Mauro Ferreira no G1

Aviso aos navegantes: desde 6 de julho de 2016, o jornalista Mauro Ferreira atualiza diariamente uma coluna sobre o mercado fonográfico brasileiro no portal G1. Clique aqui para acessar a coluna. O endereço é http://g1.globo.com/musica/blog/mauro-ferreira/


quinta-feira, 14 de abril de 2016

Selton se afirma cidadão do mundo na rota itinerante do CD 'Loreto paradiso'

Cidadão do mundo, o grupo ítalo-brasileiro de origem espanhola Selton está de volta ao mercado fonográfico no tom mais pop e mais limpo (mas ainda assim indie e roqueiro) do quarto álbum, Loreto paradiso, disponível nas plataformas da web desde 18 de março deste ano de 2016 em edição digital da Sony Music. Em edição física (fabricada em CD, em LP e até em cassete), o álbum sai por via independente e está sendo promovido por Selton em turnê pelo Brasil agendada para este mês de abril de 2016. Loreto é o bairro da cidade italiana de Milão onde Daniel Plentz (voz, bateria e mpc), Eduardo Stein Dechtiar (voz e baixo), Ramiro Levy (voz, guitarra e ukulele), Ricardo Fischmann (voz, teclados e guitarra) e Eduardo Stein Dechtiar (baixo e voz) se radicaram há oito anos. Mas pode ser também um estado de espírito refletido no som deste quarteto que veio ao mundo em 2005 em Barcelona, na Espanha, formado por quatro músicos gaúchos originários de Porto Alegre (RS) que se apresentavam nas ruas de Barcelona, tocando covers de músicas do grupo inglês The Beatles. Sucessor de Banana à milanesa (Barlumen Records, 2008), de Selton (AntiStar, 2010) e de Saudade (Ghost Records, 2013), Loreto paradiso ratifica o status de cidadão do mundo de Selton por ter sido gravado em três países - Brasil, Inglaterra e Itália - com produção assinada pelo grupo com Tommaso Colliva, produtor italiano radicado em Londres que ostenta no currículo trabalhos com célebres bandas do Reino Unido como Franz Ferdinand e Muse. Loreto paradiso é o terceiro álbum autoral do Selton - o primeiro título da discografia da banda foi calcado em covers da música italiana - e tem repertório poliglota, trilíngue, inteiramente assinado pelos quatro músicos do grupo. Com composições escritas em português (Cemitério de elefante, Feliz ano velho e Junto separado, música cujo clipe - filmado no litoral do Rio Grande do Sul - já está em rotação no YouTube), em inglês (Be my life, Duty free romance) e em italiano (Qualcuno mi ascolta), o repertório de Loreto paradiso reitera a rota itinerante da banda. Tanto que a letra da música-título Loreto paradiso harmoniza versos em português, inglês e italiano. A edição italiana do álbum incorpora música-bônus, Voglia di infinito, numa gravação produzida por Hector Castillo.

2 comentários:

Mauro Ferreira disse...

♪ Cidadão do mundo, o grupo ítalo-brasileiro de origem espanhola Selton está de volta ao mercado fonográfico no tom mais pop e mais limpo (mas ainda assim indie e roqueiro) do quarto álbum, Loreto paradiso, disponível nas plataformas da web desde 18 de março deste ano de 2016 em edição digital da Sony Music. Em edição física (fabricada em CD, em LP e até em cassete), o álbum sai por via independente e está sendo promovido por Selton em turnê pelo Brasil agendada para este mês de abril de 2016. Loreto é o bairro da cidade italiana de Milão onde Daniel Plentz (voz, bateria e mpc), Eduardo Stein Dechtiar (voz e baixo), Ramiro Levy (voz, guitarra e ukulele), Ricardo Fischmann (voz, teclados e guitarra) e Eduardo Stein Dechtiar (baixo e voz) se radicaram há oito anos. Mas pode ser também um estado de espírito refletido no som deste quarteto que veio ao mundo em 2005 em Barcelona, na Espanha, formado por quatro músicos gaúchos originários de Porto Alegre (RS) que se apresentavam nas ruas de Barcelona, tocando covers de músicas do grupo inglês The Beatles. Sucessor de Banana à milanesa (Barlumen Records, 2008), de Selton (AntiStar, 2010) e de Saudade (Ghost Records, 2013), Loreto paradiso ratifica o status de cidadão do mundo de Selton por ter sido gravado em três países - Brasil, Inglaterra e Itália - com produção assinada pelo grupo com Tommaso Colliva, produtor italiano radicado em Londres que ostenta no currículo trabalhos com célebres bandas do Reino Unido como Franz Ferdinand e Muse. Loreto paradiso é o terceiro álbum autoral do Selton - o primeiro título da discografia da banda foi calcado em covers da música italiana - e tem repertório poliglota, trilíngue, inteiramente assinado pelos quatro músicos do grupo. Com composições escritas em português (Cemitério de elefante, Feliz ano velho e Junto separado, música cujo clipe - filmado no litoral do Rio Grande do Sul - já está em rotação no YouTube), em inglês (Be my life, Duty free romance) e em italiano (Qualcuno mi ascolta), o repertório de Loreto paradiso reitera a rota itinerante da banda. Tanto que a letra da música-título Loreto paradiso harmoniza versos em português, inglês e italiano. A edição italiana do álbum incorpora música-bônus, Voglia di infinito, numa gravação produzida por Hector Castillo.

ADEMAR AMANCIO disse...

Onde os caras foram se meter!
Se eu conheço? Não.