Mauro Ferreira no G1

Aviso aos navegantes: desde 6 de julho de 2016, o jornalista Mauro Ferreira atualiza diariamente uma coluna sobre o mercado fonográfico brasileiro no portal G1. Clique aqui para acessar a coluna. O endereço é http://g1.globo.com/musica/blog/mauro-ferreira/


terça-feira, 28 de abril de 2015

Parceria de Tulipa com Felipe Cordeiro é o segundo single do álbum 'Dancê'

Na sequência de um primeiro single que frustrou expectativas, Proporcional (Tulipa Ruiz e Gustavo Ruiz), a cantora e compositora paulistana Tulipa Ruiz apresenta hoje, 28 de abril de 2015, o segundo single de seu álbum Dancê. Mais envolvente, Virou é a música eleita para continuar os trabalhos promocionais do álbum que tem lançamento programado para 5 de maio de 2015 em edição da Pomello Distribuições. A música surgiu em 2014 a partir de conexão da artista com o cantor, compositor e guitarrista paraense Felipe Cordeiro (com Tulipa na foto de Fábio Piva). Virou é parceria de Tulipa com Cordeiro, Gustavo Ruiz, Luiz Chagas e Manoel Cordeiro. As guitarras de Felipe Cordeiro - que canta a música com Tulipa - e de Manoel Cordeiro dão o toque nortista da faixa, formatada com a guitarra de Luiz Chagas, com o baixo de Marcio Arantes e com a percussão e bateria de Stephane San Juan.  Assim como Proporcional,  a faixa pode ser baixada no portal Natura Musical.

Virou
(Tulipa Ruiz, Felipe Cordeiro, Gustavo Ruiz, Manoel Cordeiro e Luiz Chagas)


Era pra ficar no chão. Deu pé, decolou.
Era pra ter sido em vão. Como é que durou?
Era pra ficar ali e por aí caminhou.
Era pra ser menos sério. Mais cara-de-pau.
Era para ser só nuvem e precipitou.
Podia não ter dado em nada.
Então como é que virou?

Varia o jeito de olhar.
Varia o jeito de ser.
Varia a hora e o lugar.
Só não varia você.
Varia o jeito de olhar.
Varia o jeito de ser.
Varia a hora e o lugar.
Só não varia...
Varia, veria, viria, voaria.
Voaria, viria, veria, varia.
Varia, veria, viria, voaria.
Voaria, viria, veria, varia.

7 comentários:

Mauro Ferreira disse...

♪ Na sequência de um primeiro single que frustrou expectativas, Proporcional (Tulipa Ruiz e Gustavo Ruiz), a cantora e compositora paulistana Tulipa Ruiz apresenta hoje, 28 de abril de 2015, o segundo single de seu álbum Dancê. Mais envolvente, Virou é a música eleita para continuar os trabalhos promocionais do álbum que tem lançamento programado para 5 de maio de 2015 em edição da Pomello Distribuições. A música surgiu em 2014 a partir de conexão da artista com o cantor, compositor e guitarrista paraense Felipe Cordeiro (com Tulipa na foto de Fábio Piva). Virou é parceria de Tulipa com Cordeiro, Gustavo Ruiz, Luiz Chagas e Manoel Cordeiro. As guitarras de Felipe Cordeiro - que canta a música com Tulipa - e de Manoel Cordeiro dão o toque nortista da faixa, formatada com a guitarra de Luiz Chagas, com o baixo de Marcio Arantes e com a percussão e bateria de Stephane San Juan. A faixa já pode ser baixada no portal Natura Musical.

Virou
(Tulipa Ruiz, Felipe Cordeiro, Gustavo Ruiz, Manoel Cordeiro e Luiz Chagas)

Era pra ficar no chão. Deu pé, decolou.
Era pra ter sido em vão. Como é que durou?
Era pra ficar ali e por aí caminhou.
Era pra ser menos sério. Mais cara-de-pau.
Era para ser só nuvem e precipitou.
Podia não ter dado em nada.
Então como é que virou?

Varia o jeito de olhar.
Varia o jeito de ser.
Varia a hora e o lugar.
Só não varia você.
Varia o jeito de olhar.
Varia o jeito de ser.
Varia a hora e o lugar.
Só não varia...
Varia, veria, viria, voaria.
Voaria, viria, veria, varia.
Varia, veria, viria, voaria.
Voaria, viria, veria, varia.

Rafael M. disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
...ZeRziL disse...

Gostei da canção, mas Proporcional me seduziu muito mais!

Rafael M. disse...

Até gostei da canção, mas ela não é isso tudo.. Vamos esperar o álbum sair para ver como será o mesmo.

Rafael M. disse...

Até gostei da canção, mas ela não é isso tudo.. Vamos esperar o álbum sair para ver como será o mesmo.

BIGODE disse...

Achei muito bom esse single, não gostei do primeiro....voltei a ficar otimista com esse disco...
Adoro a Tulipa, acho ela uma grande cantora que sente prazer e brinca/se diverte cantando, caso raro hoje em dia

lurian disse...

Será que vale mesmo à pena noticiar a criação de letras tão fracas?