Mauro Ferreira no G1

Aviso aos navegantes: desde 6 de julho de 2016, o jornalista Mauro Ferreira atualiza diariamente uma coluna sobre o mercado fonográfico brasileiro no portal G1. Clique aqui para acessar a coluna. O endereço é http://g1.globo.com/musica/blog/mauro-ferreira/


terça-feira, 6 de janeiro de 2015

Primeira parceria de Caetano com Tom Veloso valoriza CD de Carminho

A IMAGEM DO SOM - Postada no Instagram de Caetano Veloso, a foto acima flagra o artista baiano com a cantora portuguesa Carminho, com seu filho carioca Tom Veloso e com o violonista e compositor baiano Cezar Mendes em encontro no qual celebraram a gravação de música inédita do trio pela fadista. Com grande beleza melódica e poética, a primeira parceria de pai e filho se destaca no repertório do terceiro álbum de Carminho, Canto (Warner Music, 2014), previsto para ser lançado no Brasil neste ano de 2015. A música se chama O sol, eu e tu. Escrita por Caetano, a letra enaltece a cumplicidade a dois resultante de amor autossuficiente. Os versos se afinam com perfeição à melodia criada por Tom com Cezar Mendes, professor do jovem artista. Foi através de Mendes, aliás, que O sol, eu e tu chegou aos ouvidos de Carminho, que então mandou e-mail para Caetano com o pedido - prontamente atendido - para gravar a canção. Eis a letra de O sol, eu e tu, música que ganhou naturalmente ar de fado no registro feito por Carminho para seu melhor álbum:

O sol, eu e tu
(Cezar Mendes, Tom Veloso e Caetano Veloso)

O céu azul
O sol no mar
Só eu e tu
Damos sentido a tudo o que existe
E existirá

A chuva cai
A imensidão
Geme num ai
E o horizonte revela-se inteiro

Neste chão
Nós dois aqui celebramos o mundo
Cada vez que nos olhamos de perto
Rua, floresta, deserto
Hoje, amanhã, norte, sul
O mar sob o sol
Todo o azul do céu
Eu e tu

O céu azul
O sol no mar
Só eu e tu
Damos sentido a tudo o que existe
E existirá

A chuva cai
A imensidão
Geme num ai
E o horizonte revela-se inteiro
Neste chão

Nós dois aqui celebramos o mundo
Cada vez que nos olhamos de perto
Rua, floresta, deserto
Hoje, amanhã, norte, sul
O mar sob o sol
Todo o azul do céu
Eu e tu

Nós dois aqui celebramos o mundo
Cada vez que nos olhamos de perto
Rua, floresta, deserto
Hoje, amanhã, norte, sul
O mar sob o sol
Todo o azul do céu
Eu e tu

5 comentários:

Mauro Ferreira disse...

♪ A IMAGEM DO SOM - Postada no Instagram de Caetano Veloso, a foto acima flagra o artista baiano com a cantora portuguesa Carminho, com seu filho carioca Tom Veloso e com o violonista e compositor baiano Cezar Mendes em encontro no qual celebraram a gravação de música inédita do trio pela fadista. Com grande beleza melódica e poética, a primeira parceria de pai e filho se destaca no repertório do terceiro álbum de Carminho, Canto (Warner Music, 2014), previsto para ser lançado no Brasil neste ano de 2015. A música se chama O sol, eu e tu. Escrita por Caetano, a letra enaltece a cumplicidade a dois resultante de amor autossuficiente. Os versos se afinam com perfeição à melodia criada por Tom com Cezar Mendes, professor do jovem artista. Foi através de Mendes, aliás, que O sol, eu e tu chegou aos ouvidos de Carminho, que então mandou e-mail para Caetano com o pedido - prontamente atendido - para gravar a canção. Eis a letra de O sol, eu e tu, música que ganhou naturalmente ar de fado no registro feito por Carminho para seu melhor álbum:

O sol, eu e tu
(Cezar Mendes, Tom Veloso e Caetano Veloso)

O céu azul
O sol no mar
Só eu e tu
Damos sentido a tudo o que existe
E existirá
A chuva cai
A imensidão
Geme num ai
E o horizonte revela-se inteiro
Neste chão
Nós dois aqui celebramos o mundo
Cada vez que nos olhamos de perto
Rua, floresta, deserto
Hoje, amanhã, norte, sul
O mar sob o sol
Todo o azul do céu
Eu e tu

O céu azul
O sol no mar
Só eu e tu
Damos sentido a tudo o que existe
E existirá

A chuva cai
A imensidão
Geme num ai
E o horizonte revela-se inteiro
Neste chão

Nós dois aqui celebramos o mundo
Cada vez que nos olhamos de perto
Rua, floresta, deserto
Hoje, amanhã, norte, sul
O mar sob o sol
Todo o azul do céu
Eu e tu

Nós dois aqui celebramos o mundo
Cada vez que nos olhamos de perto
Rua, floresta, deserto
Hoje, amanhã, norte, sul
O mar sob o sol
Todo o azul do céu
Eu e tu

Rafael M. disse...

Letra linda... Filho de peixe, peixe é! Olha o talento da família Veloso se expandindo...

lurian disse...

Essa música é primorosa (letra e melodia) e foi entregue a uma interprete perfeita. Carminho vive um momento de esplendor de sua voz e da revalorização do fado. O CD está lindo e essa composição só veio a torná-lo ainda melhor! Taí uma cantora que o Brasil precisa conhecer melhor!

lurian disse...

Em tempo, Mauro, para quem quiser ver Carminho cantando a música no apartamento de Caetano Veloso (não é o mesmo arranjo do disco):
http://www.youtube.com/watch?v=g1qjPJPZ_6Y

Luca disse...

Gostei da música também, pelo visto o filho do Caetano é bom mesmo