Mauro Ferreira no G1

Aviso aos navegantes: desde 6 de julho de 2016, o jornalista Mauro Ferreira atualiza diariamente uma coluna sobre o mercado fonográfico brasileiro no portal G1. Clique aqui para acessar a coluna. O endereço é http://g1.globo.com/musica/blog/mauro-ferreira/


quinta-feira, 28 de abril de 2016

Banda Graveola lança segundo single do álbum autoral 'Camaleão borboleta'

Na sequência da edição de Talismã, primeiro single do álbum autoral Camaleão borboleta, o grupo mineiro Graveola apresenta nesta última semana de abril de 2016 o segundo single do ainda inédito quinto álbum da banda, produzido por Chico Neves. O segundo single de Camaleão borboleta se chama Índio Maracanã e reedita o tom solar de Talismã (música gravada pelo Graveola com a adesão de Samuel Rosa). Composição de autoria do vocalista do grupo, José Luís Braga, Índio Maracanã versa sobre a luta dos indígenas da Aldeia Maracanã na levada de ritmos de Cabo Verde.  O repertório do álbum Camaleão borboleta totaliza dez músicas inéditas de autoria dos integrantes do Graveola.  Lembrete - música já tocada pela banda em shows - figura no álbum.

3 comentários:

Mauro Ferreira disse...

♪ Na sequência da edição de Talismã, primeiro single do álbum autoral Camaleão borboleta, o grupo mineiro Graveola apresenta nesta última semana de abril de 2016 o segundo single do ainda inédito quinto álbum da banda, produzido por Chico Neves. O segundo single de Camaleão borboleta se chama Índio Maracanã e reedita o tom solar de Talismã (música gravada pelo Graveola com a adesão de Samuel Rosa). Composição de autoria do vocalista do grupo, José Luís Braga, Índio Maracanã versa sobre a luta dos indígenas da Aldeia Maracanã na levada de ritmos de Cabo Verde. O repertório do álbum Camaleão borboleta totaliza dez músicas inéditas de autoria dos integrantes do Graveola. Lembrete - música já tocada pela banda em shows - figura no álbum.

Sidiney Alves Fonseca disse...

Graveola e tudo de bom, quem não conhece procure conhecer, e sonzeira das boas.

Luca disse...

Nunca ouvi falar...