Mauro Ferreira no G1

Aviso aos navegantes: desde 6 de julho de 2016, o jornalista Mauro Ferreira atualiza diariamente uma coluna sobre o mercado fonográfico brasileiro no portal G1. Clique aqui para acessar a coluna. O endereço é http://g1.globo.com/musica/blog/mauro-ferreira/


sábado, 1 de agosto de 2015

Eis capa e músicas de 'Aquilo que a gente diz', CD em que Célia canta Criolo

Com capa criada por Leandro Arraes a partir de foto de Jair de Assis, o 14º álbum da cantora paulistana Célia, Aquilo que a gente diz, está indo para a fábrica. A música-título Aquilo que a gente diz é parceria inédita de Alzira E com Tiago Torres da Silva. Produzido por Thiago Marques Luiz para sua gravadora Nova Estação, o disco tem uma faixa pilotada por Yuri Queiroga. Trata-se de música do compositor Zeca Baleiro, Deus dará. Além do tema inédito de Baleiro, Célia dá voz ao maior sucesso da discografia do rapper paulistano Criolo, Não existe amor em SP (Criolo, 2011), e a uma inédita parceria de Ivan Lins com Fátima Guedes, Tanto nó, entre músicas de Otto (Crua, 2009), Sergio Sampaio (1947 - 1994) (Eu sou aquele que disse, 1973), Joyce Moreno (a inédita Entre amigos) e Lô Borges. O CD Aquilo que a gente diz chega ao mercado fonográfico neste segundo semestre de 2015 com distribuição. Tratore. Eis, na ordem do CD, as 10 músicas do disco:

1. Não existe amor em SP (Criolo, 2011)
2. Deus dará (Zeca Baleiro, 2015) 
3. Se o caso é chorar (Tom Zé, 1972)
4. Dois rios (Samuel Rosa, Lô Borges e Nando Reis, 2003)
5. Crua (Otto, 2009)
6. Eu sou aquele que disse (Sergio Sampaio, 1973)
7. Tanto nó (Ivan Lins e Fatima Guedes, 2015)
8. Opus 2 (Antonio Carlos e Jocafi, 1977)
9. Entre amigos (Joyce Moreno, 2015) 
10. Aquilo que a gente diz (Alzira E e Tiago Torres da Silva, 2015)

15 comentários:

Mauro Ferreira disse...

♪ Com capa criada por Leandro Arraes a partir de foto de Jair de Assis, o 13º álbum da cantora paulistana Célia, Aquilo que a gente diz, está indo para a fábrica. Produzido por Thiago Marques Luiz para sua gravadora Nova Estação, o disco tem uma faixa pilotada por Yuri Queiroga. Trata-se de música do compositor Zeca Baleiro. Além do tema inédito de Baleiro, Célia dá voz ao maior sucesso da discografia do rapper paulistano Criolo, Não existe amor em SP (Criolo), e a uma inédita parceria de Ivan Lins com Fátima Guedes, Tanto nó, entre músicas de Alzira Espíndola, Caetano Veloso, Joyce Moreno e Lô Borges. O álbum Aquilo que a gente diz vai ser distribuído via Tratore.

Marcelo disse...

Célia é espetacular!! Um oásis no meio de tanta gente sem talento nos dias de hoje!! Pra quem sabe o real significado da palavra CANTORA!!!

lurian disse...

Uma das melhores intérpretes que temos hoje!!! Esse disco promete!

italo vinicius disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Mauro Ferreira disse...

Italo Vinicius, peço a você a gentileza de comentar somente sobre o assunto do post. Abs, obrigado, MauroF

Rafael M. disse...

Esses dias mesmo estava pensando neste álbum... Célia é espetacular!!! Que capa linda... Agora só falta a gente saber a relação de faixas do disco... Estou curiosíssimo para saber...

Rafael M. disse...

Não se deve esquecer que Célia lançou no ano passado um belíssimo disco com o Cássio Scapin chamado "Só A Pessoa Sabe O Que Tem Por Dentro", onde ela interpreta poemas musicados de Cássio Junqueira. Um trabalho imperdível, que todos deveriam conhecer!!!

Rafael M. disse...

Mauro, tem previsão de quando esse disco será lançado? Já quero garantir a minha cópia!!!

Unknown disse...

Célia...show

italo vinicius disse...

Ok

Douglas Love disse...

Maravilhosa!

Rafael M. disse...

Belíssimo repertório... Isso só aumenta ainda mais a minha expectativa sobre o disco!!! Célia é fenomenal!!!

Marisa disse...

Senhora cantora e repertório irretocável! Muitas estão precisando aprender com ela!

BIGODE disse...

Célia toma as canções prá ela, o que é aquela versão de Sonhos do Peninha(particularmente não sou fã dele)... arrepiante, chique, moderna, o que ela fez com a canção é inexplicável....Grande cantora, deve vir coisa boa por ai, ansioso

Paulo-Roberto Andel disse...

Célia é fantástica. Eu a escuto desde criança. Uma artista que o Brasil ainda precisa conhecer.