Mauro Ferreira no G1

Aviso aos navegantes: desde 6 de julho de 2016, o jornalista Mauro Ferreira atualiza diariamente uma coluna sobre o mercado fonográfico brasileiro no portal G1. Clique aqui para acessar a coluna. O endereço é http://g1.globo.com/musica/blog/mauro-ferreira/


sábado, 20 de fevereiro de 2016

Gravado em 2000, último disco de Accioly Netto é reeditado com faixa inédita

O último álbum de José Accioly Cavalcanti Neto (11 de julho de 1950, Goiana – PE / 29 de outubro de 2000, Recife – PE), Meu forró, ganha reedição neste primeiro semestre de 2016 pelo selo Passa Disco, produzida por Fábio Cabral, dono da loja de discos também batizada de Passa Disco. Produzido pelo guitarrista Robertinho de Recife para o selo que abriu na década de 1990, Special Discos, Meu forró, foi concluído por Accioly Neto em 2000, oito dias antes de o cantor e compositor pernambucano sair precocemente de cena, aos 50 anos, vítima de aneurisma cerebral. Editado originalmente em 2001, com distribuição da gravadora Sony Music, o álbum Meu forró volta ao catálogo com gravação inédita. O registro da música Veneza, Veneza foi feito nas sessões de gravação do álbum, mas acabou sobrando na seleção final. Meu forró é espécie de antologia de Accioly. Inclui os dois maiores sucessos do compositor, Espumas ao vento (1997) e Lembranças de um beijo (1994), entre outras músicas também conhecidas como Quando o bate coração (1995), Saudade da boa (1995) e Me dá meu coração (2000), composição lançada no reeditado  Meu forró.

2 comentários:

Mauro Ferreira disse...

♪ O último álbum de José Accioly Cavalcanti Neto (11 de julho de 1950, Goiana – PE / 29 de outubro de 2000, Recife – PE), Meu forró, ganha reedição neste primeiro semestre de 2016 pelo selo Passa Disco, produzida por Fábio Cabral, dono da loja de discos também batizada de Passa Disco. Produzido pelo guitarrista Robertinho de Recife para o selo que abriu na década de 1990, Special Discos, Meu forró, foi concluído por Accioly Neto em 2000, oito dias antes de o cantor e compositor pernambucano sair precocemente de cena, aos 50 anos, vítima de aneurisma cerebral. Editado originalmente em 2001, com distribuição da gravadora Sony Music, o álbum Meu forró volta ao catálogo com gravação inédita. O registro da música Veneza, Veneza foi feito nas sessões de gravação do álbum, mas acabou sobrando na seleção final. Meu forró é espécie de antologia de Accioly. Inclui os dois maiores sucessos do compositor, Espumas ao vento (1997) e Lembranças de um beijo (1994), entre outras músicas também conhecidas como Quando o bate coração (1995), Saudade da boa (1995) e Me dá meu coração (2000), composição lançada no reeditado Meu forró.

Fabio Passadisco disse...

Elza Soares, Fagner, Flávio José, Elba Ramalho, Fábio Junior, Roberta Miranda, Nando Cordel, Jessé, Amelinha, Irah Caldeira, Santanna, Paulo Diniz, Renata Arruda, entre outros, gravaram as canções de Accioly Netto.