, 19 de fevereiro de 2015

Autor de hits baianos, Jau busca um som mais cosmopolita no disco 'Lázaro'

Cantor e compositor baiano projetado no bloco afro Olodum antes de engatar carreira solo nos anos 1990, Jau procura ir além das fronteiras musicais de sua terra em Lázaro, álbum de inéditas que vai ser lançado no mercado fonográfico em março de 2015 através da gravadora paulistana Friends Music. O CD foi batizado com o  nome do meio do artista, chamado Jauperi Lázaro dos Santos. Visto em foto de Zarella Neto na capa do disco (produzido por Vânia Abreu e Rodrigo Petreca sob  a direção artística de Abreu), Jau canta inéditas como Planetário descendente (Jau e Tenilson Del Rey), Carne crua (Jau, Tenilson Del Rey e Gerson Guimarães), Conexão emocional (Jau), Mancha de dendê (Jau e Marcelo Quintanilha), Tranquilidade na cabeça (Jau e Dom Chicla) e Vestido azul (Jau). Nas dez músicas do álbum Lázaro, que tem direção de arte assinada por Guilherme Valverde, Jau tenta diálogo com a cena musical contemporânea de tom cosmopolita, buscando sonoridade formada por mix de violões - tocados pelo próprio Jau - com programações eletrônicas e percussões diversas. Jau - para quem não liga o nome à música do artista - é o compositor de sucessos da música baiana como Flores da favela.

5 comentários:

Mauro Ferreira disse...

♪ Cantor e compositor baiano projetado no bloco afro Olodum antes de engatar carreira solo nos anos 1990, Jau procura ir além das fronteiras musicais de sua terra em Lázaro, álbum de inéditas que vai ser lançado no mercado fonográfico em março de 2015 através da gravadora paulistana Friends Music. O CD foi batizado com o nome do meio do artista, chamado Jauperi Lázaro dos Santos e visto em foto de Zarella Neto na capa do disco produzido por Vânia Abreu e Rodrigo Petreca. Nas dez músicas do álbum Lázaro, que tem direção de arte assinada por Guilherme Valverde, Jau experimenta diálogo com a cena musical contemporânea de tom mais cosmopolita. Jau - para quem não liga o nome à música - é o compositor de hits baianos como Flores da favela.

Brenda Mayara disse...

JAU é o que há de mais Fino na música baiana da atualidade!!! Um Poeta!!! Sou Fã dele de carterinha, também sou fã de de Saulo Fernandes, de Tubarão e de Carlinhos Brown... Os melhores!!!

Gilson Santos disse...

Alem de ser um grande cantor e compositor,é tambem um ser humano impar, com certeza será sucesso absoluto. abs Jau

Sergio Robeto disse...

Vlw jau.

wilson alves Wilsonorelha disse...

Atualmente é um dos melhores cantores baianos... infelizmente existem uns ritimos aki ruins q o povão gosta , mas muitos ja conhecem o trabalho desse cantor que é muito original que contagia.