Mauro Ferreira no G1

Aviso aos navegantes: desde 6 de julho de 2016, o jornalista Mauro Ferreira atualiza diariamente uma coluna sobre o mercado fonográfico brasileiro no portal G1. Clique aqui para acessar a coluna. O endereço é http://g1.globo.com/musica/blog/mauro-ferreira/


sábado, 28 de fevereiro de 2015

Jean Garfunkel apresenta 13 parcerias e um fado solitário em álbum solo

Cantor, compositor, ator e poeta paulistano, Jean Garfunkel já contabiliza 35 anos de carreira e quatro álbuns gravados em dupla com seu irmão, Paulo Garfunkel, com quem compôs músicas gravadas por cantoras como Elis Regina (1945 - 1982), Maria Rita e Zizi Possi. Por isso mesmo, o álbum 13 pares e um fado solitário (Independente) marca neste ano de 2015 um novo momento na discografia do artista. Trata-se de um disco solo cujo repertório alinha 13 músicas compostas por Jean com 13 diferentes parceiros - ora como letrista, ora como melodista, ora nas duas funções - e o fado composto solitariamente de que fala o título, Do incógnito conteúdo. Paulo Garfunkel, claro, é um dos 13 parceiros, assinando Peixe dourado com o irmão. O time de parceiros inclui Arismar do Espírito Santo (em Sonhando acordado), Lula Barbosa (em Tiê) e Natan Marques (em Era apenas um menino...), Julio Medaglia (na Valsa paulistana), entre outros nomes. Baião, samba e toada compõem o leque rítmico do repertório autoral de Jean Garfunkel. Um (inédito) cancioneiro de bom nível cujo brilho não é empanado nem pelo canto opaco do artista. 

4 comentários:

Mauro Ferreira disse...

♪ Cantor, compositor, ator e poeta paulistano, Jean Garfunkel já contabiliza 35 anos de carreira e quatro álbuns gravados em dupla com seu irmão, Paulo Garfunkel, com quem compôs músicas gravadas por cantoras como Elis Regina (1945 - 1982), Maria Rita e Zizi Possi. Por isso mesmo, o álbum 13 pares e um fado solitário (Independente) marca neste ano de 2015 um novo momento na discografia do artista. Trata-se de um disco solo cujo repertório alinha 13 músicas compostas por Jean com 13 diferentes parceiros - ora como letrista, ora como melodista, ora nas duas funções - e o fado composto solitariamente de que fala o título, Do incógnito conteúdo. Paulo Garfunkel, claro, é um dos 13 parceiros, assinando Peixe dourado com o irmão. O time de parceiros inclui Arismar do Espírito Santo (em Sonhando acordado), Lula Barbosa (em Tiê) e Natan Marques (em Era apenas um menino...), Julio Medaglia (na Valsa paulistana), entre outros nomes. Baião, samba e toada compõem o leque rítmico do repertório autoral de Jean Garfunkel. Um inédito cancioneiro de bom nível cujo brilho não é empanado nem pelo canto opaco do artista.

Rafael M. disse...

Eis a relação de faixas do disco:

1. Estrela Extinta – de Jean Garfunkel e Prata Saraiva
2. Peixe Dourado - de Jean Garfunkel e Paulo Garfunkel
3. Era Apenas Um Menino – de Jean Garfunkel e Natan Marques
4. Tiê – de Jean Garfunkel e Lula Barbosa
5. Beira da Ribeira – de Jean Garfunkel e Alessandro Penezzi
6. Valsa Paulistana – de Jean Garfunkel e Júlio Medáglia
7. Noiva e Rainha – de Jean Garfunkel e Marcos Resende
8. Acalanto Para Bela Adormecida – de Jean Garfunkel e Sizão Machado
9. Boinas e Cachecóis – de Jean Garfunkel e Lony Rosa
10. Sonhando Acordado – de Jean Garfunkel e Arismar do Espírito Santo
11. É as Conta que Manda ni Nóis – de Jean Garfunkel e Pasquale Nigro
12. Amiúde – de Jean Garfunkel e Theo de Barros
13. Nas Crinas do Vento – de Jean Garfunkel e Léa Freire
14. Do Incógnito Conteúdo – Jean Garfunkel

Luca disse...

se Elis gravou, é bom

Daniele Garfunkel disse...

Eu queria ter algum contato com o compositor Jean Garfunkel ou o Paulo, pois acredito sermos da mesma família... Procuro por outros Garfunkel em São Paulo.