Mauro Ferreira no G1

Aviso aos navegantes: desde 6 de julho de 2016, o jornalista Mauro Ferreira atualiza diariamente uma coluna sobre o mercado fonográfico brasileiro no portal G1. Clique aqui para acessar a coluna. O endereço é http://g1.globo.com/musica/blog/mauro-ferreira/


sábado, 21 de novembro de 2015

Maria Rita volta ao ponto inicial da turnê 'Coração a batucar' para gravar DVD

Foi na Fundição Progresso, no Rio de Janeiro (RJ), que Maria Rita fez a estreia oficial do show Coração a Batucar em apresentação iniciada já aos primeiros minutos de 27 de abril de 2014. E será no palco da mesma Fundição Progresso que a cantora paulistana fará o registro audiovisual completo do show - em apresentação agendada para 5 de dezembro de 2015 - para edição de DVD programado para chegar ao mercado fonográfico no primeiro semestre de 2016 em edição da gravadora Universal Music. Maria Rita - em foto de Rodrigo Goffredo - já fez um registro parcial do show, captado sob direção de Hugo Prata em 6 de outubro de 2014, em apresentação no estúdio Na Cena, em São Paulo (SP), restrita a convidados da artista. Nove números dessa gravação ao vivo foram lançados no DVD alocado como bônus na edição especial do CD Coração a batucar (Universal Music, 2014), lançada em março deste ano de 2015. O segundo registro ao vivo do show também vai ser feito sob a direção de Hugo Prata, nome recorrente nas gravações audiovisuais de Maria Rita. A ideia é inclusive preservar o roteiro original de  Coração a batucar (clique aqui para rever o roteiro da estreia carioca do show).

15 comentários:

Mauro Ferreira disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Marcelo disse...

Que falta faz Tom Capone!!!

Fabio disse...

Tinha até me esquecido da Maria Rita. Tá meio apagadinha.

Victor Moraes, disse...

Aê, obrigado Mauro pela confirmação.
Demorou muito pra equipe de MR publicar no site oficial. Ficou só no site da Fundição a notícia e todo mundo na dúvida se precedia ou não porque só avisaram que era o último show e gravação já quase no segundo lote de ingressos.
Como já teve um registro das nove músicas achei que não teria outro. Mas é bom, pra eternizar.
Depois de taaanto tempo da MR com o Hugo Prata não sei se consigo imaginar outro diretor. Mas mudar pode ser bom.

Achei que era a hora de algo inédito já pra 2016, e o lançamento do DVD pode atrasar isso. Ainda mais que a MR não é de fazer alterações no setlist. Espero que a edição não demore muito!
Enquanto isso ficamos sem saber quais planos e turnê pra 2016. Mas vamos ficar sem saber assistindo um DVD novo, que será maravilhoso.
Fora isso a MR tem um show em Maio em Curitiba, e já que a Coração a Batucar acabou, agora resta esperar pra saber qual será o roteiro!

Cassius Burle disse...

Mais um registro ao vivo???Já foi lançado um junto com o(fraco!) cd ´Coração a Batucar´. Maria Rita está caindo no mesmo erro da maioria dos artistas brasileiros,o excesso de registros gravados ao vivo,num país onde cds e dvds parecem ser mais fabricados do que vendidos. E esse atual repertório de MR é chato. Melhor quando ela cantava músicas do excelente cancioneiro de Elis Regina.

Rafael M. disse...

Acho desnecessário esse registro ao vivo, pois já tem um do mesmo disco... Quanta falta de criatividade, senhores!!!

Guilherme Ferreira disse...

É incrível a capacidade de alguns de criticarem sendo que não acompanham.
A própria já declarou que não era uma vontade dela, pq ja tinham muitos registros dessa era. Mas os chefes da Universal insistiram e a galera tem se mostrado muito entusiasmada com o show, então ela decidiu ceder.
Acho que vale o registro sim.
EntendO que nem todos tenham apreciado o disco, até pq esperavam um Maria Rita 2.0. Mas não dá pra chamar o Coração a Batucar de fraco.
Foi um grande trabalho. Merece o reconhecimento.

