Mauro Ferreira no G1

Aviso aos navegantes: desde 6 de julho de 2016, o jornalista Mauro Ferreira atualiza diariamente uma coluna sobre o mercado fonográfico brasileiro no portal G1. Clique aqui para acessar a coluna. O endereço é http://g1.globo.com/musica/blog/mauro-ferreira/


sábado, 4 de junho de 2016

Marco Pereira toca a obra influente de Dilermando Reis no CD 'Dois destinos'

Em março deste ano de 2016, o violonista paulistano Marco Pereira entrou no estúdio da YB Music, na cidade de São Paulo (SP), para gravar 12 títulos do cancioneiro autoral de um dos mais influentes violonistas e compositores do Brasil, o paulista Dilermando Reis (1916 - 1977), músico ligado ao choro e à valsa. Retomada em maio, a gravação formatou o álbum Dois destinos - Marco Pereira toca Dilermando Reis, previsto para ser lançado pelo selo Borandá em julho. Em atividade da década de 1940 até os anos 1970, Dilermando Reis é o compositor de temas celebrados como o choro Magoado (1941) e a valsa Noite de estrelas (1946). O disco Dois destinos foi batizado por Marco Pereira com o nome da valsa lançada por Dilermando em 1948 em rara gravação de disco de 78 rotações por minuto.

4 comentários:

Mauro Ferreira disse...

♪ Em março deste ano de 2016, o violonista paulistano Marco Pereira entrou no estúdio da YB Music, na cidade de São Paulo (SP), para gravar títulos do cancioneiro autoral de um dos mais influentes violonistas e compositores do Brasil, o paulista Dilermando Reis (1916 - 1977), músico ligado ao choro e à valsa. A gravação gerou o álbum Dois destinos - Marco Pereira toca Dilermando Reis, previsto para ser lançado pelo selo Borandá neste mês de junho de 2016. Em atividade da década de 1940 até os anos 1970, Dilermando Reis é o compositor de temas como o choro Magoado (1941) e a valsa Noite de estrelas (1946). O disco Dois destinos foi batizado com o nome da valsa lançada por Dilermando em 1948, em gravação de disco de 78 rotações por minuto.

Clóvis Struchel disse...

Oi mario, sou compositor e poeya cariova. Temho canções con Lucina, luis capucho, etc. Edte é meu canal www.youtube.com/clovisstruchel sao em sua maioria gravações orgânicas, feitas no celular, pra mostrar a essência das composições outras duas são em estudio. Será una honra ter sua audição grato, clovis s

Luca disse...

não era esse violonista que tocava com Gal nos anos 90?

Val Js disse...

"Esse violonista", citado no comentário anterior, é simplesmente o melhor violonista em atividade no Brasil.
Tocou e fez arranjos memoráveis para o discos de Gal (Revolta Olodum, É D'Oxum, Cordas de Aço e Feitio de Oração, entre outras) e Zélia Duncan (Eu me transformo em outras e, no mais recente, Antes do mundo acabar).
Marco Pereira é genial!