Mauro Ferreira no G1

Aviso aos navegantes: desde 6 de julho de 2016, o jornalista Mauro Ferreira atualiza diariamente uma coluna sobre o mercado fonográfico brasileiro no portal G1. Clique aqui para acessar a coluna. O endereço é http://g1.globo.com/musica/blog/mauro-ferreira/


domingo, 29 de novembro de 2015

Caixa 'Popstar' reúne reedições em CD dos álbuns de Fábio Jr. na Som Livre

Três meses após serem relançados pela Som Livre em edição digital, os três álbuns lançados pelo cantor e compositor paulistano Fábio Jr. na gravadora, na fase inicial da discografia solo do artista, estão sendo repostos em catálogo em edições físicas em CD. Lançados entre 1979 e 1982, todos com o título de Fábio Jr., os discos estão embalados na caixa Popstar, produzida pelo pesquisador musical Marcelo Fróes para o selo Discobertas. Com lançamento previsto para dezembro de 2015, a caixa Popstar reúne reedições em CD dos álbuns mais autorais e menos pasteurizados do artista. O Fábio Jr. de 1979 foi lançado no rastro do sucesso da canção Pai, apresentada no ano anterior em episódio da série Ciranda cirandinha (TV Globo, 1978). O Fábio Jr. de 1981 emplacou o hit Seu melhor amigo, música de Guilherme Lamounier que havia sido lançada na voz do compositor em 1978. Já o Fábio Jr. de 1982 estourou outra música de Lamounier, Enrosca (1977), e a canção O que é que há?, parceria de Fábio com Sérgio Sá. Os três álbuns já haviam sido reeditados em CD pela própria Som Livre em 2001, mas já estavam fora de catálogo há anos, tendo virado raridades. As atuas reedições trazem faixas adicionais. Cada álbum vem com uma faixa-bônus. O Fábio Jr. de 1979 foi turbinado foi a gravação de Esses moços (Pobres moços) (Lupicínio Rodrigues, 1948), feita pelo cantor para a trilha sonora da novela Olhai os lírios do campo (TV Globo, 1980). O álbum de 1981 volta ao catálogo com a adição do registro de Eu me rendo (Sérgio Sá, 1981), fonograma da trilha sonora de outra novela, O amor é nosso! (TV Globo, 1981), esta estrelada pelo próprio Fábio. Já o Fábio Jr. de 1982 incorpora fonograma menos conhecido, Inspira pirâmide, inspira-me, espalha energia, música de autoria de Fábio, lançada pelo cantor em gravação editada em compacto de 1982. Faixas-bônus à parte,  o som dos álbuns é similar ao das reedições de 2001.

7 comentários:

Mauro Ferreira disse...

♪ Três meses após serem relançados pela Som Livre em edição digital, os três álbuns lançados pelo cantor e compositor paulistano Fábio Jr. na gravadora, na fase inicial da discografia solo do artista, estão sendo repostos em catálogo em edições físicas em CD. Lançados entre 1979 e 1982, todos com o título de Fábio Jr., os discos estão embalados na caixa Popstar, produzida pelo pesquisador musical Marcelo Fróes para o selo Discobertas. Com lançamento previsto para dezembro de 2015, a caixa Popstar reúne reedições em CD dos álbuns mais autorais e menos pasteurizados do artista. O Fábio Jr. de 1979 foi lançado no rastro do sucesso da canção Pai, apresentada no ano anterior em episódio da série Ciranda cirandinha (TV Globo, 1978). O Fábio Jr. de 1981 emplacou o hit Seu melhor amigo, música de Guilherme Lamounier que havia sido lançada na voz do compositor em 1978. Já o Fábio Jr. de 1982 estourou outra música de Lamounier, Enrosca (1977), e a canção O que é que há?, parceria de Fábio com Sérgio Sá. Os três álbuns já haviam sido reeditados em CD pela própria Som Livre em 2001, mas já estavam fora de catálogo há anos, tendo virado raridades.

Edu M disse...

Mauro, vc sabe se terá bonus, como lados b de compacto e músicas que sairam em trilhas de novela, como Esses Moços? abs

Mauro Ferreira disse...

Edu M, ainda não recebi a caixa. Abs, MauroF

CelloPiazza disse...

há 3 faixas bônus : "Esses moços", "Eu me rendo" e "Inspira-me pirãmide", cada uma alocada em um cd, respectivamente.

Cassius Burle disse...

Nunca fui fã de Fábio Jr.-nem sou consumidor de seus produtos-,mas estes três discos lançados antes da ida de Fábio para a CBS (hoje Sony Music)e a consequente padronização de sua música, realmente são bons. As músicas ´Pai´,`20 e Poucos Anos´e ´O que é que há´são sensacionais com certeza valerão a compra desta caixa. Ouçam sem preconceito!!!

Gill Sampaio Ominirò disse...

De graça será caro. Lixo cultural de primeira qualidade.

ELIEL SILVA disse...

Ótima fase.