Mauro Ferreira no G1

Aviso aos navegantes: desde 6 de julho de 2016, o jornalista Mauro Ferreira atualiza diariamente uma coluna sobre o mercado fonográfico brasileiro no portal G1. Clique aqui para acessar a coluna. O endereço é http://g1.globo.com/musica/blog/mauro-ferreira/


sábado, 12 de dezembro de 2015

Disco de novela rural tem registros inéditos de Paula, Elba, Suricato e Daniel

O baião Pé de manacá ganha a voz da cantora mineira Paula Fernandes. Composto pelo pianista e maestro mineiro Hervê Cordovil (1914 - 1979) em parceria com a prima Marisa Pinto Coelho e lançado pela cantora paulistana Isaura Garcia (1919 - 1993) em gravação de 1950 feita com a participação do próprio Hervê, o baião de malícia inocente foi gravado por Paula para a trilha sonora de Êta mundo bom!, próxima novela das 18h da TV Globo. Embora a novela somente vá estrear em janeiro de 2016, o disco com o primeiro volume da trilha sonora já foi posto à venda pela Som Livre nesta primeira quinzena de dezembro de 2015. Como a novela se passa em fins dos anos 1940 e tem núcleo rural, a trilha é dominada por músicas sertanejas e temas forrozeiros, incluindo também sucessos das décadas de 1940 e 1950 nas vozes de cantores da era do rádio como Angela Maria, Dalva de Oliveira (1917 - 1972), Emilinha Borba (1923 - 2005) e Nelson Gonçalves (1919 - 1998). Além do registro de Pé de manacá por Paula Fernandes, o disco apresenta gravações inéditas de Elba Ramalho, Daniel, Gusttavo Lima e Suricato. A cantora paraibana interpreta o xote romântico Distante d'ocê (2009), composição de Hermes Prada. O cantor paulista dá voz à toada O que o ouro não arruma (Mário Vieira, 1953), tema lançado pelo conjunto Vagalumes do Luar, porém mais associado à voz do ator e cineasta paulista Amácio Mazzaropi (1912 - 1981), cujo universo inspira a trama. Já o grupo carioca gravou O sanfoneiro só tocava isso (Haroldo Lobo e Geraldo Medeiros), baião junino de 1950, lançado na voz da cantora paulistana Dircinha Batista (1922 - 1999). Há também música inédita, Quem vem de longe, bela toada composta por Mu Carvalho com Dudu Falcão e gravada por Gusttavo Lima - cantor mineiro de pop sertanejo - para a trilha. Eis, na ordem do disco Êta mundo bom! Volume 1, as 19 músicas (e os respectivos anos, compositores e intérpretes) incluídas na trilha sonora, de tom vintage, da novela:

1. O sanfoneiro só tocava isso (Haroldo Lobo e Geraldo Medeiros, 1950) - Suricato
2. Pé de manacá (Hervê Cordovil e Marisa Pinto Coelho, 1950) - Paula Fernandes
3. O que o ouro não arruma (Mário Vieira, 1953) - Daniel
4. Dois pra lá, dois pra cá (João Bosco e Aldir Blanc, 1974) - Elis Regina
5. Se não vira jazz (Djavan, 2015) - Djavan
6. Estrada vermelha (Victor Chaves, 2015) - Victor & Leo
7. No rancho fundo (Ary Barroso e Lamartine Babo, 1931) - Chitãozinho & Xororó
8. A saudade mata a gente (João de Barro e Antônio Almeida,1948) -César Menotti & Fabiano
9. Saudade da minha terra (Goiá e Belmonte, 1969) - Zé Neto & Cristiano
10. Quem vem de longe (Mú Carvalho e Dudu Falcão, 2015) - Gusttavo Lima
11. Avohai (Zé Ramalho, 1977) - Zé Ramalho
12. Distante d'ocê (Hermes Prada, 2009) - Elba Ramalho
13. Tico-tico no fubá (Zequinha de Abreu e Aloysio de Oliveira, 1931 / 1945) - Cluster Sisters
14. Vem morena (Luiz Gonzaga e Zé Dantas, 1950) - Os Gonzagas
15. Samba da minha terra (Dorival Caymmi, 1940) - Elza Soares
16. Vida de bailarina (Chocolate e Américo Seixas, 1953) - Angela Maria
17. Dos meus braços tu não sairás (Roberto Roberti, 1944)- Nelson Gonçalves
18. Escandalosa (Moacyr Silva e Djalma Esteves, 1947) - Emilinha Borba
19. Segredo (Herivelto Martins e Marino Pinto, 1947) - Dalva de Oliveira

13 comentários:

Mauro Ferreira disse...

