Mauro Ferreira no G1

Aviso aos navegantes: desde 6 de julho de 2016, o jornalista Mauro Ferreira atualiza diariamente uma coluna sobre o mercado fonográfico brasileiro no portal G1. Clique aqui para acessar a coluna. O endereço é http://g1.globo.com/musica/blog/mauro-ferreira/


sexta-feira, 22 de agosto de 2014

Voz fundamental do Quarteto em Cy, Cybele sai de cena no Rio aos 74 anos

Em seus 50 anos de vida artística, iniciada de forma profissional com show feito em 30 de junho de 1964 no Bottle's Bar no Rio de Janeiro (RJ), o Quarteto em Cy teve várias formações e, a rigor, sua origem remete a 1959, quando o grupo vocal ainda se chamava As Baianinhas. Mesmo que não tenha estado em todas essas formações, já que saiu do grupo em 1967 para formar dupla com a irmã Cynara e somente se reintegrou ao quarteto anos depois, em 1980, a cantora baiana Cybele Ribeiro de Sá Leite Freire (3 de maio de 1940 - 21 de agosto de 2014) foi uma das vozes fundamentais desse grupo vocal entranhado na história da MPB nascida e projetada na era dos  festivais dos anos 1960. Por isso mesmo, a notícia da saída definitiva de cena de Cybele - ontem, na cidade do Rio de Janeiro (RJ), aos 74 anos, por conta de isquemia pulmonar decorrente de pneumonia - entristece o meio musical brasileiro. Cybele, que tinha deixado o Quarteto em Cy em 2013 por decisão particular, fez parte da formação original do grupo com suas irmãs Cynara, Cyva e Cylene, nascidas em Ibirataia (BA) no interior da Bahia. Cybele - a terceira da esquerda para a direita na foto que ilustra este post - viveu momentos emblemáticos da música brasileira como a defesa de Sabiá (Antonio Carlos Jobim e Chico Buarque, 1968) - sob vaias injustas - em festival da canção transmitido pela TV em 1968. Na ocasião, Cybele formava dupla com a irmã Cynara. Mas é como integrante do Quarteto em Cy que a sabiá Cybele possivelmente vai ser mais lembrada na história recente da música popular do Brasil - pelo longevo voo artístico alçado com as irmãs em Cy.

6 comentários:

Mauro Ferreira disse...

♪ Em seus 50 anos de vida artística, iniciada de forma profissional com show feito em 30 de junho de 1964 no Bottle's Bar no Rio de Janeiro (RJ), o Quarteto em Cy teve várias formações e, a rigor, sua origem remete a 1959, quando o grupo vocal ainda se chamava As Baianinhas. Mesmo que não tenha estado em todas essas formações, já que saiu do grupo em 1967 para formar dupla com a irmã Cynara e somente se reintegrou ao quarteto anos depois, em 1980, a cantora baiana Cybele Ribeiro de Sá Leite Freire (3 de maio de 1940 - 21 de junho de 2014) foi uma das vozes fundamentais desse grupo vocal entranhado na história da MPB nascida e projetada na era dos festivais dos anos 1960. Por isso mesmo, a notícia da saída definitiva de cena de Cybele - ontem, no Rio de Janeiro (RJ), aos 74 anos, por conta de isquemia pulmonar decorrente de pneumonia - entristece o meio musical brasileiro. Cybele, que tinha deixado o Quarteto em Cy em 2013, fez parte da formação original do grupo com suas irmãs Cynara, Cyva e Cylene, nascidas em Ibirataia (BA) no interior da Bahia. Cybele - a terceira da esquerda para a direita na foto que ilustra este post - viveu momentos emblemáticos da música brasileira como a defesa de Sabiá (Antonio Carlos Jobim e Chico Buarque, 1968) - sob vaias injustas - em festival da canção produzido em 1968. Na ocasião, Cybele formava dupla com a irmã Cynara. Mas é como integrante do Quarteto em Cy que a sabiá Cybele possivelmente vai ser mais lembrada na história da música popular do Brasil pelos voo alçado com as irmãs em Cy.

Mauro Silva disse...

Linda Voz, Lindo Grupo...muita Paz, Luz e Amor á Cybele, sua estrela ficou nas canções que alimentam nossa alma, Muito Obrigado.

Marcelo Barbosa disse...

21 de agosto, Mauro. Julho não. Abs

Mauro Ferreira disse...

claro, Marcelo. Grato pelo toque. Abs, MauroF

lurian disse...

Que triste! Outro dia foi um dos membros do MPB4 e agora Cybele.

ADEMAR AMANCIO disse...

Grupo vocal em uníssono,com o personalismo e individualismo de hoje,se torna cada vez mais raro.