Mauro Ferreira no G1

Aviso aos navegantes: desde 6 de julho de 2016, o jornalista Mauro Ferreira atualiza diariamente uma coluna sobre o mercado fonográfico brasileiro no portal G1. Clique aqui para acessar a coluna. O endereço é http://g1.globo.com/musica/blog/mauro-ferreira/


sexta-feira, 17 de junho de 2016

Gravação feita por Bethânia para novela 'Êta mundo bom!' é editada em single

Sem alarde, na véspera do 70º aniversário de Maria Bethânia, a gravadora Biscoito Fino lança hoje nas plataformas digitais single com a inédita gravação de Casinha branca (Gilson e Joran, 1979) feita pela cantora em estúdio, em novembro de 2015, para a trilha sonora da novela Êta mundo bom! (TV Globo, 2016). Composta em 1976 pelo cantor e compositor potiguar Gilson Vieira em parceria com Joran, e lançada em 1979 em gravação do próprio Gilson, Casinha branca ganha pela segunda vez registro na voz de Bethânia. A primeira foi no CD e DVD Maricotinha ao vivo, editados pela Biscoito Fimo em 2002 e em 2003, respectivamente, com a gravação ao vivo do show Maricotinha, estreado pela cantora baiana em 2001 com a tristonha canção de Gilson e Joran no roteiro. Feita com o toque ruralista da viola caipira de Paulo Dafilin e do violão de Pedro Franco, a segunda gravação de Casinha branca feita por Bethânia - já editada em CD pela gravadora Som Livre no segundo volume da trilha sonora da novela Êta mundo bom! - exibe, em dois minutos e 47 segundos, a dose exata de melancolia pedida pelos versos da canção. Ao habitar novamente Casinha branca, a cantora mostra que o sertão continua sendo o oásis de Bethânia em movimento já reforçado com outra (soberana) gravação feita pela artista para outra novela estreada na TV Globo neste ano de 2016. Música gravada pela cantora para a trilha sonora da novela Velho Chico e lançada em single em 3 de abril, Mortal loucura (José Miguel Wisnik a partir de versos do poeta baiano Gregório de Matos, 2005) provou que Maria Bethânia ainda avoa alto nos sertões do Brasil, com a voz sagrada, no ano em que festeja sete décadas de vida.

10 comentários:

Mauro Ferreira disse...

♪ Sem alarde, na véspera do 70º aniversário de Maria Bethânia, a gravadora Biscoito Fino lança nas plataformas digitais hoje, 17 de junho de 2016, single com a inédita gravação de Casinha branca (Gilson e Joran, 1979) feita em estúdio pela cantora baiana para a trilha sonora da novela Êta mundo bom!, exibida pela TV Globo às 18h com grande sucesso. Composta em 1976 pelo cantor e compositor potiguar Gilson Vieira em parceria com Joran, mas somente lançada em 1979 em gravação do próprio Gilson, Casinha branca ganha pela segunda vez um registro na voz de Bethânia. A primeira foi no CD e DVD Maricotinha ao vivo, editados pela Biscoito Fimo em 2002 e em 2003, respectivamente, com a gravação ao vivo do show Maricotinha, estreado pela cantora em 2001 com a tristonha canção de Gilson e Joran no roteiro. Feita com o toque ruralista da viola caipira, a segunda gravação de Casinha branca feita por Bethânia - já editada em CD pela gravadora Som Livre no segundo volume da trilha sonora da novela Êta mundo bom! - oferece, em dois minutos e 47 segundos, a dose exata de melancolia pedida pelos versos da canção. Ao habitar novamente Casinha branca, a cantora mostra que o sertão continua sendo o oásis de Bethânia em movimento reforçado com outra (soberana) gravação feita para outra novela exibida pela TV Globo neste ano de 2016. Música gravada por Bethânia para a trilha sonora da novela Velho Chico e lançada em single em 3 de abril, Mortal loucura (José Miguel Wisnik a partir de versos do poeta Gregório de Matos, 2005) provou que Maria Bethânia ainda avoa alto nos sertões do Brasil, com a voz sagrada, no ano em que festeja sete décadas de vida.

Fernando de Sá Leitão disse...

Bethânia canta para a eternidade. Como bem definiu Vinícius no idos de 1965 quando a conheceu: "Maria Bethânia canta como uma jovem árvore que queima numa crepitação de madeira que se extingue para o alto. Tudo é combustão nessa extraordinária cantora cuja voz nos veio da Bahia, para transmitir uma mensagem de amor e poesia como raramente acontece." Viva Maria Bethânia do Brasil!

Marcelo disse...

Assim como Maria Rita no samba ...é Bethânia nessa vibe sertão... Um saco!!!! Opinião da minoria...penso eu...mas é a minha!

Eduardo Cáffaro disse...

podiam reunir essas gravações todas ai num EP pra gente comprar heim

luis claudio de oliveira disse...

É uma honra, uma alegria e emoção perenes usufruir de tão rica, bela, sagrada, mágica e encantada arte e voz dessa tão necessária artista brasileira. A MPB pode ser dividida entre antes e depois de Bethânia. Artista referencial. Dona de todas as artes em seus palcos/portais de encantamentos. Senta á mesa dos imortais. A arte de Bethânia é um abrigo. Um refúgio onde todos abençoados por sua voz se encontram. Vida longa. Saúde, felicidades e muitos belos trabalhos pra essa sereia que canta! Salve Rainha!

Rafael M. disse...

Essa música é linda, e na voz da Bethânia ganha um registro especial...

Henrique disse...

Essa é justamente a Bethânia que eu mais gosto. Vida longa para a maior intérprete da música brasileira m

Diego Santos disse...

Mauro a bethania merece um post de homenagem dos 70 anos e queremos novidades! !!!!!

Mauro Ferreira disse...

Diego, o post sobre os 70 anos de Bethânia está sendo escrito neste momento. Abs, MauroF

Diego Santos disse...

Estava prevendo
kkkk