Mauro Ferreira no G1

Aviso aos navegantes: desde 6 de julho de 2016, o jornalista Mauro Ferreira atualiza diariamente uma coluna sobre o mercado fonográfico brasileiro no portal G1. Clique aqui para acessar a coluna. O endereço é http://g1.globo.com/musica/blog/mauro-ferreira/


domingo, 29 de maio de 2016

Elba, Fafá, Lucy e Fagner tiram ao vivo versos de padre Fábio do esconderijo

♪ Em março de 2015, Fábio de Melo lançou um dos melhores álbuns da discografia cristã do padre mineiro. Produzido por José Milton com estilo próximo da MPB e com a participação de sete cantores, o disco Deus no esconderijo do verso (Sony Music, 2015) gerou desdobramento lançado um ano depois em CD, DVD e em edição tripla que junta CD duplo e DVD. Trata-se do registro ao vivo do show feito pelo padre cantor e compositor em 24 de novembro de 2015 na cidade do Rio de Janeiro (RJ). Três dos sete cantores convidados do belo disco de estúdio repetiram ao vivo no palco do Theatro Municipal do Rio de Janeiro as participações. Elba Ramalho, Fafá de Belém e Fagner cantaram com Fábio de Melo na gravação ao vivo as canções Oculto e revelado, O tempo não espera ninguém e Perfeita contradição, respectivamente. Ao trio, o padre agregou a cantora paraibana Lucy Alves, convidada a entrar em cena em Lamentos imperfeitos (Padre Fábio de Melo, 2007). O espetáculo perpetuado no CD e DVD Deus no esconderijo do verso - Ao vivo no Theatro Municipal do Rio de Janeiro (Sony Music, 2016) rebobina no roteiro a maioria das músicas do álbum de 2015 ao mesmo tempo em que adiciona à pregação sonora composições como Palavra e som (Altay Veloso e Paulo César Feital, 1996) - música lançada há 20 anos - e Ser menino e ser amado, tema de autoria do gaúcho Zé Caradípia, compositor de Asa morena (1982), sucesso na voz da cantora Zizi Possi. Em sintonia com o tom de MPB do projeto, Fábio de Melo também dá voz a canções como Onde Deus possa me ouvir (Vander Lee, 2002), Um violeiro toca (Almir Sater e Renato Teixeira, 1989) e Bola de meia, bola de gude (Milton Nascimento e Fernando Brant, 1980).

5 comentários:

Mauro Ferreira disse...

Curta a página de Notas Musicais no Facebook e acompanhe as atualizações diárias do blog:
https://www.facebook.com/blognotasmusicais/

Damião Costa disse...

Muito bom adquiri CD e DVD

claudiopaes disse...

Gosto muito do Cd que deu origem a este projeto ao vivo. Alias, o padre vem trazendo otimas lembranças de musicas nem sempre ligadas ao universo religioso. Gosto muito de guardanapos de papel que teve um grande interpretaçao da clara sandroni

Jader Moraes disse...

Aliás, Mauro, no dia 20 vai ter um show no Net Rio de uma cantora bem próxima do padre Fábio de Melo, da mesma "linhagem" (rs), que vale a pena, viu? Se não com fins profissionais, ao menos para ouvir boa e inspirada música. Ziza Fernandes é o nome da fera. #ficadica

ADEMAR AMANCIO disse...

Pelo menos este padre não apela para o cristanejo.