Mauro Ferreira no G1

Aviso aos navegantes: desde 6 de julho de 2016, o jornalista Mauro Ferreira atualiza diariamente uma coluna sobre o mercado fonográfico brasileiro no portal G1. Clique aqui para acessar a coluna. O endereço é http://g1.globo.com/musica/blog/mauro-ferreira/


sexta-feira, 5 de fevereiro de 2016

Milton diz textos de Adélia e Brecht no roteiro de hits do outonal show 'Tarde'

"Hay hombres que luchan un día y son buenos. Hay otros que luchan un año y son mejores. Hay quienes luchan muchos años, y son muy buenos. Pero hay los que luchan toda la vida: esos son los imprescindibles". No roteiro de Tarde, show que estreou em janeiro de 2015 em São Paulo (SP) e cuja turnê chegou (enfim) à cidade do Rio de Janeiro (RJ) na noite de ontem, 4 de fevereiro de 2016, Milton Nascimento reproduziu o pensamento do dramaturgo e poeta alemão Bertolt Brecht (1898 - 1956) antes de cantar Sueño com serpientes, música do cantor e compositor cubano Silvio Rodríguez, lançada pelo autor há 41 anos no álbum Días y flores (EGREM / Ojalá / Fonomusic, 1975). Na introdução da gravação da música feita por Milton com Mercedes Sosa (1935 / 2009) para o álbum Sentinela (Ariola, 1980), coube a cantora argentina dizer o pensamento de Brecht. Além de Brecht, Milton também recitou versos célebres da poeta mineira Adélia Prado - "Um trem-de-ferro é uma coisa mecânica, mas atravessa a noite, a madrugada, o dia, atravessou minha vida, virou só sentimento" - antes de cantar Encontros e despedidas (Milton Nascimento e Fernando Brant, 1981). Em Tarde, Milton revisita o próprio cancioneiro na companhia de trio de cordas formado por Alexandre Ito (contrabaixo acústico) e pelos irmãos Beto Lopes e Wilson Lopes (nos violões). Eis o roteiro seguido em 4 de fevereiro de 2016 por Milton Nascimento - visto em foto de Mauro Ferreira - na boa estreia carioca de show Tarde no Teatro Bradesco do Rio de Janeiro (RJ):

1. Tarde (Milton Nascimento e Márcio Borges, 1969)
2. Clube da esquina nº 2 (Milton Nascimento, Lô Borges e Márcio Borges, 1972)
3. Nos bailes da vida (Milton Nascimento e Fernando Brant, 1981)
4. Me deixa em paz (Monsueto Menezes e Aírton Amorim, 1952)
     - Música gravada por Milton Nascimento em 1972
 Texto de Bertolt Brecht
5. Sueño con serpientes (Silvio Rodríguez, 1975)

    - Música gravada por Milton Nascimento em 1980
6. Idolatrada (Milton Nascimento e Fernando Brant, 1975)
7. Caçador de mim (Sérgio Magrão e Luiz Carlos Sá, 1980)
    - Música gravada por Milton Nascimento em 1981
8. Canção do sal (Milton Nascimento, 1966)
    - Música gravada por Milton Nascimento em 1967
9. O cio da terra (Milton Nascimento e Chico Buarque, 1977)
 Texto de Adélia Prado
10. Encontros e despedidas (Milton Nascimento e Fernando Brant, 1981)
      - Música gravada por Milton Nascimento em 1985
11. Maria solidária (Milton Nascimento e Fernando Brant, 1976)
12. Maria, Maria (Milton Nascimento e Fernando Brant, 1976)
      - Música da trilha de balé do Grupo Corpo gravada por Milton Nascimento em 1978
13. Para Lennon & McCartney (Lô Borges, Márcio Borges e Fernando Brant, 1970)
Bis:
14. Travessia (Milton Nascimento e Fernando Brant, 1967)
15. Nada será como antes (Milton Nascimento e Ronaldo Bastos, 1972)

2 comentários:

Mauro Ferreira disse...

♪ "Hay hombres que luchan un día y son buenos. Hay otros que luchan un año y son mejores. Hay quienes luchan muchos años, y son muy buenos. Pero hay los que luchan toda la vida: esos son los imprescindibles". No roteiro de Tarde, show que estreou em janeiro de 2015 em São Paulo (SP) e cuja turnê chegou (enfim) à cidade do Rio de Janeiro (RJ) na noite de ontem, 4 de fevereiro de 2016, Milton Nascimento reproduziu o pensamento do dramaturgo e poeta alemão Bertolt Brecht (1898 - 1956) antes de cantar Sueño com serpientes, música do cantor e compositor cubano Silvio Rodríguez, lançada pelo autor há 41 anos no álbum Días y flores (EGREM / Ojalá / Fonomusic, 1975). Na introdução da gravação da música feita por Milton com Mercedes Sosa (1935 / 2009) para o álbum Sentinela (Ariola, 1980), coube a cantora argentina dizer o pensamento de Brecht. Além de Brecht, Milton também recitou versos célebres da poeta mineira Adélia Prado - "Um trem-de-ferro é uma coisa mecânica, mas atravessa a noite, a madrugada, o dia, atravessou minha vida, virou só sentimento" - antes de cantar Encontros e despedidas (Milton Nascimento e Fernando Brant, 1981). Em Tarde, Milton revisita o próprio cancioneiro na companhia de trio de cordas formado por Alexandre Ito (contrabaixo acústico) e pelos irmãos Beto Lopes e Wilson Lopes (nos violões). Eis o roteiro seguido em 4 de fevereiro de 2016 por Milton Nascimento - visto em foto de Mauro Ferreira - na boa estreia carioca de show Tarde no Teatro Bradesco do Rio de Janeiro (RJ):

1. Tarde (Milton Nascimento e Márcio Borges, 1969)
2. Clube da esquina nº 2 (Milton Nascimento, Lô Borges e Márcio Borges, 1972)
3. Nos bailes da vida (Milton Nascimento e Fernando Brant, 1981)
4. Me deixa em paz (Monsueto Menezes e Aírton Amorim, 1952)- Música gravada por Milton Nascimento em 1972
♪ Texto de Bertolt Brecht
5. Sueño con serpientes (Silvio Rodríguez, 1975)- Música gravada por Milton Nascimento em 1980
6. Idolatrada (Milton Nascimento e Fernando Brant, 1975)
7. Caçador de mim (Sérgio Magrão e Luiz Carlos Sá, 1980)- Música gravada por Milton Nascimento em 1981
8. Canção do sal (Milton Nascimento, 1966)- Música gravada por Milton Nascimento em 1967
9. O cio da terra (Milton Nascimento e Chico Buarque, 1977)
♪ Texto de Adélia Prado
10. Encontros e despedidas (Milton Nascimento e Fernando Brant, 1981) - Música gravada por Milton Nascimento em 1985
11. Maria solidária (Milton Nascimento e Fernando Brant, 1976)
12. Maria, Maria (Milton Nascimento e Fernando Brant, 1976)- Música da trilha de balé do Grupo Corpo gravada por Milton Nascimento em 1978
13. Para Lennon & McCartney (Lô Borges, Márcio Borges e Fernando Brant, 1970)
Bis:
14. Travessia (Milton Nascimento e Fernando Brant, 1967)
15. Nada será como antes (Milton Nascimento e Ronaldo Bastos, 1972)

Rafael M. disse...

Belíssimo roteiro de canções... Uma melhor do que a outra...