Mauro Ferreira no G1

Aviso aos navegantes: desde 6 de julho de 2016, o jornalista Mauro Ferreira atualiza diariamente uma coluna sobre o mercado fonográfico brasileiro no portal G1. Clique aqui para acessar a coluna. O endereço é http://g1.globo.com/musica/blog/mauro-ferreira/


sexta-feira, 22 de maio de 2015

Ainda no papel de crooner, Boaventura vai de Elvis a Roberto em 'Your song'

Já devidamente acomodado na personagem do crooner galã, papel assumido desde que engatou carreira fonográfica na gravadora Sony Music a partir de 2009 após anos de atuação em musicais de teatro, o ator e cantor baiano Daniel Boaventura acentua a aura romântica de seu repertório em seu segundo registro ao vivo de show. Sucesso na voz do cantor norte-americano Elvis Presley (1935 - 1977), a adocicada balada Love me tender  (Elvis Presley e Ken Darby, 1956) é um dos sucessos interpretados por Boaventura no repertório do show gravado em 6 de dezembro de 2014 - em apresentação no Teatro Bradesco do Rio de Janeiro (RJ) -  e eternizado no CD duplo e no DVD Your song - Ao vivo, recém-lançados pela Sony Music. As inclusões no roteiro de nada menos do que três músicas românticas do repertório de Roberto Carlos - Como é grande o meu amor por você (Roberto Carlos, 1967), Como vai você? (Antonio Marcos e Mário Marcos, 1972) e Olha (Roberto Carlos e Erasmo Carlos, 1975) - reiteram a ênfase nesse viés sentimental. Ao longo dos 25 números do show, Boaventura recebe os cantores Carlos Rivera, Filippa Giordano e Kiara Sasso para duetos em standards estrangeiros. Com o mexicano Rivera, o dueto acontece em Perhaps, perhaps, perhaps, versão em inglês (de Joe Davis) da canção cubana Quizás, quizás, quizás (Osvaldo Farrés, 1947). Já a italiana Giordano entra em cena em Come fly with me (Sammy Cahn e James Van Heusen, 1957) e permanece no palco para um segundo dueto com Boaventura em Smile (Charles Chaplin, 1936, com letra de John Turner e Geoffrey Parsons, 1954), composição erroneamente creditada na ficha técnica a Pete Murray, compositor australiano autor de canção homônima. Já a carioca Kiara Sasso participa de Time stand still, balada da compositora norte-americana Diane Warren lançada por Boaventura em seu último disco de estúdio, One more kiss (Sony Music, 2014).

6 comentários:

Mauro Ferreira disse...

♪ Já devidamente acomodado na personagem do crooner galã, papel assumido desde que engatou carreira fonográfica na gravadora Sony Music a partir de 2009 após anos de atuação em musicais de teatro, o ator e cantor baiano Daniel Boaventura acentua a aura romântica de seu repertório em seu segundo registro ao vivo de show. Sucesso na voz do cantor norte-americano Elvis Presley (1935 - 1977), a adocicada balada Love me tender (Elvis Presley e Ken Darby, 1956) é um dos sucessos interpretados por Boaventura no repertório do show gravado em 6 de dezembro de 2014 - em apresentação no Teatro Bradesco do Rio de Janeiro (RJ) - e eternizado no CD duplo e no DVD Your song - Ao vivo, recém-lançados pela Sony Music. As inclusões no roteiro de nada menos do que três músicas românticas do repertório de Roberto Carlos - Como é grande o meu amor por você (Roberto Carlos, 1967), Como vai você? (Antonio Marcos e Mário Marcos, 1972) e Olha (Roberto Carlos e Erasmo Carlos, 1975) - reiteram a ênfase nesse viés sentimental. Ao longo dos 25 números do show, Boaventura recebe os cantores Carlos Rivera, Filippa Giordano e Kiara Sasso para duetos em standards estrangeiros. Com o mexicano Rivera, o dueto acontece em Perhaps, perhaps, perhaps, versão em inglês (de Joe Davis) da canção cubana Quizás, quizás, quizás (Osvaldo Farrés, 1947). Já a italiana Giordano entra em cena em Come fly with me (Sammy Cahn e James Van Heusen, 1957) e permanece no palco para um segundo dueto com Boaventura em Smile (Charles Chaplin, 1936, com letra de John Turner e Geoffrey Parsons, 1954), composição erroneamente creditada na ficha técnica a Pete Murray, compositor australiano autor de canção homônima. Já a carioca Kiara Sasso participa de Time stand still, balada da compositora norte-americana Diane Warren lançada por Boaventura em seu último disco de estúdio, One more kiss (Sony Music, 2014).

Rafael M. disse...

Trabalho primoroso do Daniel, que é melhor cantor do que ator. Cada faixa é um deleite para a alma...

italo vinicius disse...

Boa tarde Mauro acabo de ouvir no YouTube nova musica d'Os Mutantes " esses Ojós verdes " primeiro single do disco.que eles vão lançar este ano

Mauro Ferreira disse...

Grato pelo toque, Italo. abs

italo vinicius disse...

Valeoo abç

Mauro Silva disse...

Ele é muito ruim, muito forçado, copia na cara larga o Michael Bublé. Vive de canções dos outros, não tem estilo próprio, só pega os clássicos para regravar...vive na zona de conforto. Parece um manequim 'duro e seco' de loja de roupa, que só sabe vestir as 'vestes' dos outros :(