Mauro Ferreira no G1

Aviso aos navegantes: desde 6 de julho de 2016, o jornalista Mauro Ferreira atualiza diariamente uma coluna sobre o mercado fonográfico brasileiro no portal G1. Clique aqui para acessar a coluna. O endereço é http://g1.globo.com/musica/blog/mauro-ferreira/


terça-feira, 30 de junho de 2015

Calcanhotto ceva o amargo da obra de Lupicínio em registro ao vivo de show

Adriana Calcanhotto vai lançar em julho de 2015, em edição da Sony Music, o registro ao vivo do show em que celebrou o centenário do compositor gaúcho Lupicínio Rodrigues (1914 - 1974), em apresentação feita em Porto Alegre (RS), em dezembro de 2014. O CD Loucura - Adriana Calcanhotto canta Lupicínio Rodrigues (capa à esquerda) alinha basicamente sucessos do compositor - conterrâneo da artista gaúcha - em repertório que surpreende em Cevando o amargo (Lupicínio Rodrigues e Paratini), toada gaúcha lançada em 1953 pelo conjunto vocal Farroupilha com o título de Amargo. Calcanhotto - vista em cena do show na foto maior, extraída de vídeo postado no YouTube - dá voz a sucessos Cadeira vazia (Lupicínio Rodrigues e Alcides Gonçalves, 1950), Castigo (Lupicínio Rodrigues e Alcides Gonçalves, 1953), Ela disse-me assim (Vai embora) (Lupicínio Rodrigues, 1959), Esses moços (pobres moços) (Lupicínio Rodrigues, 1948), Felicidade (Lupicínio Rodrigues, 1947), Homenagem (Lupicínio Rodrigues, 1961), Judiaria (Lupicínio Rodrigues, 1971), Loucura (Lupicínio Rodrigues, 1953), Nervos de aço (Lupicínio Rodrigues, 1947), Nunca (Lupicínio Rodrigues, 1952), Quem há de dizer (Lupicínio Rodrigues e Alcides Gonçalves, 1948), Se acaso você chegasse (Lupicínio Rodrigues e Felisberto Martins,1938), Vingança (Lupicínio Rodrigues,1951) e Volta (Lupicínio Rodrigues, 1957).

14 comentários:

Mauro Ferreira disse...

♪ Adriana Calcanhotto vai lançar em julho de 2015, em edição da Sony Music, o registro ao vivo do show em que celebrou o centenário do compositor gaúcho Lupicínio Rodrigues (1914 - 1974), em apresentação feita em Porto Alegre (RS), em dezembro de 2014. O CD Loucura - Adriana Calcanhotto canta Lupicínio Rodrigues (capa à esquerda) alinha basicamente sucessos do compositor - conterrâneo da artista gaúcha - em repertório que surpreende em Cevando o amargo (Lupicínio Rodrigues e Paratini), toada gaúcha lançada em 1953 pelo conjunto vocal Farroupilha com o título de Amargo. Calcanhotto - vista em cena do show na foto maior, extraída de vídeo postado no YouTube - dá voz a sucessos Cadeira vazia (Lupicínio Rodrigues e Alcides Gonçalves, 1950), Castigo (Lupicínio Rodrigues e Alcides Gonçalves, 1953), Ela disse-me assim (Vai embora) (Lupicínio Rodrigues, 1959), Esses moços (pobres moços) (Lupicínio Rodrigues, 1948), Felicidade (Lupicínio Rodrigues, 1947), Homenagem (Lupicínio Rodrigues, 1961), Judiaria (Lupicínio Rodrigues, 1971), Loucura (Lupicínio Rodrigues, 1953), Nervos de aço (Lupicínio Rodrigues, 1947), Nunca (Lupicínio Rodrigues, 1952), Quem há de dizer (Lupicínio Rodrigues e Alcides Gonçalves, 1948), Se acaso você chegasse (Lupicínio Rodrigues e Felisberto Martins,1938), Vingança (Lupicínio Rodrigues,1951) e Volta (Lupicínio Rodrigues, 1957).

Marcelo disse...

Depois dessa é q Gal não lança mesmo!!!

Gugu Oliveira disse...

Será que foi por conta desse projeto que a Gal não gravou a musica que a Adriana fez para o disco "Estratosférica"?

Rafael M. disse...

Adoro a Adriana e sei que ela fará algo focado na qualidade... Não tem nada a ver Gal não lançar o seu projeto por conta disso... O disco dela sai...

Rafael M. disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Luca disse...

Elza também gravou, acho que dá um banho nas duas

Anderson disse...

Estive nesse show e não foi bom, não... Se tiver que comparar, creio os cds da Gal e da Elza serão muito melhores. Mas infelizmente não assisti o show da Elza.

Vladimir disse...

Cada cantora tem a sua identidade, então, creio que serão trabalhos bem distintos e com a personalidade de cada uma. Sem falar que Lupicínio Rodrigues nunca é redundante para ser ouvido!

Henrique disse...

Mauro, que vídeo é esse que Adriana colocou no YouTube? Em que canal?

Marcelo Barbosa disse...

Elza também gravou, acho que dá um banho nas duas (2).
Gosto da Adriana e com certeza comprarei.

Rafael M. disse...

Tô com o Vladimir e não abro... Gravar Lupicínio nunca é demais! Salve a boa música brasileira... Que também venha o disco da Elza e da Gal dedicados a obra desse grande mestre...

Marcelo disse...

Gal não costuma lançar uma música qdo outra cantora tb a lança, que dirá um projeto inteiro!!? Duvido que esse projeto da Gal saia. Principalmente pela maneira que ela tem abordado o tema na mídia. Dizendo que faltam apenas 2 shows pra cumprir o contrato com a empresa contratante, parece que quer se ver livre. Uma gde pena pois o show foi fantástico!!! Espero estar errado...

Rafael M. disse...

Já efetuei a compra do meu CD. Ansíossimo para que chegue logo aqui.

Marcos Couto disse...

????