Mauro Ferreira no G1

Aviso aos navegantes: desde 6 de julho de 2016, o jornalista Mauro Ferreira atualiza diariamente uma coluna sobre o mercado fonográfico brasileiro no portal G1. Clique aqui para acessar a coluna. O endereço é http://g1.globo.com/musica/blog/mauro-ferreira/


domingo, 3 de abril de 2016

Cida inclui canção de Fátima Guedes no show 'Soledade' em feitio de oração

SÃO PAULO (SP) - Cida Moreira adicionou canção de Fátima Guedes ao roteiro de Soledade na volta do show à cena da cidade de São Paulo (SP) na noite de ontem, 2 de abril de 2016. Ao retornar ao palco do teatro do Sesc Santana para o bis, antes de repetir A última voz do Brasil (Tico Terpins, Zé Rodrix, Armando Ferrante Jr. e Próspero Albanese, 1985), rock do repertório do grupo Joelho de Porco, a cantora paulistana entoou - em feitio de oração, à sós com o piano que a acompanha em cena desde o início da década de 1980 - Minha Nossa Senhora, música lançada pela cantora e compositora carioca Fátima Guedes no álbum Grande tempo (Velas, 1995). Ao pedir através da canção que a santa estenda a mão sobre o país, Cida ampliou o sentido político do roteiro baseado no repertório do álbum Soledade (Joia Moderna, 2015). Além das 14 músicas do disco, produzido sob a direção musical do violonista Omar Campos, a cantora deu voz a duas músicas de Caetano Veloso, Cajuína (Caetano Veloso, 1979) e A terceira margem do Rio (Milton Nascimento e Caetano Veloso, 1990). Eis o roteiro seguido em 2 de abril de 2016 por Cida Moreira - em foto de Mauro Ferreira - na bela apresentação do show Soledade no teatro do Sesc Santana:

1. Viola quebrada (Mário de Andrade, 1928)
2. Bom dia (Nana Caymmi e Gilberto Gil, 1967)
3. Moreninha (tema de domínio público)
4. Um gosto de sol (Milton Nascimento e Ronaldo Bastos, 1972)
    - com citação de Trastevere (Milton Nascimento e Ronaldo Bastos, 1975)
5. Forasteiro (Thiago Pethit e Hélio Flanders, 2010) - com Thiago Pethit
6. Beija-me, amor (Arnaldo Baptista e Élcio Decário, 1972) - com Thiago Pethit
7. Poema (Alice Ruiz, 2015) 
8. Poema da Rosa (Jards Macalé e Augusto Boal, 1969, a partir de poema de Bertolt Brecht)
9. A terceira margem do rio (Milton Nascimento e Caetano Veloso, 1990)
10. Oitava cor (Luis Filipe Gama e Tiago Torres da Silva, 2015)
11. Cajuína (Caetano Veloso, 1979)
12. Preciso cantar (Arthur Nogueira e Dand M, 2013)
13. Feito no picolé no sol (Nico Nicolaiewski, 1985)
14. Outra cena (Taiguara, 1976)
15. Construção (Chico Buarque, 1971)
16. A última voz do Brasil (Tico Terpins, Zé Rodrix, Armando Ferrante Jr. e Próspero
      Albanese, 1985)
17. O pulso (Arnaldo Antunes, Marcelo Fromer e Tony Bellotto, 1989) - com exibição do clipe
18. As pastorinhas (Noel Rosa e João de Barro, 1934) 
Bis:
19. Minha Nossa Senhora (Fátima Guedes, 1995)
20. A última voz do Brasil (Tico Terpins, Zé Rodrix, Armando Ferrante Jr. e Próspero
      Albanese, 1985)

2 comentários:

Mauro Ferreira disse...

♪ SÃO PAULO (SP) - Cida Moreira adicionou canção de Fátima Guedes ao roteiro de Soledade na volta do show à cena da cidade de São Paulo (SP) na noite de ontem, 2 de abril de 2016. Ao retornar ao palco do teatro do Sesc Santana para o bis, antes de repetir A última voz do Brasil (Tico Terpins, Zé Rodrix, Armando Ferrante Jr. e Próspero Albanese, 1985), rock do repertório do grupo Joelho de Porco, a cantora paulistana entoou - em feitio de oração, à sós com o piano que a acompanha em cena desde o início da década de 1980 - Minha Nossa Senhora, música lançada pela cantora e compositora carioca Fátima Guedes no álbum Grande tempo (Velas, 1995). Ao pedir através da canção que a santa estenda a mão sobre o país, Cida ampliou o sentido político do roteiro baseado no repertório do álbum Soledade (Joia Moderna, 2015). Além das 14 músicas do disco, produzido sob a direção musical do violonista Omar Campos, a cantora deu voz a duas músicas de Caetano Veloso, Cajuína (Caetano Veloso, 1979) e A terceira margem do Rio (Milton Nascimento e Caetano Veloso, 1990). Eis o roteiro seguido em 2 de abril de 2016 por Cida Moreira - em foto de Mauro Ferreira - na bela apresentação do show Soledade no teatro do Sesc Santana:

1. Viola quebrada (Mário de Andrade, 1928)
2. Bom dia (Nana Caymmi e Gilberto Gil, 1967)
3. Moreninha (tema de domínio público)
4. Um gosto de sol (Milton Nascimento e Ronaldo Bastos, 1972)
5. Forasteiro (Thiago Pethit e Hélio Flanders, 2010) - com Thiago Pethit
6. Beija-me, amor (Arnaldo Baptista e Élcio Decário, 1972) - com Thiago Pethit
7. Poema (Alice Ruiz, 2015)
8. Poema da Rosa (Jards Macalé e Augusto Boal, 1969, a partir de poema de Bertolt Brecht)
9. A terceira margem do rio (Milton Nascimento e Caetano Veloso, 1990)
10. Oitava cor (Luis Filipe Gama e Tiago Torres da Silva, 2015)
11. Cajuína (Caetano Veloso, 1979)
12. Preciso cantar (Arthur Nogueira e Dand M, 2013)
13. Feito no picolé no sol (Nico Nicolaiewski, 1985)
14. Outra cena (Taiguara, 1976)
15. Construção (Chico Buarque, 1971)
16. A última voz do Brasil (Tico Terpins, Zé Rodrix, Armando Ferrante Jr. e Próspero Albanese, 1985)
17. O pulso (Arnaldo Antunes, Marcelo Fromer e Tony Bellotto, 1989) - com exibição do clipe
18. As pastorinhas (Noel Rosa e João de Barro, 1934)
Bis:
19. Minha Nossa Senhora (Fátima Guedes, 1995)
20. A última voz do Brasil (Tico Terpins, Zé Rodrix, Armando Ferrante Jr. e Próspero Albanese, 1985)

Rafael M. disse...

Roteiro perfeitíssimo... Cida arrebenta como sempre!!!