Mauro Ferreira no G1

Aviso aos navegantes: desde 6 de julho de 2016, o jornalista Mauro Ferreira atualiza diariamente uma coluna sobre o mercado fonográfico brasileiro no portal G1. Clique aqui para acessar a coluna. O endereço é http://g1.globo.com/musica/blog/mauro-ferreira/


domingo, 3 de maio de 2015

Rafael Barros Castro canta a primavera do Rio antigo em CD que inclui Elba

À frente da Orquestra de Solistas do Rio de Janeiro (OSRJ) desde 2005, o cantor, compositor e arranjador fluminense Rafael Barros Castro lança seu primeiro álbum solo aos 40 anos. Aberto pelo samba Primavera no Rio, destaque do repertório formado por 11 músicas de autoria do artista, o disco alinha participações de Danilo Caymmi, Elba Ramalho e Wilson das Neves. Danilo é o convidado do ijexá Estrela menina. A cantora dá voz ao xote Só me fez bem. Já Das Neves é a novidade do cardápio do samba-canção Café Lamas, flash do Rio antigo cantado por Castro à sua moda neste disco gravado entre 2013 e 2014 sob a direção musical do próprio cantor, dono de voz de fraseado agradável. Natural de Petrópolis (RJ), Castro assina sozinho nove das 11 músicas do CD recém-editado de forma independente. As exceções são dois sambas assinados com o compositor carioca Rody da Mangueira, Apelo à madrugada  - ouvido no CD com adesão de Rody - e Pra gente cantar

2 comentários:

Mauro Ferreira disse...

♪ À frente da Orquestra de Solistas do Rio de Janeiro (OSRJ) desde 2005, o cantor, compositor e arranjador fluminense Rafael Barros Castro lança seu primeiro álbum solo aos 40 anos. Aberto pelo samba Primavera no Rio, destaque do repertório formado por 11 músicas de autoria do artista, o disco alinha participações de Danilo Caymmi, Elba Ramalho e Wilson das Neves. Danilo é o convidado do ijexá Estrela menina. A cantora dá voz ao xote Só me fez bem. Já Das Neves é a novidade do cardápio do samba-canção Café Lamas, flash do Rio antigo cantado por Castro à sua moda neste disco gravado entre 2013 e 2014 sob a direção musical do próprio cantor, dono de voz de fraseado agradável. Natural de Petrópolis (RJ), Castro assina sozinho nove das 11 músicas do CD recém-editado de forma independente. As exceções são dois sambas assinados com o compositor carioca Rody da Mangueira, Apelo à madrugada - ouvido no CD com adesão de Rody - e Pra gente cantar.

Rafael M. disse...

O disco tem boas participações...