Mauro Ferreira no G1

Aviso aos navegantes: desde 6 de julho de 2016, o jornalista Mauro Ferreira atualiza diariamente uma coluna sobre o mercado fonográfico brasileiro no portal G1. Clique aqui para acessar a coluna. O endereço é http://g1.globo.com/musica/blog/mauro-ferreira/


segunda-feira, 9 de março de 2015

Musical sobre Charlie Brown estreia com discórdia na família de Chorão

Com estreia programada em São Paulo (SP) para a próxima sexta-feira,13 de março de 2015, o musical sobre o grupo paulista Charlie Brown Jr. (1992 - 2013), Dias de luta, dias de glória - Charlie Brown Jr. - O musical, já provoca discórdia entre familiares do mentor do grupo - Alexandre Magno Abrão (1970 - 2013), o Chorão - antes mesmo de entrar em cena. Filho de Chorão, Alexandre Abrão deu aval para o espetáculo escrito por Well Rianc e dirigido por Bruno Sorrentino e Luiz Sorrentino. Um vídeo contra o musical e contra o envolvimento de Alexandre no espetáculo - postado por Ricardo Abrão, irmão de Chorão, com o apoio da mãe do artista, Nilda Abrão - expôs em cena as desavenças entre os herdeiros de Chorão, que vai ser vivido no palco do Teatro Gamaro pelo ator Julio Cesar Hasse, o rapper paulistano conhecido pelo nome artístico de DZ6. A polêmica realimenta a aura controversa de um grupo que atingiu dimensões trágicas em 2013 com as mortes de Chorão e do músico paulista Luiz Carlos Leão Duarte Junior (1978 - 2013), o baixista conhecido como Champignon. A trama de Dias de luta, dias de glória vai ser contada sob a ótica de Chorão. Nada menos do que 25 atores e 10 músicos vão ocupar um palco que vai reproduzir uma pista de skate para evocar o universo da banda de Santos (SP) que tocou rap, rock e reggae com a linguagem e os códigos do hardcore, falando a língua da juventude sem voz de sua época. O espetáculo foi batizado com o nome da música de caráter biográfico lançada pelo Charlie Brown Jr. no álbum Imunidade musical (EMI Music, 2005). O musical fica em cartaz até 12 de julho, em temporada que vai esquentar (ainda mais) os ânimos dos herdeiros de Chorão.

4 comentários:

Mauro Ferreira disse...

♪ Com estreia programada em São Paulo (SP) para a próxima sexta-feira,13 de março de 2015, o musical sobre o grupo paulista Charlie Brown Jr. (1992 - 2013), Dias de luta, dias de glória - Charlie Brown Jr. - O musical, já provoca discórdia entre familiares do mentor do grupo - Alexandre Magno Abrão (1970 - 2013), o Chorão - antes mesmo de entrar em cena. Filho de Chorão, Alexandre Abrão avalizou o espetáculo escrito por Well Rianc e dirigido por Bruno Sorrentino e Luiz Sorrentino. Um vídeo contra o musical e contra o envolvimento de Alexandre no espetáculo - postado por Ricardo Abrão, irmão de Chorão, com o aval da mãe do artista, Nilda Abrão - expôs em cena as desavenças entre os herdeiros de Chorão, que vai ser vivido no palco do Teatro Gamaro pelo ator Julio Cesar Hasse, o rapper paulistano conhecido pelo nome artístico de DZ6. A polêmica realimenta a aura controversa de um grupo que atingiu dimensões trágicas em 2013 com as mortes de Chorão e do músico paulista Luiz Carlos Leão Duarte Junior (1978 - 2013), o baixista conhecido como Champignon. A trama de Dias de luta, dias de glória vai ser contada sob a ótica de Chorão. Nada menos do que 25 atores e 10 músicos vão ocupar um palco que vai reproduzir uma pista de skate para evocar o universo da banda de Santos (SP) que tocou rap, rock e reggae com a linguagem e os códigos do hardcore, falando a língua da juventude sem voz de sua época. O espetáculo foi batizado com o nome da música de caráter biográfico lançada pelo Charlie Brown Jr. no álbum Imunidade musical (EMI Music, 2005). O musical fica em cartaz até 12 de julho, em temporada que vai esquentar (ainda mais) os ânimos dos herdeiros de Chorão.

Rafael M. disse...

Para quê tanto barulho por nada?

Rafael M. disse...

Essa banda nem era lá grandes coisas...

ADEMAR AMANCIO disse...

O ser humano continua pequeno.