Mauro Ferreira no G1

Aviso aos navegantes: desde 6 de julho de 2016, o jornalista Mauro Ferreira atualiza diariamente uma coluna sobre o mercado fonográfico brasileiro no portal G1. Clique aqui para acessar a coluna. O endereço é http://g1.globo.com/musica/blog/mauro-ferreira/


quinta-feira, 24 de março de 2016

EP que sintoniza Sandra de Sá com mercado atual ganha edição física em CD

EP com sete músicas, lançado por Sandra de Sá nas plataformas digitais em 15 de janeiro deste ano de 2016, Lado B ganha edição física em CD neste mês de março, com tiragem inicial de mil cópias. No disco, feito com a intenção de sintonizar o som da artista carioca com o atual momento do mercado fonográfico, Sandra rebobina cinco músicas que passaram despercebidas na discografia da cantora, apresenta composição inédita - a balada Vou ficar (Sandra de Sá, Beto Coutinho e Edmon, 2016) - e se joga na pista do pancadão funk em Freneticão (Sandra de Sá, Danny Sax e DJ Detonna, 2014), música lançada na web em 2014. Clique aqui para (re)ler a resenha do EP Lado B.

6 comentários:

Mauro Ferreira disse...

♪ EP com sete músicas, lançado por Sandra de Sá nas plataformas digitais em 15 de janeiro deste ano de 2016, Lado B ganha edição física em CD neste mês de março, com tiragem inicial de mil cópias. No disco, feito com a intenção de sintonizar o som da artista carioca com o atual momento do mercado fonográfico, Sandra rebobina cinco músicas que passaram despercebidas na discografia da cantora, apresenta composição inédita - a balada Vou ficar (Sandra de Sá, Beto Coutinho e Edmon, 2016) - e se joga na pista do pancadão funk em Freneticão (Sandra de Sá, Danny Sax e DJ Detonna, 2014), música lançada na web em 2014. Clique aqui para (re)ler a resenha do EP Lado B.

Marcelo Barbosa disse...

Espero que façam o mesmo com o disco da Teresa Cristina cantando Cartola.

Mauro Silva disse...


Hummmmm, aqueles discos antigos da Sandra de Sá da década de 80, bem que merecem um relançamento EM CD remasterizado urgente, aí que delícia aquelas canções!

Sandra querida! Lança um Box EM CD ??
Cade o Zé Pedro que não pensou nisso antes ???



Rafael M. disse...

Disco horrível, o pior já feito até hoje pela Sandra de Sá... Nem valia a pena um lançamento físico do mesmo... Gostaria muito de que fosse lançado em CD o estupendo trabalho da Teresa Cristina cantando Cartola... Esse sim merecia um lançamento à altura da sua grandiosidade!!!

Douglas Carvalho disse...

Como um disco de vinil arranhado na vitrola, volto a repetir: as gravadoras estão achando que estão abafando lançando os discos em formato digital, mas o fato é que, pelo menos para o mercado brasileiro, as faixas vendidas em dólares nas plataformas digitais saem absurdamente caras, mais caras que o disco físico, e ninguém é bobo de ficar comprando isso.

E engrossando o coro: aguardando o lançamento físico de "Teresa Cristina Canta Cartola".

O blog disse...

Gostei de 3 músicas apenas. Acho que deveria ter sido um cd normal, e não um EP. O encarte é bem pobre, pois o design gráfico deixou a desejar.