Mauro Ferreira no G1

Aviso aos navegantes: desde 6 de julho de 2016, o jornalista Mauro Ferreira atualiza diariamente uma coluna sobre o mercado fonográfico brasileiro no portal G1. Clique aqui para acessar a coluna. O endereço é http://g1.globo.com/musica/blog/mauro-ferreira/


segunda-feira, 16 de novembro de 2015

Em 'Fogaréu', Renata Jambeiro reacende 'Canto de Oxum' com Cozza e Nilze

Afro-samba composto por Toquinho com Vinicius de Moraes (1913 - 1980) e lançado em disco em 1971 pela própria dupla Toquinho & Vinicius, Canto de Oxum é reacendido em Fogaréu, terceiro álbum de Renata Jambeiro em gravação feita pela cantora e compositora brasiliense com participações de Fabiana Cozza e Nilze Carvalho. Produzido pelo violinista Nicolas Krassik sob a direção artística do compositor carioca Leandro Fregonesi, Fogaréu chega ao mercado fonográfico neste mês de novembro de 2015 em edição da gravadora Fina Flor, sucedendo os álbuns Jambeiro (GRV Discos, 2007) e Sambaluayê (Fonomatic / Tratore, 2012) na discografia de estúdio desta cantora radicada na cidade do Rio de Janeiro (RJ) desde 2013. Chico César também figura em Fogaréu, cantando com Renata Jambeiro o arretado baião xaxadeiro Coroné Antonio Bento (Luiz Wanderley e João do Vale, 1970), lançado há 45 anos com sucesso nacional no vozeirão soul do cantor Tim Maia (1942 - 1998) e ora regravado por Jambeiro com a letra integral, já que existe um trecho omitido nos registros de Tim e da cantora Cássia Eller (1962 - 2001). Carlos Malta foca pífano na faixa. Com arranjos de Ivan Paulo, Jambeiro também dá voz em Fogaréu a músicas como Amor brasileiro (Ciraninho), Cantiga pra ninar meu namorado (Carlos Nasser e Elias Jabur, 1994), Levanta (Renata Jambeiro e João Martins), Migalha (Rafael dos Santos), O tocador é bom (Moacyr Luz, 1998), Pra curar dor de amor (Renata Jambeiro) e Xequeré (Nei Lopes, Magnu Silva e Maurílio Oliveira, 2005). A composição que batiza o disco, Fogaréu, é da lavra de Leandro Fregonesi. Cantiga pra ninar meu namorado é a música que deu nome, em 1994, a um dos piores álbuns da discografia de Fafá de Belém. Distante do universo assumidamente brega do repertório da cantora paraense, Fogaréu propõe olhar festivo sobre ritmos da cultura brasileira como afro-samba, baião,  ciranda, samba de terreiro e maracatu, preservando o elo da cantora com a África.

4 comentários:

Mauro Ferreira disse...

♪ Afro-samba composto por Toquinho com Vinicius de Moraes (1913 - 1980) e lançado em disco em 1971 pela própria dupla Toquinho & Vinicius, Canto de Oxum é reacendido em Fogaréu, terceiro álbum de Renata Jambeiro em gravação feita pela cantora e compositora brasiliense com participações de Fabiana Cozza e Nilze Carvalho. Produzido pelo violinista Nicolas Krassik sob a direção artística do compositor carioca Leandro Fregonesi, Fogaréu chega ao mercado fonográfico neste mês de novembro de 2015 em edição da gravadora Fina Flor, sucedendo os álbuns Jambeiro (GRV Discos, 2007) e Sambaluayê (Fonomatic / Tratore, 2012) na discografia de estúdio desta cantora radicada na cidade do Rio de Janeiro (RJ) desde 2013. Chico César também figura em Fogaréu, cantando com Renata Jambeiro o arretado baião xaxadeiro Coroné Antonio Bento (Luiz Wanderley e João do Vale, 1970), lançado há 45 anos com sucesso nacional no vozeirão soul do cantor Tim Maia (1942 - 1998) e ora regravado por Jambeiro com a letra integral, já que existe um trecho omitido nos registros de Tim e da cantora Cássia Eller (1962 - 2001). Carlos Malta foca pífano na faixa. Com arranjos de Ivan Paulo, Jambeiro também dá voz em Fogaréu a músicas como Amor brasileiro (Ciraninho), Cantiga pra ninar meu namorado (Carlos Nasser e Elias Jabur, 1994), Levanta (Renata Jambeiro), Migalha (Rafael dos Santos), O tocador é bom (Moacyr Luz, 1998), Pra curar dor de amor (Renata Jambeiro) e Xequeré (Nei Lopes, Magnu Silva e Maurílio Oliveira, 2005). A composição que batiza o disco, Fogaréu, é da lavra de Leandro Fregonesi. Detalhe: Cantiga pra ninar meu namorado é a música que deu nome, em 1994, a um dos piores álbuns da discografia de Fafá de Belém. Distante do universo assumidamente brega do repertório da cantora paraense, Fogaréu propõe olhar festivo sobre ritmos da cultura brasileira como afro-samba, baião, ciranda, samba de terreiro e maracatu, preservando o elo da cantora com a África.

italo vinicius disse...

Uma ótima cantora já assisti um bom show seu a uns anos atrás, com bom repertório tomara que saia um bom disco .

Produção João Martins disse...

Levanta (Renata Jambeiro/João Martins)

Mauro Ferreira disse...

Já pus o devido crédito de João Martins na música 'Levanta'. Grato pelo toque. Abs, MauroF