Mauro Ferreira no G1

Aviso aos navegantes: desde 6 de julho de 2016, o jornalista Mauro Ferreira atualiza diariamente uma coluna sobre o mercado fonográfico brasileiro no portal G1. Clique aqui para acessar a coluna. O endereço é http://g1.globo.com/musica/blog/mauro-ferreira/


sexta-feira, 4 de dezembro de 2015

RETROSPECTIVA 2015 – Discos reeditados e álbum inédito reavivam Vanusa

RETROSPECTIVA 2015 – Vanusa sai fortalecida deste ano de 2015. Cantora e compositora em evidência nas paradas musicais da década de 1970, Vanusa voltou ao mercado fonográfico - e à vida - ao longo de 2015. Em agosto, os lançamentos simultâneos de duas caixas com reedições de oito álbuns gravados pela cantora entre 1968 e 1979 - produzidas pelo pesquisador carioca Marcelo Fróes para o selo Discobertas - redimensionaram o canto e a obra da artista, jogando luz sobre álbuns raros em que Vanusa transitou pelo soul e pela MPB. Em outubro, a chegada ao mercado do esperado álbum Vanusa Santos Flores (Saravá Discos) - arquitetado e produzido por Zeca Baleiro desde 2013 - coroou o ano bom da cantora (em foto de Gal Oppido). Primeiro disco de repertório inédito da artista desde 1994, Vanusa Santos Flores simbolizou o renascimento artístico e pessoal da cantora após período de depressão. Aos 68 anos, Vanusa ganha as flores - e os discos - em vida.

3 comentários:

Mauro Ferreira disse...

♪ RETROSPECTIVA 2015 – Vanusa sai fortalecida deste ano de 2015. Cantora e compositora em evidência nas paradas musicais da década de 1970, Vanusa voltou ao mercado fonográfico - e à vida - ao longo de 2015. Em agosto, os lançamentos simultâneos de duas caixas com reedições de oito álbuns gravados pela cantora entre 1968 e 1979 - produzidas pelo pesquisador carioca Marcelo Fróes para o selo Discobertas - redimensionaram o canto e a obra da artista, jogando luz sobre álbuns raros em que Vanusa transitou pelo soul e pela MPB. Em outubro, a chegada ao mercado do esperado álbum Vanusa Santos Flores (Saravá Discos) - arquitetado e produzido por Zeca Baleiro desde 2013 - coroou o ano bom da cantora (em foto de Gal Oppido). Primeiro disco de repertório inédito da artista desde 1994, Vanusa Santos Flores simbolizou o renascimento artístico e pessoal da cantora após período de depressão. Aos 68 anos, Vanusa ganha as flores - e os discos - em vida.

Rafael M. disse...

O disco novo dela é excelente... Nos estava devendo um bom álbum desde 1994... Saiu vitoriosa este ano também por conta dos seus 2 boxes lançados....

Mauro Silva disse...

Muito bem colocado Mauro! Este disco de inéditas da Vanusa, é uma delícia de ouvir! Esta entre os melhores discos do ano com certeza!