Mauro Ferreira no G1

Aviso aos navegantes: desde 6 de julho de 2016, o jornalista Mauro Ferreira atualiza diariamente uma coluna sobre o mercado fonográfico brasileiro no portal G1. Clique aqui para acessar a coluna. O endereço é http://g1.globo.com/musica/blog/mauro-ferreira/


sábado, 10 de janeiro de 2015

Aydar finaliza seu quarto álbum, produzido por Duani com músicas de Nuno

A IMAGEM DO SOM - Postada na página de Mariana Aydar no Facebook, a foto mostra a cantora paulista em estúdio de São Paulo (SP), em dezembro de 2014, na colocação das vozes de seu quarto álbum. Produzido por Duani Martins, o disco - sucessor do excelente Cavaleiro selvagem aqui te sigo (Universal Music, 2011) - tem repertório centrado na obra do compositor e artista plástico paulista Nuno Ramos e vai ser lançado neste primeiro semestre de 2015. Clique aqui para reler a resenha do show que originou o quarto título da boa discografia de Mariana Aydar e aqui para conhecer o roteiro do show.

4 comentários:

Mauro Ferreira disse...

♪ A IMAGEM DO SOM - Postada na página de Mariana Aydar no Facebook, a foto mostra a cantora paulista em estúdio de São Paulo (SP), em dezembro de 2014, na colocação das vozes de seu quarto álbum. Produzido por Duani Martins, o disco - sucessor do excelente Cavaleiro selvagem aqui te sigo (Universal Music, 2011) - tem repertório centrado na obra do compositor e artista plástico paulista Nuno Ramos e vai ser lançado neste primeiro semestre de 2015. Clique aqui para reler a resenha do show que deu origem ao quarto título da discografia de Mariana Aydar.

Luca disse...

não é isso tudo que o Mauro diz não

Val Js disse...

Quando vi pela primeira vez o cd de estréia da Mariana Aydar, achei que tratava-se de uma cantora adolescente: aquela foto da capa com cara de menininha (que depois foi substituída na reedição), me confundiu.
Ao ouvir, fiquei impressionado com a segurança vocal, o timbre marcante, a qualidade do repertório e dos arranjos.
Até hoje ainda acho impressionante a gravação de Vento no Canavial do João Donato, na minha opinião a mais bela gravação desta canção, assim como da surpreendente Zé do Caroço e Minha Missão. Por outro lado não gostei da mudança de ritmo de samba de Maior e Deus para forró.
Aí, assisti o show e percebi ao vivo, uma cantora de afinação oscilante.
Depois ela resolveu se expressar como compositora e então, para mim, a coisa desandou.
Não gosto dos outros cds; nesse Cavaleiro selvagem aqui te sigo (que título é esse?), me decepcionei com o arranjo de Galope Rasante e quando ouvi Vai vadear, ai eu desisti. Ela conseguiu acabar com toda a graça que havia na música, transformando uma delícia de samba numa caricatura forçada de bolero. Pra mim, já deu.

Jeferson Garcia disse...

Gosto é gosto não é?
Pra mim, "Cavaleiro Selvagem" foi o melhor disco de 2011. Fiquei impactado vários meses com aquela sonoridade.
Cada nota, cada letra e cada arranjo no seu devido lugar. Capa e encarte impecáveis.
E assim se vão quase 4 anos de espera pelo novo trabalho.
Na ansiedade, desde já!