Mauro Ferreira no G1

Aviso aos navegantes: desde 6 de julho de 2016, o jornalista Mauro Ferreira atualiza diariamente uma coluna sobre o mercado fonográfico brasileiro no portal G1. Clique aqui para acessar a coluna. O endereço é http://g1.globo.com/musica/blog/mauro-ferreira/


terça-feira, 23 de outubro de 2012

Cauby, Emílio, Fagner, Jair e Tetê festejam 100 anos de Herivelto em CD

Com capa que mostra Herivelto Martins (1912 - 1992) no traço do caricaturista carioca Cássio Loredano, o CD Herivelto Martins 100 Anos já está na fábrica e vai ser lançado em novembro de 2012 pela Lua Music. Produzido por Thiago Marques Luiz para festejar o centenário de nascimento do compositor fluminense, de atuação marcante na música brasileira dos anos 40 e 50, o disco reúne 17 intérpretes em 14 faixas irmanadas pelo violão de Ronaldo Rayol. Eis as 14 músicas (e os respectivos autores, anos e intérpretes no tributo) selecionadas para o disco:

1. Ave Maria no Morro (Herivelto Martins, 1942) - Emílio Santiago
2. Dois Corações (Herivelto Martins e Valdemar Gomes, 1942) - Ayrton Montarroyos e Ylana Queiroga 
3. Atiraste Uma Pedra (Herivelto Martins e David Nasser, 1958) - Filipe Catto 
4. Carlos Gardel (Herivelto Martins e David Nasser, 1954) - Verônica Ferriani
5. Bom Dia (Herivelto Martins e Aldo Cabral, 1942) - Cida Moreira 
6. Pensando em Ti (Herivelto Martins e David Nasser, 1957) - Fagner 
7. Segredo (Herivelto Martins e Marino Pinto, 1947) - Cauby Peixoto
8. Caminhemos (Herivelto Martins, 1947) - Tetê Espíndola 
9. Camisola do Dia (Herivelto Martins e David Nasser, 1953) - Agnaldo Rayol 
10. Cabelos Brancos (Herivelto Martins e Marino Pinto, 1949) - Agnaldo Timóteo
11. Recusa (Herivelto Martins, 1952) - Alaíde Costa 
12. A Bahia Te Espera (Herivelto Martins e Chianca de Garcia, 1950) - Vânia Bastos 
13. Nega Manhosa (Herivelto Martins, 1957) 
- Márcio Gomes /
      Isaura (Herivelto Martins e Roberto Roberti, 1945) 
- Jair Rodrigues /
      Odete (Herivelto Martins e Dunga, 1944) - Paulo Neto
14. Praça Onze (Herivelto Martins e Grande Otelo, 1942) - Graça Braga

14 comentários:

Mauro Ferreira disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Fabio Gomes disse...

"Pensando em Ti" é de 1957, gravação original de Nelson Gonçalves.

O co-autor de "Praça .Onze" não é Cícero Nunes, e sim Grande Otelo, que aliás foi quem sugeriu o tema a Herivelto, que manteve o amigo como parceiro, embora não tenha aproveitado nenhum dos versos que Otelo já havia feito.

Mauro Ferreira disse...

Fábio, grato por me alertar do erro (de digitação)da data do 'Pensando em Ti'. Quanto à autoria de 'Praça Onze', o erro é real - e já está corrigido. Abs, MauroF

Fabio disse...

O registro de "Recusa" por Alaíde Costa é uma das coisas mais bonitas que ouvi nos últimos tempos.
Belo trabalho, como todos.

Toninho Lima disse...

"Cabelos Brancos" com Agnaldo Timóteo??? Não sei...

O tributo é muito bem-vindo! Herivelto é imortal. Mas pensei que teria também a (ótima) Milena, que esteve presente em outros tributos (Adoniran, Ataulfo...).

lurian disse...

Queria Amelinha ou Nana cantando "Andorinha", mas se não deu...

Rafael M. disse...

Estou certo de que a versão do Filipe Catto para "Atiraste Uma Pedra" e "Carlos Gardel" pela Verônica Ferriani devem ter ficado belíssimas, porém esperemos pelo lançamento para maiores opiniões.

Felipe Candido disse...

Mauro, por gentileza, me tire uma dúvida.
Todos os registros desse tributo são em voz e violão? Ou Ronaldo Rayol é também um convidado que toca o disco todo?

Jeferson Garcia disse...

O Medley tinha que ser justo com a faixa do Paulo Neto? Não poderiam ter juntado, os Agnaldos "Rayol e Timóteo" mais o Cauby?

Mauro Ferreira disse...

Felipe, o disco é de voz e violão. O violão de Ronaldo Rayol, que toca em todas as faixas. Abs, MauroF

Felipe Candido disse...

Obrigado, Mauro!

Rafael M. disse...

É estranho e até incompreensível de que a Lua Music tenha feito apenas 1 disco em tributo a Herivelto. Nos últimos tempos eles só tem lançado discos duplos ou até triplos (como no caso do álbum em tributo a Gonzagão), então por quê fazerem um único mísero disco para o do Herivelto? Tem tantas cantoras boas e talentosas como Maria Creuza, Sílvia Machete, Amelinha e por aí vai que poderiam (e mereciam) estar nesse projeto e que soariam muito mais interessantes e necessárias do que Agnaldo Timóteo.

Rafael M. disse...

Fábio, como você ouviu o registro de "Recusa" por Alaíde Costa, se nem sequer o disco ainda foi lançado?

ADEMAR AMANCIO disse...

Tetê cantando qualquer coisa,me soa bizarro.