Mauro Ferreira no G1

Aviso aos navegantes: desde 6 de julho de 2016, o jornalista Mauro Ferreira atualiza diariamente uma coluna sobre o mercado fonográfico brasileiro no portal G1. Clique aqui para acessar a coluna. O endereço é http://g1.globo.com/musica/blog/mauro-ferreira/


domingo, 9 de agosto de 2015

Samuel e Lô gravam ao vivo em Minas show que teve Milton e roteiro de hits

Sócio fundador do Clube da Esquina, o carioca Milton Nascimento foi a participação mais especial da gravação ao vivo do show Samuel Rosa & Lô Borges. Saudado por Lô Borges, Bituca entrou no palco do Cine Theatro Brasil, em Belo Horizonte (MG), para fazer com os artistas mineiros a última música do show, Para Lennon & McCartney (Lô Borges, Márcio Borges e Fernando Brant, 1970),que ganhou batida funkeada na introdução feita por Milton - visto em cena na foto postada por Samuel Rosa em sua página oficial no Facebook. Na estrada desde 1999, o show Samuel Rosa & Lô Borges foi gravado em duas apresentações, feitas em 7 e 8 de agosto de 2015, para edição de CD ao vivo e DVD a serem lançados no primeiro semestre de 2016 pela gravadora Sony Music dentro da série Multishow ao vivo. Na companhia de banda formada por Alexandre Mourão (baixo), Doca Rolim (guitarra), Robinson Matos (bateria) e Telo Borges (teclados), irmão de Lô, os dois cantores se revezaram nos violões e nas guitarras enquanto deram voz a um roteiro de hits que entrelaçou clássicos do Clube da Esquina com sucessos do Skank, como a Balada do amor inabalável (Samuel Rosa e Fausto Fawcett, 2000), revivida com adesão de Fernanda Takai. Eis o roteiro seguido por Lô Borges e Samuel Rosa  na apresentação de 8 de agosto de  2015, transmitida ao vivo pelo Canal Bis:

1. Feira moderna (Beto Guedes, Lô Borges e Fernando Brant, 1970)
2. O trem azul (Lô Borges e Ronaldo Bastos, 1972)
3. Te ver (Samuel Rosa, Lelo Zaneti e Chico Amaral, 1994)
4. Clube da esquina nº 2 (Milton Nascimento, Lô Borges e Márcio Borges, 1972)
5. Resposta (Samuel Rosa e Nando Reis, 1998)
6. Quem sabe isso quer dizer amor (Lô Borges e Márcio Borges, 2002)
7. Nenhum segredo (Lô Borges, Samuel Rosa e Patrícia Maês, 2011)
8. As noites (Samuel Rosa e Chico Amaral, 2003)
9. Balada do amor inabalável (Samuel Rosa e Fausto Fawcett, 2000) - com Fernanda Takai
10. Sutilmente (Samuel Rosa e Nando Reis, 2008)
11. Horizonte vertical (Lô Borges, Samuel Rosa e Nando Reis, 2011)
12. Paisagem da janela (Lô Borges e Fernando Brant, 1972)
13. Amores imperfeitos (Samuel Rosa e Chico Amaral, 2003)
14. Equatorial (Lô Borges, Beto Guedes e Márcio Borges, 1979)
15. Trem de doido (Lô Borges e Márcio Borges, 1972)
16. Tudo que você podia ser (Lô Borges e Márcio Borges, 1971)
17. Três lados (Samuel Rosa e Chico Amaral, 2000)
18. Para Lennon & McCartney (Lô Borges, Márcio Borges e Fernando Brant, 1970) 
      - com Milton Nascimento
Bis:
19. Dois rios (Samuel Rosa, Nando Reis e Lô Borges, 2003)
20. Um girassol da cor de seu cabelo (Lô Borges e Márcio Borges, 1972)
Bis 2:
21. Vou deixar (Samuel Rosa e Chico Amaral, 2003)

8 comentários:

Mauro Ferreira disse...

