Mauro Ferreira no G1

Aviso aos navegantes: desde 6 de julho de 2016, o jornalista Mauro Ferreira atualiza diariamente uma coluna sobre o mercado fonográfico brasileiro no portal G1. Clique aqui para acessar a coluna. O endereço é http://g1.globo.com/musica/blog/mauro-ferreira/


quinta-feira, 27 de agosto de 2015

Alcione lança CD e DVD com compilação de encontros com estrelas da MPB

Alcione está lançando CD e DVD que compilam 17 encontros da Marrom com artistas como Diogo Nogueira, Emílio Santiago (1946 - 2013), Jorge Aragão, Leci Brandão, Lenine, Maria Bethânia, MV Bill e a dupla Victor & Leo, entre outros nomes. Alcione ao vivo em grandes encontros vai ser comercializado pela Marrom Music em parceria com a gravadora Biscoito Fino. A compilação rebobina encontros captados em shows, em sua maioria, mas há uns gravados em estúdio, como o trio formado com Djavan e Zeca Pagodinho no estúdio para os extras do DVD Eterna alegria ao vivo (Marrom Music / Biscoito Fino, 2014). A maioria dos fonogramas vem do projeto duplo Duas faces (Marrom Music / Biscoito Fino, 2011 e 2012) - dividido em dois volumes (Jam session e Ao vivo na Mangueira) lançados em 2011 e em 2012, respectivamente - e de Eterna alegria ao vivo. Eis, na ordem do DVD, as 17 faixas (e seus convidados) de Alcione ao vivo em grandes encontros:

1. Poder da criação (João Nogueira e Paulo César Pinheiro, 1980) - com Diogo Nogueira
2. Ilha de maré (Carlos Roberto e Walmir Lima, 1977) /
    Roda ciranda (Martinho da Vila, 1984) - com Martinho da Vila
3. Verde e rosa (Silvio César, 1974) - com Leci Brandão
4. O samba me chamou (Sombrinha e Marquinho PQD, 2009) - com Grupo Revelação
5. Capim (Djavan, 1982) - com Djavan
6. Na mesma proporção (Jorge Aragão e Nilton Barros, 1984) - com Jorge Aragão
7. Evolução (José Cavalcante de Albuquerque) - com Lenine
8. Romaria (Renato Teixeira, 1977) - com Victor & Leo
9. Sem mais adeus (Francis Hime e Vinicius de Moraes, 1963) - com Maria Bethânia
10. Sorriso de um banjo (Bira da Vila, Fidélis Marques e Melodia Café, 2012) - com Andreia Caffé
11. 40 anos (Altay Veloso e Paulo César Feital, 1992) - com Emílio Santiago
12. Parabéns pra você (Mauro Diniz, Sereno e Ratinho, 1985) - com Fundo de Quintal
13. Quem me levará sou eu (Dominguinhos e Manduka, 1978) /
      Contrato de separação (Dominguinhos e Anastácia, 1979) - com Cezzinha
14. Meu ébano (Neneo e Paulinho Rezende, 2005) - com MV Bill
15. Pela rua (Dolores Duran e Ribamar, 1959) - com Áurea Martins
16. Nunca (Lupicínio Rodrigues, 1952) / 
      Vingança (Lupicínio Rodrigues, 1951) - com Jamelão
17. Eh, eh (Djavan e Zeca Pagodinho, 2013) - com Djavan e Zeca Pagodinho

29 comentários:

Mauro Ferreira disse...

♪ Alcione vai lançar DVD e CD que compilam duetos da Marrom com artistas como Diogo Nogueira, Jorge Aragão, Lenine e Maria Bethânia, entre outros nomes. Alcione ao vivo em grandes encontros vai ser lançado pela Marrom Music em parceria com a gravadora Biscoito Fino. A compilação rebobina duetos captados em shows (em sua maioria), mas há os gravados em estúdio.

Rafael M. disse...

