Mauro Ferreira no G1

Aviso aos navegantes: desde 6 de julho de 2016, o jornalista Mauro Ferreira atualiza diariamente uma coluna sobre o mercado fonográfico brasileiro no portal G1. Clique aqui para acessar a coluna. O endereço é http://g1.globo.com/musica/blog/mauro-ferreira/


segunda-feira, 9 de março de 2015

Padre Fábio regrava Milton e Lenine em disco no qual canta com Elba e Nana

Padre Fábio de Melo canta duas músicas compostas por Milton Nascimento com Fernando Brant nos anos 1980 - Para eu parar de me doer (1984) e O vendedor de sonhos (1987), lançadas nas vozes de Maria Bethânia e do próprio Milton, respectivamente - no álbum Deus no esconderijo do verso, nas lojas neste mês de março de 2015. Outras regravações são Paciência (1999) - balada de autoria de Lenine e Dudu Falcão - e Estrela luminosa (1996), de Altay Veloso. Em que pesem as quatro regravações, o disco Deus no esconderijo do verso tem repertório majoritariamente autoral. Padre Fábio de Melo assina dez das 14 músicas em estilo próximo da MPB. Nas lojas em edição da gravadora Sony Music, o CD tem as participações de cantoras como Alcione, Elba Ramalho, Fafá de Belém, Nana Caymmi e Ninah Jo. Todas cantam músicas da lavra do padre cantor e compositor. Nana - com Elba e com o padre na foto tirada em estúdio e postada por Fábio no Twitter - figura na música-título Deus no esconderijo do verso. Elba dá voz a Oculto e revelado. Intérprete original de Estrela luminosa, Alcione canta Sobre ganhar e perder. Já Fafá de Belém é a convidada de O tempo não espera ninguém enquanto Ninah Jo é ouvida na música Nós num mundo só. Fagner e Zeca Pagodinho completam o estelar time de convidados do disco produzido por José Milton. Fagner participa de Perfeita contradição. Já Zeca Pagodinho se faz ouvir em Amigo onde Deus é. As músicas são inéditas.

3 comentários:

Mauro Ferreira disse...

♪ Padre Fábio de Melo canta duas músicas compostas por Milton Nascimento com Fernando Brant nos anos 1980 - Para eu parar de me doer (1984) e O vendedor de sonhos (1987), lançadas nas vozes de Maria Bethânia e do próprio Milton, respectivamente - em seu álbum Deus no esconderijo do verso. Outras regravações são Paciência (1999) - balada de autoria de Lenine e Dudu Falcão - e Estrela luminosa (1996), de Altay Veloso. Em que pesem as quatro regravações, o disco Deus no esconderijo do verso tem repertório majoritariamente autoral. Padre Fábio de Melo assina dez das 14 músicas. Nas lojas neste mês de março de 2015, em edição da gravadora Sony Music, o CD tem as participações de cantoras como Alcione, Elba Ramalho, Fafá de Belém, Nana Caymmi e Ninah Jo. Todas cantam músicas da lavra de Fábio. Nana - com Elba e com o padre na foto tirada em estúdio e postada por Fábio no twitter - figura na música-título Deus no esconderijo do verso. Elba dá voz a Oculto e revelado. Intérprete original de Estrela luminosa, Alcione canta Sobre ganhar e perder. Já Fafá de Belém é a convidada de O tempo não espera ninguém enquanto Ninah Jo é ouvida na música Nós num mundo só. Fagner e Zeca Pagodinho completam o estelar time de convidados do disco produzido por José Milton. Fagner participa de Perfeita contradição. Já Zeca Pagodinho se faz ouvir em Amigo onde Deus é. Músicas são inéditas.

Rafael M. disse...

Disco cheio de estrelas da MPB... Agora fiquei curioso para ouvir isto...

Douglas Carvalho disse...

Esse padre é um bom motivo pra ir a missa diariamente..