♪ Sócio fundador do Clube da Esquina, o carioca Milton Nascimento foi a participação mais especial da gravação ao vivo do show Samuel Rosa & Lô Borges. Saudado por Lô Borges, Bituca entrou no palco do Cine Theatro Brasil, em Belo Horizonte (MG), para fazer com os artistas mineiros a última música do show, Para Lennon & McCartney (Lô Borges, Márcio Borges e Fernando Brant, 1970),que ganhou batida funkeada na introdução feita por Milton - visto em cena na foto postada por Samuel Rosa em sua página oficial no Facebook. Na estrada desde 1999, o show Samuel Rosa & Lô Borges foi gravado em duas apresentações, feitas em 7 e 8 de agosto de 2015, para edição de CD ao vivo e DVD a serem lançados neste segundo semestre de 2015 pela gravadora Sony Music dentro da série Multishow ao vivo. Na companhia de banda formada por Alexandre Mourão (baixo), Doca Rolim (guitarra), Robinson Matos (bateria) e Telo Borges (teclados), irmão de Lô, os dois cantores se revezaram nos violões e nas guitarras enquanto deram voz a um roteiro de hits que entrelaçou clássicos do Clube da Esquina com sucessos do Skank, como a Balada do amor inabalável (Samuel Rosa e Fausto Fawcett, 2000), revivida com adesão de Fernanda Takai. Eis o roteiro seguido por Lô Borges e Samuel Rosa na apresentação de 8 de agosto de 2015, transmitida ao vivo pelo Canal Bis:

1. Feira moderna (Beto Guedes, Lô Borges e Fernando Brant, 1970)
2. O trem azul (Lô Borges e Ronaldo Bastos, 1972)
3. Te ver (Samuel Rosa, Lelo Zaneti e Chico Amaral, 1994)
4. Clube da esquina nº 2 (Milton Nascimento, Lô Borges e Márcio Borges, 1972)
5. Resposta (Samuel Rosa e Nando Reis, 1998)
6. Quem sabe isso quer dizer amor (Lô Borges e Márcio Borges, 2002)
7. Nenhum segredo (Lô Borges, Samuel Rosa e Patrícia Maês, 2011)
8. As noites (Samuel Rosa e Chico Amaral, 2003)
9. Balada do amor inabalável (Samuel Rosa e Fausto Fawcett, 2000) - com Fernanda Takai
10. Sutilmente (Samuel Rosa e Nando Reis, 2008)
11. Horizonte vertical (Lô Borges, Samuel Rosa e Nando Reis, 2011)
12. Paisagem da janela (Lô Borges e Fernando Brant, 1972)
13. Amores imperfeitos (Samuel Rosa e Chico Amaral, 2030)
14. Equatorial (Lô Borges, Beto Guedes e Márcio Borges, 1979)
15. Trem de doido (Lô Borges e Márcio Borges, 1972)
16. Tudo que você podia ser (Lô Borges e Márcio Borges, 1971)
17. Três lados (Samuel Rosa e Chico Amaral, 2000)
18. Para Lennon & McCartney (Lô Borges, Márcio Borges e Fernando Brant, 1970)
- com Milton Nascimento
Bis:
19. Dois rios (Samuel Rosa, Nando Reis e Lô Borges, 2003)
20. Um girassol da cor de seu cabelo (Lô Borges e Márcio Borges, 1972)
Bis 2:
21. Vou deixar (Samuel Rosa e Chico Amaral, 2003)

Marcelo disse...

Que coisa maravilhosa!! Repertório e músicos de primeira categoria! Um oásis no meio de tanta coisa horrível nos dias atuais!!!

Henrique disse...

O único lamento foi que a participação de Milton e Fernanda se limitou ao segundo dia. Uma falta de respeito com o público do primeiro que pagou, como eu, o mesmo preço e queria ter assistido o mesmo show.

Vitor Salz disse...

Esse disco é um presente bom demais da conta! É Minas em nós. Na espera por esse bálsamo musical.

Rafael M. disse...

Repertório lindo... Que show maravilhoso!!!

noca disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Cristiano RM disse...

Ansioso pelo dvd! parceria perfeita!

Luca disse...

Vou deixar tá sobrando aí