Mauro Ferreira no G1

Aviso aos navegantes: desde 6 de julho de 2016, o jornalista Mauro Ferreira atualiza diariamente uma coluna sobre o mercado fonográfico brasileiro no portal G1. Clique aqui para acessar a coluna. O endereço é http://g1.globo.com/musica/blog/mauro-ferreira/


sexta-feira, 29 de agosto de 2014

'Arte na capa' expõe fatos e curiosidades sobre as embalagens de 26 discos

Série assinada por João Felipe Freitas que vai ser apresentada ao longo da programação do Canal Brasil a partir de 1º de setembro de 2014, sem horário fixo, Arte na capa vai expor na tela da TV fatos e curiosidades sobre o design e a embalagens de 26 títulos da discografia brasileira. Primeiro álbum de Luiz Melodia (Philips, 1973), Pérola negra é assunto de um dos 26 episódios. Como sinaliza a foto de Juliana Torres, o próprio cantor e compositor carioca detalha a gênese da emblemática capa do LP. Melodia conta que a foto da capa - na qual o artista aparece em banheira, segurando um globo terrestre - foi feita em ferro velho situado no bairro carioca de Copacabana. Os grãos de feijão que circundam a capa foi ideia do próprio Melodia, que queria representar na capa do disco a fome que assola o Brasil. Já a contracapa de Pérola negra expõe mosaico de fotos em que aparecem amigos de infância do cantor, criados no Morro de São Carlos, no Estácio, na cidade do Rio de Janeiro (RJ), lugar que inspirou o álbum que impulsionou a carreira do artista carioca no mercado fonográfico há 42 anos.

2 comentários:

Mauro Ferreira disse...

♪ Série assinada por João Felipe Freitas que vai ser apresentada ao longo da programação do Canal Brasil a partir de 1º de setembro de 2014, sem horário fixo, Arte na capa vai expor na tela da TV fatos e curiosidades sobre o design e a embalagens de 26 títulos da discografia brasileira. Primeiro álbum de Luiz Melodia (Philips, 1973), Pérola negra é assunto de um dos 26 episódios. Como sinaliza a foto de Juliana Torres, o próprio cantor e compositor carioca detalha a gênese da emblemática capa do LP. Melodia conta que a foto da capa - na qual o artista aparece em banheira, segurando um globo terrestre - foi feita em ferro velho situado no bairro carioca de Copacabana. Os grãos de feijão que circundam a capa foi ideia do próprio Melodia, que queria representar na capa do disco a fome que assola o Brasil. Já a contracapa de Pérola negra expõe mosaico de fotos em que aparecem amigos de infância do cantor, criados no Morro de São Carlos, no Estácio, no Rio de Janeiro (RJ), lugar que inspirou o álbum.

flavio henrique disse...

Nossa Demais essa idéia