Mauro Ferreira no G1

Aviso aos navegantes: desde 6 de julho de 2016, o jornalista Mauro Ferreira atualiza diariamente uma coluna sobre o mercado fonográfico brasileiro no portal G1. Clique aqui para acessar a coluna. O endereço é http://g1.globo.com/musica/blog/mauro-ferreira/


sexta-feira, 27 de novembro de 2015

Álbuns feitos por Ney na Continental e Warner são novamente encaixotados

Lançada em 2008 pela gravadora Universal Music com edições em CD dos álbuns gravados por Ney Matogrosso de 1975 a 1991, a caixa Camaleão repôs em catálogo os seis álbuns feitos pelo cantor mato-grossense na extinta gravadora Continental e na WEA na primeira fase da discografia solo do artista (em foto de Daryan Dornelles). Reeditados na caixa Camaleão a partir de cópias em vinil (nos casos dos três primeiros álbuns, lançados pela Continental), estes seis álbuns serão novamente encaixotados. O pesquisador musical Rodrigo Faour prepara box - previsto para chegar ao mercado fonográfico ainda em 2015 pela Warner Music (dona do acervo da Continental) - com edições em CD dos álbuns Água do céu pássaro (Continental, 1975), Bandido (Continental, 1976), Pecado (Continental, 1977), Feitiço (WEA, 1978), Seu tipo (WEA, 1979) e Sujeito estranho (WEA, 1980). Resta saber se as reedições dos três primeiros álbuns vão oferecer expressivos ganhos na qualidade do som em relação às reedições embaladas na caixa Camaleão para justificar a compra do box da Warner Music por quem tem a caixa editada em 2008 pela Universal Music. Consta que as reedições destes três álbuns da Continental serão produzidas a partir das - já recuperadas - masters originais.

14 comentários:

[rafael ribeiro] disse...

....acho desnecessario!

Sweet Kiwi disse...

Altamente necessário, tendo em vista que os 3 primeiros álbuns agora virão remasterizados a partir das master tapes originais, que antes estavam perdidas na época da confecção da caixa camaleão e finalmente foram encontradas e recuperadas...

Bruno Cavalcanti disse...

É uma ótima ideia, mas imagino que seria uma ideia ainda melhor se iniciassem edições em DVD das gravações dos especiais do Ney para a TV. Shows como "Bandido", "As Aparências Enganam" e "Estava Escrito" foram registrados, foram apresentados, mas jamais lançados. Isso sem contar a quantidade de programas Ensaio que devem estar por aí perdidos nos arquivos da Cultura.

Ainda que seja difícil, é um trabalho que vale à pena ser feito.

Mauro Ferreira disse...

Bruno, as reedições destes shows em DVD dependem de autorizações de todos que figuram nas fichas técnicas dos shows. Existem implicações jurídicas. Sweet Kiwi, se de fato houver nova remasterização dos três álbuns da Continental, a caixa vai se mostrar necessária. Abs, MauroF

Bruno Cavalcanti disse...

Tem razão, Mauro. Obrigado

Rafael M. disse...

Que delícia!!! Tomara que venha remasterizada, pois daí eu vou querer ter esse box!!!

Mauro Silva disse...

Ótima notícia! Pois sempre achei a qualidade dos 3 primeiros discos (Continental) inferior a remasterização dos demais contidos na caixa.
A remasterização do box Camaleão é impecável com exceção dos primeiros. "Bandido" o 2° da Continental é um dos piorzinhos. Adoro este Disco, mas da pra ver que foi ripado do Vinil, tem muita oscilação entre as faixas, típica característica de vinil 'véio'.

Parabéns ao Rodrigo Faour, por atentar a estes pequenos detalhes!

Clayton Moreira disse...

Enquanto isso, quantos outros discos permanecem criminosamente inéditos em CD... Baby Consuelo na própria Warner, por exemplo.

Mauro Ferreira disse...

Clayton, os discos de Baby na Warner já foram reeditados em cd.

Vladimir disse...

Só acho a palavra "encaixotados" um pouco forte!! rsrs

Natálio disse...

Esses box são uma baita tentação!!!! Também gostaria que continuassem com a remasterização da obra da Baby - só saíram dois discos...

Matheus disse...

olha eu tenho o primeiro box e é exelente, esta gravadoras não procuram fazer trabalhos melhores de outros artistas que muitas vezes nunca foram lançadas em cd, eles procuram um otario para comprar seu trabalho, isso é dinheiro jogado fora, ja faz dez anos que a warner não lança uma nova coleção de seus artistas poderia.

Edu Chedid disse...

O disco da Baby que tem EMILIA teve uma tiragem no minimo ridicula, na série 2 É DEMAIS - volume 2, sem contar que a faixa tem uma distorção sonora primaria, problemas de rotação. Só vi este cd por ai 1 vez.... realmente que continuem vindo, pelo menos já é alguma coisa....

Artur Torres disse...

Que realmente haja ganho nessa nova remasterização do álbuns do Ney na Continental, pois a remasterização nos mesmos, ao meu ver, estão ótimas.