Eu fiquei sabendo dessa compilação anteontem... Alcione conseguiu reunir um monte de gente do mundo do samba e da MPB...

Marcelo Barbosa disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Mauro Ferreira disse...

Marcelo, o projeto em francês desde sempre está programado para 2016. Não, não há 'Juízo final' na seleção. Abs, MauroF

Carlos Eduardo disse...

Alcione tem uma gravações bem raras, que não encontro. Recado, de Gonzaguinha, por exemplo. Mas acho que isso deve estar com a Universal.

Dona Emengarda disse...

Se o cd é de duetos, não teria o porquê de "Juízo final", com ela sozinha, entrar. Esse comentário não tem lógica nenhuma. A Marrom incomoda mesmo!

Mauro Ferreira disse...

É 'Dona Emengarda', mas o fato é que 'A loba' entrou nos extras do DVD, como bônus. abs, MauroF

Dona Emengarda disse...

Em extra de DVD se coloca de tudo, por isso mesmo é "extra". Eu me referi ao cd. De qualquer forma, não é verdade que colocaram a gravação de "Juízo final" para "lucrar a troco de compilação", como foi insinuado, por essa música estar na abertura da novela "A regra do jogo".
Aliás, não sei porque a Globo não utiliza as gravações originais de Clara Nunes em suas novelas. Já são duas seguidas: Alvorada (Babilonia) e Juízo final (A regra do jogo).

Marcelo Barbosa disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Marcelo Barbosa disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Dona Emengarda disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Marcelo Barbosa disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Dona Emengarda disse...

Sei que é muito pra você! Maria Bethânia sendo enredo da Mangueira e Alcione cantando sucesso de Clara Nunes em horário nobre. Haja coração!

Rafael M. disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Dona Emengarda disse...

Engraçado, Rafael, logo você falando isso!l Você que é o rei dos comentários desnecessários!

Marcelo Barbosa disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Dona Emengarda disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Dona Emengarda disse...

Que interessante! Não sabia que Tia Neiva tinha deixado und sucessor em Brasilia! Obrigada pela previsão!

Marcelo Barbosa disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Dona Emengarda disse...

O seu fanatismo pela pseudo "rainha", e o desespero por ela ter sido preterida pela Mangueira, até à intolerancia religiosa está levando. Sim, Maria Bethânia tambem é do candomblé.E todas as religiões merecem respeito!

Rafael M. disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Rafael M. disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Rafael M. disse...

Publique meus comentários, porra!!!

Marisa disse...

Comentário injusto com Clara Nunes. Ela não se prendeu a um rítmo só. Cantou samba, bolero, côco, forró, pontos estilizados e até fado. E sempre com primazia!

Marcelo Barbosa disse...

Intolerância? Se toca!

Marcelo Barbosa disse...

Mauro, meu caro, preferi acabar com a discussão removendo os comentários. Respeito as religiões e inclusive saí de filho de Oxum no Império da Tijuca este ano.
Só não vou cair mais na pilha de seres maus que estão aqui no único intuito de tumultuar, aliás, esse mesmo "ser" foi expulso de um outro site pelos mesmos motivos. Abs e peço desculpa a vc e aos leitores do blog.

Dona Emengarda disse...

Cada um é responsável pelo que escreve! Eu não ataco ninguém, apenas defendo e argumento com a verdade. Defendo Clara, Fafá, Bethânia, Fabiana, Alcione e qualquer outra cantora que seja atacada gratuitamente. Mesmo com quem eu não tenha afinidade, como Joelma!
Não compactuo com intolerância.
Em tempo, nunca fui expulsa de nenhum site, até porque esse é o único site em que escrevo. Não me confunda!

Rhenan Soares disse...

2015 e o Mauro tendo que excluir comentários do blog, hahaha... Eu nunca entendo essas coletâneas. Acho tudo sempre tão mal feito, de modo geral...

Erick disse...

Queria muito ver Alcione e Bethania cantando "O meu amor" juntas