Mauro Ferreira no G1

Aviso aos navegantes: desde 6 de julho de 2016, o jornalista Mauro Ferreira atualiza diariamente uma coluna sobre o mercado fonográfico brasileiro no portal G1. Clique aqui para acessar a coluna. O endereço é http://g1.globo.com/musica/blog/mauro-ferreira/


terça-feira, 17 de novembro de 2015

Jair Naves atira EP na web com inéditas gravadas nas sessões do último CD

Cantor e compositor brasiliense radicado na cidade de São Paulo (SP), Jair Naves lançou em fevereiro deste ano de 2015 um segundo álbum, Trovões a me atingir, em que se mostrou consumido pela fogueira das paixões. Nove meses depois, o artista dá à luz EP em formato digital com quatro músicas e o atira no mar virtual. Já disponível nas plataformas de streaming, Atirado ao mar apresenta três canções inéditas de autoria do artista - A recusa, a renúncia, Converta em algo belo a minha dor e Gélido, invernal - gravadas durante as sessões de Trovões a me atingir, mas não aproveitadas no álbum. A quarta faixa é a música-título Atirado ao mar, alocada na abertura do EP. A rigor, Atirado ao mar não é música inédita, pois foi incluída em Trovões a me atingir como faixa escondida. De todo modo, as quatro músicas do EP não são sobras, na visão de Naves. "Desde o início das gravações do álbum, a ideia era separarmos o material registrado entre CD e EP, já que o repertório todo era exageradamente longo. Essas quatro canções, por terem similaridades em termos de sonoridade e temática, acabaram sendo as escolhidas para compor esse registro. Os dois trabalhos são complementares e poderiam perfeitamente formar um álbum duplo, caso fosse essa a intenção", argumenta Jair Naves em texto sobre a edição do EP Atirado ao mar.

4 comentários:

Mauro Ferreira disse...

Siga Notas Musicais no Twitter (@BNotasMusicais) e acompanhe as atualizações diárias do blog.

Mauro Silva disse...

Mauro, você não vai escrever nada sobre a homenagem e a premiação que o Roberto e o Djavan receberam no Grammy Latino recentemente ?
São 2 Monstros Sagrados da nossa música...que não podem passar despercebidos deste acontecimento em seu Blog.

Mauro Ferreira disse...

Mauro Silva, abomino a forma como o Grammy minimiza o Brasil nas indicações. Mas talvez escreva, sim. abs, MauroF

Mauro Silva disse...

Concordo com você Mauro, a nossa música brasileira é muito mais do que aquilo que é apresentado no Grammy Latino. Mas a questão é que mesmo assim, não deixa de ser um fato importante para Roberto e Djavan, esses 2 artistas merecem todas as nossas homenagens, pense com carinho ;)