Mauro Ferreira no G1

Aviso aos navegantes: desde 6 de julho de 2016, o jornalista Mauro Ferreira atualiza diariamente uma coluna sobre o mercado fonográfico brasileiro no portal G1. Clique aqui para acessar a coluna. O endereço é http://g1.globo.com/musica/blog/mauro-ferreira/


domingo, 1 de maio de 2016

Segundo álbum solo de Francis, 'Passaredo' ganha terceira reedição em CD

Segundo álbum solo do cantor, compositor, pianista e maestro Francis Hime, Passaredo ganha neste segundo trimestre de 2016 a terceira reedição em CD pela gravadora Som Livre. Lançado originalmente em 1977 no formato de LP, o álbum já tinha sido relançado em CD em 1995 (em desleixada edição da Série Cast) e em 2006 (em caprichada edição produzida por Charles Gavin para a série Som Livre Masters). A atual edição em CD tem nova masterização feita por Julio Carneiro e traz na contracapa interna um texto (não assinado) que contextualiza (de forma breve) Passaredo na discografia de Hime. Em contrapartida, a edição de 2016 abre mão da reprodução no encarte das letras das 13 músicas do disco. Produzido por Guto Graça Mello, com arranjos e regências de Hime, Passaredo flagra o compositor no auge da parceria com Chico Buarque, coautor de cinco músicas do repertório inteiramente autoral. Duas - Trocando em miúdos e a faixa-título Passaredo (1975) - viraram clássicos da MPB produzida naquela década de 1970. Outras duas, Luisa e Maravilha, foram gravadas com a participação do próprio Chico. Em Passaredo, Francis também dá voz a músicas compostas com Olivia Hime,  Paulo César Pinheiro e  Ruy Guerra.

15 comentários:

Mauro Ferreira disse...

♪ Segundo álbum solo do cantor, compositor, pianista e maestro Francis Hime, Passaredo ganha neste segundo trimestre de 2016 a terceira reedição em CD pela gravadora Som Livre. Lançado originalmente em 1977 no formato de LP, o álbum já tinha sido relançado em CD em 1995 (em desleixada edição da Série Cast) e em 2006 (em caprichada edição produzida por Charles Gavin para a série Som Livre Masters). A atual edição em CD tem nova masterização feita por Julio Carneiro e traz na contracapa interna um texto (não assinado) que contextualiza (de forma breve) Passaredo na discografia de Hime. Em contrapartida, a edição de 2016 abre mão da reprodução no encarte das letras das 13 músicas do disco. Produzido por Guto Graça Mello, com arranjos e regências do próprio Hime, Passaredo flagra o compositor no auge da parceria com Chico Buarque, coautor de cinco músicas do repertório inteiramente autoral. Duas - Trocando em miúdos e a música-título Passaredo - viraram clássicos da MPB produzida naquela década de 1970. Outras duas, Luisa e Maravilha, foram gravadas com a participação do próprio Chico. Em Passaredo, Francis também dá voz a músicas compostas com Olivia Hime, Paulo César Pinheiro e Ruy Guerra.

Mauro Silva disse...


Que maravilha Som Livre!

Este disco já havia sido relançado EM CD em uma caprichosa série "Som Livre Remaster", mas nunca é demais voltar ao catálogo, pois trata-se de um belo trabalho! Que venha outros títulos do Francis Hime da fase Som Livre (EM CD REMASTERIZADO): "Se Porém Fosse Portanto" de 1978, "Francis" de 1980, "Sonho De Moço" de 1981, "Pau Brasil" de 1982...entre outros.

Aproveitando a ocasião:

Pessoal da Som Livre, por favor lancem em CD "Drácula I Love You" da Tuca (Som Livre 1974), este disco é MARAVILHOSO e se perdeu no tempo, nunca foi lançado em CD, é um achado!

Artur Torres disse...

Mauro, a remasterização dessa edição de 2016 do álbum tem ganho relevante em relação á edição de 2006?

Manoel Junior disse...

Respondendo ao Mauro Silva: mais bons relançamentos virão por aí. Quanto ao disco da Tuca, "Drácula I Love You", os direitos sobre ele não são mais da Som Livre. A Som Livre distribuiu o disco na época... Pena, pois é uma pérola.

Roberto de Brito disse...

Que venha o "Anjo vadio", de Olivia Byington!

Ronaldo disse...

Mauro, a Som Livre relançou, recentemente, o CD "A Banda do Zé Pretinho" do Jorge Ben. Um ótimo álbum. Acho que vale a pena vc registrar em seu blog. Abraços

Mauro Silva disse...


"Manoel Junior" obrigado pelo contato! Mas olha só:

O Zé Pedro em uma entrevista, disse que logo que abriu sua gravadora Jóia Moderna, tentou relançar este disco "Dracula I Love You", mas desistiu por não achar nenhum parente da Tuca para negociar os direitos autorais, mas garantiu que a Master do disco esta no acervo da Som Livre.

Ao mesmo tempo não compreendo essas negociações de direitos autorais:
Por que no Japão foi relançado originalmente EM CD, o album "Tuca" de 1968 que na época era da gravadora Phillips. Não é CD Bootleg, é original mesmo, vem até com OBI do Japão e todo o trabalho gráfico original da capa, fora a qualidade do som que é uma maravilha! Este relançamento do Japão, é da mesma gravadora que relançou o "Imyra, Tayra, Ipy" do Taiguara também em CD REMASTERIZADO, bem antes da redição recente aqui do Brasil.

Se o Zé Pedro aqui no Brasil, não consegue os diretos autorais para relançar um disco lançado em 1974 pela Som Livre, como o Japão consegue relançar um outro trabalho desta mesma artista ? Como fica a negociação ?
Detalhe: Nenhum disco da Tuca, foi relançado EM CD aqui no Brasil!

Eu realmente não entendo...a questão é que, a Master de "Dracula I Love You", esta na Som Livre.

Oremos! :)

Mauro Ferreira disse...

Artur, quem tem a reedição de 2006 não precisa comprar a deste ano de 2016. Abs, MauroF

Mauro Ferreira disse...

Oi, Ronaldo, sim, ainda farei um post sobre a reedição de 'A banda do Zé Pretinho'. Abs, obrigado, MauroF

Rafael M. disse...

Tem gente que é mala e não se toca mesmo... Mas enfim: ótimo relançamento... Esse disco do Hime é uma pérola, um achado. Álbum lindo de morrer!!! Relançamento mais do que merecido!!!

Manoel Junior disse...

Mauro Silva, realmente é uma pena, mas... Creia-me: Palavra de quem mais gostaria de ver esse disco relançado! Abraço!

Roberto de Brito disse...

Mauro, acho muito bonito seu amor por esse disco! Continue persistindo no seu sonho de te-lo em cd!

Mauro Silva disse...


Obrigado "Roberto de Brito" e Manoel Junior"!
Vocês são uns queridos :)

Toninho Lima disse...

Bem-vindo esse relançamento! Mas bem que a Som Livre poderia lançar os discos do Francis Hime que são inéditos em CD: "Se Porém Fosse Portanto" (1977) e "Sonho de Moço" (1981). O "Francis" (1980) foi lançado em CD no Japão em 2005.

ADEMAR AMANCIO disse...

Me lembro da propaganda desse LP nos intervalos das novelas,nos idos de 1977.
E 'Maravilha' é uma maravilha