Mauro Ferreira no G1

Aviso aos navegantes: desde 6 de julho de 2016, o jornalista Mauro Ferreira atualiza diariamente uma coluna sobre o mercado fonográfico brasileiro no portal G1. Clique aqui para acessar a coluna. O endereço é http://g1.globo.com/musica/blog/mauro-ferreira/


quinta-feira, 14 de agosto de 2014

Eis a capa e as 14 músicas de 'Bossa negra', o disco de Diogo com Hamilton

Esta é a expressiva capa de Bossa negra, o álbum gravado pelo cantor e compositor carioca Diogo Nogueira com o bandolinista e compositor carioca Hamilton de Holanda com inspiração nos afro-sambas de Baden Powel (1937 - 2000) e Vinicius de Moraes (1913 - 1980). Idealizado pela dupla com o empresário Afonso Carvalho e com Marcos Portinari, parceiro de Diogo e Hamilton em algumas das músicas inéditas do repertório, o disco Bossa negra chega às lojas a partir de 19 de agosto de 2014 em edição da Universal Music. Gravado e mixado de janeiro a junho, o CD se origina de show feito por Diogo com Hamilton em Miami (EUA) em 2009. O repertório mistura sete inéditas autorais com abordagens de músicas já conhecidas como Risque (Ary Barroso, 1952). Eis as 14 músicas alocadas nas 13 faixas do disco, gravado sob a direção musical de Hamilton de Holanda:

1. Bossa negra (Hamilton de Holanda, Marcos Portinari e Diogo Nogueira, 2014)
2. Tá (Hamilton de Holanda e Thiago da Serrinha, 2014)
3. Desde que o samba é samba (Caetano Veloso, 1993)
4. Bicho da terra (Diogo Nogueira, Bruno Barreto, Wallace Perez e Hamilton de Holanda, 2014)
5. Brasil de hoje (Hamilton de Holanda, Arlindo Cruz, Marcos Portinari e Diogo Nogueira, 2014)
6. Salamandra (João Nogueira e Paulo César Pinheiro, 2014)
7. O que é o amor (Arlindo Cruz , Maurição e Fred Camacho, 2007)
8. Mais um dia (Hamilton de Holanda, Marcos Portinari, Diogo Nogueira, André Vasconcellos e
Thiago da Serrinha, 2014)
9. Doce flor (Hamilton de Holanda, Marcos Portinari, Diogo Nogueira, André Vasconcellos e
Thiago da Serrinha, 2014)
10. Risque (Ary Barroso, 1952)

11. Mineira (João Nogueira e Paulo César Pinheiro, 1975) /
      Samba de Arerê (Arlindo Cruz, Xande de Pilares e Mauro Jr., 1999)

12. Mundo melhor (Pixinguinha e Vinícius de Moraes, 1962)
13. Até a volta (Hamilton de Holanda, Marcos Portinari e Diogo Nogueira, 2014)

8 comentários:

Mauro Ferreira disse...

♪ Esta é a expressiva capa de Bossa negra, o álbum gravado pelo cantor e compositor carioca Diogo Nogueira com o bandolinista e compositor carioca Hamilton de Holanda com inspiração nos afro-sambas de Baden Powel (1937 - 2000) e Vinicius de Moraes (1913 - 1980). Idealizado pela dupla com o empresário Afonso Carvalho e com Marcos Portinari, parceiro de Diogo e Hamilton em algumas das músicas inéditas do repertório, o disco Bossa negra chega às lojas a partir de 19 de agosto de 2014 em edição da Universal Music. Gravado e mixado de janeiro a junho, o CD se origina de show feito por Diogo com Hamilton em Miami (EUA) em 2009. O repertório entrelaça sete inéditas autorais com abordagens de músicas já conhecidas. Eis as 14 músicas alocadas nas 13 faixas do disco gravado sob a direção musical de Hamilton de Holanda:

1. Bossa negra (Hamilton de Holanda, Marcos Portinari e Diogo Nogueira, 2014)
2. Tá (Hamilton de Holanda e Thiago da Serrinha, 2014)
3. Desde que o samba é samba (Caetano Veloso, 1992)
4. Bicho da terra (Diogo Nogueira, Bruno Barreto, Wallace Perez e Hamilton de Holanda, 2014)
5. Brasil de hoje (Hamilton de Holanda, Arlindo Cruz, Marcos Portinari e Diogo Nogueira, 2014)
6. Salamandra (João Nogueira e Paulo César Pinheiro, 2014)
7. O que é o amor (Arlindo Cruz , Maurição e Fred Camacho, 2007)
8. Mais um dia (Hamilton de Holanda, Marcos Portinari, Diogo Nogueira, André Vasconcellos e Thiago da Serrinha, 2014)
9. Doce flor (Hamilton de Holanda, Marcos Portinari, Diogo Nogueira, André Vasconcellos e Thiago da Serrinha, 2014)
10. Risque (Ary Barroso, 1952)
11. Mineira (João Nogueira e Paulo César Pinheiro, 1975) / Samba de Arerê (Arlindo Cruz, Xande de Pilares e Mauro Jr., 1999)
12. Mundo melhor (Pixinguinha e Vinícius de Moraes, 1962)
13. Até a volta (Hamilton de Holanda, Marcos Portinari e Diogo Nogueira, 2014)

noca disse...

Bela noticia,belo encontro,bela capa!

maroca disse...

Augusto Flávio (Petrolina-Pe/Juazeiro-Ba)

Mauro sempre que alguém regrava "Desde que o samba é samba" você insiste em citar como de 1992 e não é - ela é de 1993 do disco Tropicália 2.

Abs!

Marcelo Barbosa disse...

Adorei a capa e a escolha do repertório! Parece ser um discaço! Acabei de ver no itunes! Mauro, tem notícias do Ao vivo no Parque Madureira? Estava previsto para agosto! Abs e agradeço caso possa apurar.

Marcelo Barbosa disse...

Esqueci de comentar: esse disco salvará o último e péssimo disco do Diogo com sambregas duvidosos.

Clayton Moreira disse...

Bem sacado! Inéditas misturadas com versões de clássicos... Deve vir coisa boa por aí!

Mauro Ferreira disse...

Tem razão, Augusto. Grato por mais esse toque. Abs, Mauro Ferreira

Galex disse...

Pela primeira vez vou sentir vontade de comprar um CD do Diogo Nogueira.
Fiquei muito curioso pra conhecer "Salamandra", da antológica dupla Nogueira & Pinheiro. Por acaso já tinha sido gravada?
Por fim, não entendi porque, na faixa 11, juntou-se dois sambas que não têm nada a ver um com outro: "Mineira" (homenagem à Clara Nunes) e "Samba do Arerê".