Mauro Ferreira no G1

Aviso aos navegantes: desde 6 de julho de 2016, o jornalista Mauro Ferreira atualiza diariamente uma coluna sobre o mercado fonográfico brasileiro no portal G1. Clique aqui para acessar a coluna. O endereço é http://g1.globo.com/musica/blog/mauro-ferreira/


sexta-feira, 6 de março de 2015

Gulin reabre 'Livros' em show em que cantou com Ana Carolina e Macalé

A IMAGEM DO SOM - As fotos de Rodrigo Goffredo flagram a cantora e compositora curitibana Thaís Gulin no palco do Theatro Net Rio, em 3 de março de 2015, na sua volta aos palcos cariocas em show que teve intervenções de Ana Carolina e Jards Macalé. Com Ana, a anfitriã cantou Quem de nós dois (La mia storia tra le dita) (Gianluca Grignani e Massimo Luca, 1994, em versão em português de Ana Carolina e Dudu Falcão, 2001) e Quantas bocas (2009), única parceria de Gulin com Ana. Com Macalé, a cantora reviveu 78 rotações (Jards Macalé e José Carlos Capinam, 1972) - música que Gulin regravou em seu primeiro álbum, Thaís Gulin (Rob Digital, 2006) - e Hotel das estrelas (Jards Macalé e Duda, 1971). No roteiro, Gulin também reabriu Livros (Caetano Veloso, 1997) e deu voz a Walk on the wild side (1972), um dos clássicos do poético cancioneiro underground do cantor e compositor norte-americano Lou Reed (1942 - 2013).

6 comentários:

Mauro Ferreira disse...

♪ A IMAGEM DO SOM - As fotos de Rodrigo Goffredo flagram a cantora e compositora curitibana Thaís Gulin no palco do Theatro Net Rio, em 3 de março de 2015, na sua volta aos palcos cariocas em show que teve intervenções de Ana Carolina e Jards Macalé. Com Ana, a anfitriã cantou Quem de nós dois (La mia storia tra le dita) (Gianluca Grignani e Massimo Luca, 1994, em versão em português de Ana Carolina e Dudu Falcão, 2001) e Quantas bocas (2009), única parceria de Gulin com Ana. Com Macalé, a cantora reviveu 78 rotações (Jards Macalé e José Carlos Capinam, 1972) - música que Gulin regravou em seu primeiro álbum, Thaís Gulin (Rob Digital, 2006) - e Hotel das estrelas (Jards Macalé e Duda, 1971). No roteiro, Gulin também reabriu Livros (Caetano Veloso, 1997) e deu voz a Walk on the wild side (1972), um dos clássicos do poético cancioneiro underground do cantor e compositor norte-americano Lou Reed (1942 - 2013).

Rafael M. disse...

A Gulin tá precisando de lançar urgentemente um novo disco.

Unknown disse...

Eu não conhecia essa música "quantas bocas". Eu adorei

Marcelo disse...

E viva Chico Buarque...;)

Rhenan Rodrigo disse...

Que comentário machista, Marcelo... Pelo amor...

"Quantas bocas" é realmente sob medida para a voz da Gulin. Adoro a canção.

Mauro,
"Coração Selvagem", o primeiro single de "#AC ao vivo" foi lançada pela FM O Dia na internet, ontem, e hoje estreia da JB FM. A versão é de estúdio (sei lá por que...). "Esperta" estará na trilha da próxima novela das 21h da Globo.

Rhenan Rodrigo disse...

Ops! Diário FM*