Mauro Ferreira no G1

Aviso aos navegantes: desde 6 de julho de 2016, o jornalista Mauro Ferreira atualiza diariamente uma coluna sobre o mercado fonográfico brasileiro no portal G1. Clique aqui para acessar a coluna. O endereço é http://g1.globo.com/musica/blog/mauro-ferreira/


segunda-feira, 7 de março de 2016

Baleado com o irmão, o percussionista Josino Eduardo sai de cena na Bahia

Os tambores estão silenciosos na Bahia. Percussionista que já tocou com Caetano Veloso nas turnês dos shows Livro vivo (1998 / 1999) e Noites do Norte (2001), Josino Eduardo Santos Rodrigues (1980 - 2016) saiu de cena na noite de sábado, 5 de março, vítima de tiros disparados por homens não identificados, supostos bandidos. O músico soteropolitano tinha 35 anos. Josino Eduardo foi baleado juntamente com o irmão gêmeo - Eduardo Josino, também percussionista, com trajetória musical similar à do irmão - no bairro de Brotas, em Salvador (BA). Sem resistir aos ferimentos provocados pelas balas, Josino Eduardo - o , como era conhecido no meio musical baiano  - saiu de cena no momento do crime. O irmão Eduardo Josino, o Du, segue internado em hospital da capital da Bahia. Percussionistas indicados a Caetano por Carlinhos Brown, Du e tocaram com importantes nomes da cena musical baiana como o cantor baiano Saulo Fernandes. Atualmente, eles integravam a banda (de apoio) do grupo baiano Babado Novo. A Bahia está triste.

2 comentários:

Mauro Ferreira disse...

Curta a página de Notas Musicais no Facebook e acompanhe as atualizações diárias do blog:
https://www.facebook.com/blognotasmusicais/

Gill Sampaio Ominirò disse...

Que coisa! Nenhum comentário sobre a morte desse grande músico. Por que será né? Triste sociedade brasileira.