Mauro Ferreira no G1

Aviso aos navegantes: desde 6 de julho de 2016, o jornalista Mauro Ferreira atualiza diariamente uma coluna sobre o mercado fonográfico brasileiro no portal G1. Clique aqui para acessar a coluna. O endereço é http://g1.globo.com/musica/blog/mauro-ferreira/


terça-feira, 30 de outubro de 2012

Quarto solo de Herbert, 'Victoria' sai em novembro com capa de Barrão

Com capa assinada pelo artista plástico carioca Barrão, o quarto disco solo de Herbert Vianna, Victoria, vai ser lançado em novembro de 2012 pelo selo Oi Música. O título do primeiro CD solo do vocalista e guitarrista do trio carioca Paralamas do Sucesso desde O Som do Sim (2000) alude ao nome da inglesa Victoria Lucy Needham Vianna, mulher de Herbert, morta em fevereiro de 2001 no acidente de ultraleve que deixou o músico paraplégico. Produzido, gravado e mixado por Chico Neves no Estúdio 304, no Rio de Janeiro (RJ), Victoria traz 20 músicas compostas por Herbert, quase todas gravadas por outros artistas, caso de Se Eu Não Te Amasse Tanto Assim (Herbert Vianna e Paulo Sérgio Valle, 1999), sucesso na voz de Ivete Sangalo. O disco foi gravado por Herbert somente com Chico Neves. Além de dar voz às músicas, Herbert tocou violão, guitarra e percussão. Já Neves tocou minimoog (sintetizador analógico usado nos anos 70), baixo, violão, teclados, xilofone e sitar, além de criar os efeitos.

4 comentários:

Mauro Ferreira disse...

Com capa assinada pelo artista plástico carioca Barrão, o quarto disco solo de Herbert Vianna, Victoria, vai ser lançado em novembro de 2012 pelo selo Oi Música. O título do primeiro CD solo do vocalista e guitarrista do trio carioca Paralamas do Sucesso desde O Som do Sim (2000) alude ao nome da inglesa Victoria Lucy Needham Vianna, mulher de Herbert, morta em fevereiro de 2001 no acidente de ultraleve que deixou o músico paraplégico. Produzido, gravado e mixado por Chico Neves no Estúdio 304, no Rio de Janeiro (RJ), Victoria traz 20 músicas compostas por Herbert, quase todas gravadas por outros artistas, caso de Se Eu Não Te Amasse Tanto Assim (Herbert Vianna e Paulo Sérgio Valle, 1999), sucesso na voz de Ivete Sangalo. O disco foi gravado por Herbert somente com Chico Neves. Além de dar voz às músicas, Herbert tocou violão, guitarra e percussão. Já Neves tocou minimoog (sintetizador analógico usado nos anos 70), baixo, violão, teclados, xilofone e sitar, além de criar os efeitos.

Rafael M. disse...

Bom saber que Herbert está lançando seu novo disco solo, o que mostra que ele está cada vez mais na ativa.

Maria disse...

Herbert é um ótimo compositor, gosto dele e um exemplo de superação.

Chabacano disse...

Um grande ser humano com uma grande sensibilidade musical.