Mauro Ferreira no G1

Aviso aos navegantes: desde 6 de julho de 2016, o jornalista Mauro Ferreira atualiza diariamente uma coluna sobre o mercado fonográfico brasileiro no portal G1. Clique aqui para acessar a coluna. O endereço é http://g1.globo.com/musica/blog/mauro-ferreira/


sexta-feira, 25 de dezembro de 2015

RETROSPECTIVA 2015 – Alaíde lança dois CDs, grava DVD e festeja 80 anos

RETROSPECTIVA 2015 – Aos 80 anos de vida, completados em 8 de dezembro deste ano de 2015 e devidamente festejados com shows nas cidades de Rio de Janeiro (RJ) e São Paulo(SP), a cantora e compositora carioca Alaíde Costa continuou em plena atividade artística ao longo de 2015. Em julho, a cantora gravou álbum com o cantor pernambucano Gonzaga Leal, Porcelana, lançado em novembro por vias independentes. Em agosto, com produção de Thiago Marques Luiz, Alaíde gravou o primeiro DVD da carreira no estúdio 185, em São Paulo (SP), dando voz a músicas que nunca havia cantado - caso de Preciso chamar sua atenção (Roberto Carlos e Erasmo Carlos, 1969) - em registro audiovisual previsto para ser lançado em 2016 através do Canal Brasil. Em setembro, a cantora lançou Alegria é guardada em cofres, catedrais (Minas Records), álbum gravado em 2012 com produção de Geraldo Rocha - autor da foto que ilustra o post - e com a reunião de Alaíde com o violonista e compositor mineiro Toninho Horta. Em novembro e dezembro, os dois shows comemorativos dos 80 anos da intérprete coroaram ano de grande produtividade para Alaíde Costa.

4 comentários:

Mauro Ferreira disse...

♪ RETROSPECTIVA 2015 – Aos 80 anos de vida, completados em 8 de dezembro deste ano de 2015 e devidamente festejados com shows nas cidades de Rio de Janeiro (RJ) e São Paulo(SP), a cantora e compositora carioca Alaíde Costa continuou em plena atividade artística ao longo de 2015. Em julho, a cantora gravou álbum com o cantor pernambucano Gonzaga Leal, Porcelana, lançado em novembro por vias independentes. Em agosto, com produção de Thiago Marques Luiz, Alaíde gravou o primeiro DVD da carreira no estúdio 185, em São Paulo (SP), dando voz a músicas que nunca havia cantado - caso de Preciso chamar sua atenção (Roberto Carlos e Erasmo Carlos, 1969) - em registro audiovisual previsto para ser lançado em 2016 através do Canal Brasil. Em setembro, a cantora lançou Alegria é guardada em cofres, catedrais (Minas Records), álbum gravado em 2012 com produção de Geraldo Rocha - autor da foto que ilustra o post - e com a reunião de Alaíde com o violonista e compositor mineiro Toninho Horta. Em novembro e dezembro, os dois shows comemorativos dos 80 anos da intérprete coroaram ano de grande produtividade para Alaíde Costa.

Fred Alves disse...

Maravilhosa

Rafael M. disse...

Acho ela divina, seus 2 discos são um sopro de ar fresco em sua carreira. Que ela lance logo o seu DVD em 2016.

luis claudio de oliveira disse...

Alaíde é uma das cantoras que mais gosto. Seu cd com Toninho Horta é muito bom
O repertório já conhecido não é nenhum problema, a exemplo de Jussara Silveira
Milton e tantos outros.