Mauro Ferreira no G1

Aviso aos navegantes: desde 6 de julho de 2016, o jornalista Mauro Ferreira atualiza diariamente uma coluna sobre o mercado fonográfico brasileiro no portal G1. Clique aqui para acessar a coluna. O endereço é http://g1.globo.com/musica/blog/mauro-ferreira/


quinta-feira, 9 de abril de 2015

Donatinho dedica seu álbum solo 'Zambê' a Montarroyos, parceiro n'O sopro'

Às do trompete, instrumento do qual foi um mestres no Brasil, o músico e compositor carioca Márcio Montarroyos (1948 - 2007) é parceiro póstumo de Donatinho em O sopro, uma das dez músicas de Zambê, primeiro (ótimo) álbum solo do tecladista carioca. O disco, aliás, é dedicado por Donatinho a Montarroyos. Embora já esteja disponível no iTunes desde outubro de 2014, através do selo carioca Pimba, Zambê somente está ganhando edição física em CD neste mês de abril de 2015. Produzido por Alex Moreira com o próprio Donatinho, o disco está repleto de parceiros e solistas. O rapper Akira Presidente é convidado e parceiro de Donatinho em Choro da nova escola, música assinada também por Felipe Pinaud. Rita Benneditto canta Janaína, parceria sua com Donatinho. Totonho Cabra figura em Ladrão de alma, faixa creditada a Totonho, Donatinho e a Fernando Caneca. Já Luka é parceira e solista de Índios - faixa linkada no disco a Tupa-mi Mbou (Miguel Duarte Barrios) - enquanto Dona Onete põe voz e suingue na Dança dos urubus, tema que assina com Kassin e com o próprio Donatinho. Em Zambê, o tecladista passa ritmos do Brasil por seu moderno filtro eletrônico. Donatinho também canta algumas músicas, dividindo com sua parceira Maria Joana a interpretação de Ladeira do samba, tema que se destaca na safra inédita e autoral de Zambê, CD pautado pela diversidade rítmica.

4 comentários:

Mauro Ferreira disse...

♪ Às do trompete, instrumento do qual foi um mestres no Brasil, o músico e compositor carioca Márcio Montarroyos (1948 - 2007) é parceiro póstumo de Donatinho em O sopro, uma das dez músicas de Zambê, primeiro álbum solo do tecladista carioca. O disco, aliás, é dedicado por Donatinho a Montarroyos. Embora já disponível no iTunes desde outubro de 2014, através do selo carioca Pimba, Zambê somente vai ganhar edição física em CD neste ano de 2015. Produzido por Alex Moreira com o próprio Donatinho, o disco está repleto de parceiros e solistas. O rapper Akira Presidente é convidado e parceiro de Donatinho em Choro da nova escola, música assinada também por Felipe Pinaud. Rita Benneditto canta Janaína, parceria sua com Donatinho. Totonho Cabra figura em Ladrão de alma, faixa creditada a Totonho, Donatinho e a Fernando Caneca. Já Luka e parceira e solista de Índios - faixa linkada no disco a Tupa-mi Mbou (Miguel Duarte Barrios) - enquanto Dona Onete põe voz e suingue na Dança dos urubus, tema que assina com Kassin e com Donatinho. Em Zambê, o tecladista passa ritmos do Brasil por seu moderno filtro eletrônico.

Lucas Silva disse...

Uma correção, o disco já está disponível em forma física!

Rhenan Rodrigo disse...

Preciso ouvir. E que foto maravilhosa! Hahahahaha

donativos disse...

Muito obrigado pelo post Mauro!
Adorei!
Você já receceu o disco?
Caso não eu peço pra minha produção enviar.
Obrigado!
Beijos.