♪ O baião Pé de manacá ganha a voz da cantora mineira Paula Fernandes. Composto pelo pianista e maestro mineiro Hervê Cordovil (1914 - 1979) em parceria com a prima Marisa Pinto Coelho e lançado pela cantora paulistana Isaura Garcia (1919 - 1993) em gravação de 1950 feita com a participação do próprio Hervê, o baião foi gravado por Paula para a trilha sonora de Êta mundo bom!, próxima novela das 18h da TV Globo. Embora a novela vá estrear somente em janeiro de 2016, o disco com o primeiro volume da trilha sonora já está à venda no iTunes desde ontem, 11 de dezembro de 2015. Como a novela se passa em fins dos anos 1940 e tem forte núcleo rural, a trilha é dominada por músicas sertanejas e temas forrozeiros, incluindo também vários sucessos das décadas de 1940 e 1950 nas vozes de cantores da era do rádio como Angela Maria, Dalva de Oliveira (1917 - 1972), Emilinha Borba (1923 - 2005) e Nelson Gonçalves (1919 - 1998). Além do registro de Pé de manacá por Paula Fernandes, o disco apresenta gravações inéditas de Elba Ramalho, Daniel e Suricato. A cantora paraibana interpreta Distante d'ocê (2009), composição de Hermes Prada. O cantor paulista dá voz à toada O que o ouro não arruma (Mário Vieira, 1953), tema lançado pelo conjunto Vagalumes do Luar, porém mais associado à voz do ator e cineasta paulista Amácio Mazzaropi (1912 - 1981). Já o grupo carioca gravou O sanfoneiro só tocava isso (Haroldo Lobo e Geraldo Medeiros), baião junino de 1950, lançado na voz da cantora paulistana Dircinha Batista (1922 - 1999). Há também música inédita, Quem vem de longe, composta por Mu Carvalho com Dudu Falcão e gravada por Gusttavo Lima - cantor mineiro de pop sertanejo - para a trilha. Eis, na ordem do disco Êta mundo bom! Volume 1, as 19 músicas (e os respectivos anos, compositores e intérpretes) incluídas na trilha sonora de tom vintage da novela de Walcyr Carrasco:

1. O sanfoneiro só tocava isso (Haroldo Lobo e Geraldo Medeiros, 1950) - Suricato
2. Pé de manacá (Hervê Cordovil e Marisa Pinto Coelho, 1950) - Paula Fernandes
3. O que o ouro não arruma (Mário Vieira, 1953) - Daniel
4. Dois pra lá, dois pra cá (João Bosco e Aldir Blanc, 1974) - Elis Regina
5. Se não vira jazz (Djavan, 2015) - Djavan
6. Estrada vermelha (Victor Chaves, 2015) - Victor & Leo
7. No rancho fundo (Ary Barroso e Lamartine Babo, 1931) - Chitãozinho & Xororó
8. A saudade mata a gente (João de Barro e Antônio Almeida,1948) -César Menotti & Fabiano
9. Saudade da minha terra (Goiá e Belmonte, 1969) - Zé Neto & Cristiano
10. Quem vem de longe (Mú Carvalho e Dudu Falcão, 2015) - Gusttavo Lima
11. Avohai (Zé Ramalho, 1977) - Zé Ramalho
12. Distante d'ocê (Hermes Prada, 2009) - Elba Ramalho
13. Tico-tico no fubá (Zequinha de Abreu e Aloysio de Oliveira, 1931 / 1945) - Cluster Sisters
14. Vem morena (Luiz Gonzaga e Zé Dantas, 1950) - Os Gonzagas
15. Samba da minha terra (Dorival Caymmi, 1940) - Elza Soares
16. Vida de bailarina (Chocolate e Américo Seixas, 1953) - Angela Maria
17. Dos meus braços tu não sairás (Roberto Roberti, 1944)- Nelson Gonçalves
18. Escandalosa (Moacyr Silva e Djalma Esteves, 1947) - Emilinha Borba
19. Segredo (Herivelto Martins e Marino Pinto, 1947) - Dalva de Oliveira

CelloPiazza disse...

Mauro, o disco também já está à venda em edição física. Abçs.

Mauro Ferreira disse...

Tem razão, Cello. Abs, obrigado, MauroF

Bruno Jacob disse...

Poxa, Mauro, que trilha interessante! Só senti falta da própria "Êta Mundo Bom!", do Renato Teixeira, que tem o clima da novela, e seria uma deixa e tanto... Você sabe se há intenção de colocar? :)
Abraço!

Unknown disse...

Nessa seleção Djavan fica estranho no ninho rural. Não era melhor ter alocado Vida de nordestino?

Mauro Ferreira disse...

Bruno, como existe um segundo volume, talvez entre. Mas eu nada sei sobre a inclusão desta música do Renato Teixeira na trilha sonora. abs, MauroF

Mauro Ferreira disse...

Leitor desconhecido, como a novela tem um 'dancing' situado na cidade de São Paulo, com música ao vivo, acredito que a música do Djavan seja aproveitada neste cenário. Abs, MauroF

Elianderson Nunes disse...

E vol.2 ou Internacional de Além do Tempo,quando será lançado já que toca várias músicas internacionais como codiplay, Maná e nacionais como Rita LEE. Gostaria muito que saísse o CD,alguma informação. Obrigado.

Mauro Ferreira disse...

Elianderson, como a novela 'Além do tempo' já se aproxima do fim, acredito que não haverá um volume 2 da trilha sonora. Abs, MauroF

claudiopaes disse...

Que surpresa boa pode ouvir Dalva rm trilha de novela. E bom trazer para estes dias dificeis do cenario musical a maior voz brasileira. E ainda temos Elba, Elza, Angela e Elis. Salve a boa mpb

Lucas Nunes disse...

Uma trilha sonora de verdade!!!
Emoção cantada.
A voz da Elba Ramalho ta faltando nas novelas globais, assim como várias outras ditas aí.

Rafael M. disse...

Coisa mais esquisita lançarem trilha sonora de novela que nem sequer foi lançada ainda... Vá entender... Tirando alguns lixos de dupla sertaneja que estão aí no meio, a trilha sonora realmente é primorosa.

peu disse...

faltou Gal e Bethânia.