Mauro Ferreira no G1

Aviso aos navegantes: desde 6 de julho de 2016, o jornalista Mauro Ferreira atualiza diariamente uma coluna sobre o mercado fonográfico brasileiro no portal G1. Clique aqui para acessar a coluna. O endereço é http://g1.globo.com/musica/blog/mauro-ferreira/


domingo, 18 de janeiro de 2015

Já na rede, 'Cavalo' refaz conexão de Marcia Castro com Salvador Bahia

Dias após lançar single com gravação inédita do reggae Malandrinha (Edson Gomes, 1988), produzida por Kassin, Marcia Castro joga na rede mais uma música do EP que gravou para este verão de 2015. Já em rotação no YouTube, a gravação de Cavalo celebra a música afro-baiana com pegada festiva que se desvia dos clichês rítmicos da já trintona axé music. Dançante, Cavalo é composição assinada por Castro em parceria com Luciano Salvador Bahia, autor de Queda e de Vergonha, músicas já gravadas pela cantora baiana em seus álbuns Pecadinho (Independente, 2007) e De pés no chão (Deck, 2012), respectivamente. A gravação de Cavalo foi feita no estúdio Parede e Meia, em São Paulo (SP), com produção musical do guitarrista Rovilson Pascoal e do próprio compositor Luciano Salvador Bahia. Victor Rice mixou o fonograma, masterizado por Felipe Tichauer. Assim como a sedutora abordagem do reggae Malandrinha, a boa gravação de Cavalo devolve vida ao canto de Marcia Castro, esmaecido no terceiro álbum da artista, Das coisas que surgem (Sony Music, 2014), produzido por Gui Amabis. EP será editado apenas em formato digital.

7 comentários:

Mauro Ferreira disse...

♪ Dias após lançar single com gravação inédita do reggae Malandrinha (Edson Gomes, 1988), produzida por Kassin, Marcia Castro joga na rede mais uma música do EP que gravou para este verão de 2015. Já em rotação no YouTube, a gravação de Cavalo celebra a música afro-baiana com pegada festiva que se desvia dos clichês rítmicos da já trintona axé music. Dançante, Cavalo é composição assinada por Castro em parceria com Luciano Salvador Bahia, autor de Queda e de Vergonha, músicas já gravadas pela cantora baiana em seus álbuns Pecadinho (Independente, 2007) e De pés no chão (Deck, 2012), respectivamente. A gravação de Cavalo foi feita no estúdio Parede e Meia, em São Paulo (SP), com produção musical do guitarrista Rovilson Pascoal e do próprio compositor Luciano Salvador Bahia. Victor Rice mixou o fonograma, masterizado por Felipe Tichauer. Assim como a sedutora abordagem do reggae Malandrinha, a boa gravação de Cavalo devolve vida ao canto de Marcia Castro, esmaecido no terceiro álbum da artista, Das coisas que surgem (Sony Music, 2014), produzido por Gui Amabis. EP será editado apenas em formato digital.

BIGODE disse...

Bom que ela voltou prá essa coisa mais regional, que combina bem com ela, e ela sabe fazer muito bem.....essa musica é ótima e lembra Bagaceira do Siba....Gosto muito dessa cantora, estava achando ela meio perdida no ultimo album, uma coisa meio rock/indie, mas pouco autentica...

[rafael ribeiro] disse...

...realmente, confesso que senti falta da Marcia Castro do primeiro cd, quanfo se fala noa ultimos dois albuns,lançados por ela, mas o de Pés no Chao, ainda realmente soou melhor do que o Das Coisas que Surgem, talvez ficando provado ate mesmo pelo fato de q poucos meses apos o lançamento do mesmo, novas gravaçoes surgirem, sugerindo talvez que esqueçamos do entao recem lançamento, mas mesmo assiim, é uma cantora com bala na agulha e que vale a pena conhecer!

Rubens Lisboa disse...

Essa garota vai longe!

Luca disse...

pelo visto nem ela acredita mais no Das coisas que surgem.

Rafael M. disse...

Pena saber que o EP sairá somente em formato digital.

Ariana Saso disse...

Amo todos os albuns, é de se ouvir todos os dias sem cansar. E se tratando de Marcia Castro... ela é luz! Tem uma energia ímpar, e uma presença (nossa senhora) sem comentários (já comentando).