Victor Moraes, disse...

Boa, Guilherme. Apesar de MR soar forçada a fazer o registro perante à Universal, não me recordo dela ter dito isso. Não é a cara dela expor a gravadora (exceção: elo).
De outro lado, apesar do "Coração" não ter feito o sucesso de outros álbuns, é um disco incrível - até pra quem não é fã. Acho que o show de samba, com aquela guitarra ímpar, em uma setlist que inclui versões do "samba meu", merece sim um registro.
Minha opinião é que o momento pediria uma obra inédita (apesar de estar todo mundo fugindo disso), ou uma tour/dvd só com lados B e relançando canções como single (santa chuva, santa chuva, santa chuva)... Mas, não posso deixar de notar que tantos outros fãs da MR pedem esse DVD há muito tempo e incansavelmente. Vi muita gente comemorando bastante a notícia, inicialmente dada só pela casa de shows.
Enfim, gosto da MR me contrariando. Se artista fizer o que fã gosta, vai repetir pra sempre o primeiro disco - como me pareceu ser o desejo do Marcelo ao citar o saudoso Tom.

Rhenan Soares disse...

O show é realmente incrível. Supera muito o disco. Mas, caramba, quantas edições em áudio e vídeo esse trabalho já teve? Acho sacanagem com os fãs, que ficam atulhando as estantes com mais do mesmo. O show deveria ter sido gravado desde o início, como já está consolidado na indústria. Aquele registro parcial era totalmente dispensável. Daqui a pouco a Universal vai estar vendendo camisetas, canecas... ah, vá!

Leonardo Barcelos disse...

Guilherme Ferreira exatamente! Aos que não apreciam a cantora e seu trabalho, que respeitem. O show é ótimo e merece registro sim, os fãs estão muito satisfeitos. Se tudo der certo, estarei lá dia 05! :)

Cadu Oliveira disse...

Maria Rita já mostrou que pode ir além do samba, tem voz e estilo pra encarar outros gêneros. Não curti muito o Coração a Batucar e o Elo foi uma rachadura na corrente rsrs. Saudades da MR do Segundo, versátil, arrojada.

Marcelo Sant' Ana disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Marcelo Sant' Ana disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Marcelo Sant' Ana disse...

Maria Rita já tinha dito que não era inicialmente ideia dela, fazer mais esse registro de "Coração a Batucar", mas manda quem pode, e obedece quem tem juízo, e no mais, o álbum é maravilhoso, muito bom, afinado e tem um repertório muito fino. Como não foi, e creio jamais seria diferente com Maria Rita.

E quem acha que ela não deveria gravar, ou não é fã, ou nunca viu o show, por que o fantástico. A maneira como ela passeia pelo repertório do álbum, e mescla outros sambas sucesso na sua voz em anos anteriores, é divino. Ela consegue transitar muito bem entre o Samba e a MPB, até com certa naturalidade. Ninguém tem medo, ou receio de comprar um disco dela, em ambos o ritmos por que saber que ela vai cumprir com o seu dever, e com sua paixão de cantar boa música.

Estarei lá dia 5, acho que "Coração a Batucar" merece esse registro, por que o álbum é um sucesso, na minha opinião crítica, até uma evolução de "Samba Meu" que fez muito barulho, e foi um álbum mais popular, e até bem mais "carnaval". Os sambas do álbum atual são TODOS, absolutamente, ricos e demais. E ela cadencia de uma maneira que só Maria Rita sabe fazer.

Deixar aqui meu obrigado a esse trabalho, como fã, e como amante de boas músicas, independente dos gêneros. Tenho todos os álbuns dela, cada um teve seu momento, seu nirvana particular, mas ambos são ótimos, e "Coração a Batucar" tem seu lugar de destaque na música brasileira, sem dúvidas.

PS.: As interpretações de "Comportamento Geral" e "Um Sorriso nos Lábios" é de se querer ouvir todos os dias. Uma pena não estarem na versão principal do álbum, mas são de outro mundo. Nunca ouvi igual. =)

Marcelo Sant' Ana disse...
Este comentário foi removido pelo autor.