Mauro Ferreira no G1

Aviso aos navegantes: desde 6 de julho de 2016, o jornalista Mauro Ferreira atualiza diariamente uma coluna sobre o mercado fonográfico brasileiro no portal G1. Clique aqui para acessar a coluna. O endereço é http://g1.globo.com/musica/blog/mauro-ferreira/


quarta-feira, 24 de junho de 2015

Acidente de carro faz cantor goiano Cristiano Araújo sair de cena aos 29 anos

Cristiano Melo Araújo (24 de janeiro de 1986 - 24 de junho de 2015) - cantor e compositor goiano que tinha conquistado popularidade nos últimos anos entre o público consumidor da vertente pop da música sertaneja - saiu de cena na manhã de hoje. Um acidente de carro na altura do KM 613 da rodovia BR-153 - entre as cidades de Pontalina (GO) e Morrinhos (GO) - abreviou o percurso de Cristiano Araújo na estrada da vida. O artista chegou a ser levado para um hospital de Goiânia, mas, pelos relatos, já entrou sem vida no hospital. O cantor tinha 29 anos e saboreava momento de sucesso popular, sobretudo nas regiões Centro-Oeste e Nordeste do Brasil, onde sua mistura de sertanejo com ritmos como arrocha era recebida sem preconceitos pelo público. Nascido em Goiânia (GO), terra fértil para o cultivo de astros sertanejos, Cristiano Araújo cantou e gravou discos já na adolescência, sem repercussão. Ora em dupla, ora em carreira solo, o artista tentou o sucesso ao longo dos anos 2000. Mas a fama veio somente a partir de 2010 com singles como Efeitos. Contratado pela gravadora Som Livre, Araújo seguiu então a fórmula do sertanejo pop. Gravou mais DVDs e CDs ao vivo do que álbuns de estúdio - Continua, primeiro e único a pós o início na adolescência, lhe rendeu o hit Maus bocados - e se conectou com produtores do gênero como Dudu Borges. Cristiano Araújo atuava no mesmo mercado jovem sertanejo que referenda nomes como Gusttavo Lima e Luna Santana. O último projeto fonográfico do artista, In the cities - Ao vivo em Goiânia, foi lançado em novembro de 2014 via Som Livre, nos formatos de CD e DVD.

5 comentários:

Mauro Ferreira disse...

♪ Cristiano Melo Araújo (24 de janeiro de 1986 - 24 de junho de 2015) - cantor e compositor goiano que tinha conquistado popularidade nos últimos anos entre o público consumidor da vertente pop da música sertaneja - saiu de cena na manhã de hoje. Um acidente de carro na altura do KM 613 da rodovida BR-153 - entre as cidades de Goiatuba (GO) e Morrinhos (GO) - abreviou o percurso de Cristiano Araújo na estrada da vida. O artista chegou a ser levado para um hospital de Goiânia, mas, pelos relatos, já entrou sem vida no hospital. O cantor tinha 29 anos e vivia momento de sucesso popular, sobretudo nas regiões Centro-Oeste e Nordeste do Brasil, onde sua mistura de sertanejo com ritmos como arrocha era recebida sem preconceitos pelo público. Nascido em Goiânia (GO), terra fértil para o cultivo de astros sertanejos, Cristiano Araújo cantou e gravou discos já na adolescência, sem repercussão. Ora em dupla, ora em carreira solo, o artista tentou o sucesso ao longo dos anos 2000. Mas a fama veio somente a partir de 2010 com singles como Efeitos. Contratado pela gravadora Som Livre, Araújo seguiu então a fórmula do sertanejo pop. Gravou mais DVDs e CDs ao vivo do que álbuns de estúdio - Continua, primeiro e único a pós o início na adolescência, lhe rendeu o hit Maus bocados - e se conectou com produtores do gênero como Dudu Borges. Cristiano Araújo atuava no mesmo mercado jovem sertanejo que referenda nomes como Gusttavo Lima e Luna Santana. O último projeto fonográfico do artista, In the cities - Ao vivo em Goiânia, foi lançado em novembro de 2014 via Som Livre, nos formatos de CD e DVD.

Leo-MT disse...

Uma pena morrer tão jovem.

Alan disse...

O cara tinha talento apesar de ter umas músicas bobas. Uma grande perda.

ADEMAR AMANCIO disse...

O rapaz precisou morrer pra eu tomar conhecimento de sua curta existência.Enfim,uma pena.

Vinicius Zanella disse...

O álbum "in the cities" é Ao vivo em Cuiabá.