Mauro Ferreira no G1

Aviso aos navegantes: desde 6 de julho de 2016, o jornalista Mauro Ferreira atualiza diariamente uma coluna sobre o mercado fonográfico brasileiro no portal G1. Clique aqui para acessar a coluna. O endereço é http://g1.globo.com/musica/blog/mauro-ferreira/


terça-feira, 26 de janeiro de 2016

Anitta regrava hit de J. Balvin em single que vai ser lançado em 29 de janeiro

♪ Canção composta por J. Balvin e lançada pelo astro latino de reggaeton em 17 de julho de 2015, Ginza ganha a adição da voz de Anitta em single que vai ser lançado pela gravadora Universal Music na próxima sexta-feira, 29 de janeiro de 2016. Anitta entrou em estúdio em 11 de janeiro para adicionar voz à gravação de Balvin. Aos 30 anos de vida e 12 de carreira, J. Balvin - nome artístico do cantor e compositor colombiano José Álvaro Osorio Balvin - é uma das sensações atuais do mercado latino de língua hispânica. Amigo de Anitta, a quem conheceu através de redes sociais, Balvin recorre à cantora e compositora carioca para entrar no mercado brasileiro. Já Anitta se vale do dueto com Balvin para (começar a) pavimentar carreira no mercado latino de música  hispânica.

3 comentários:

Mauro Ferreira disse...

♪ Canção composta por J. Balvin e lançada pelo astro latino de reggaeton em 17 de julho de 2015, Ginza ganha a adição da voz de Anitta em single que vai ser lançado pela gravadora Universal Music na próxima sexta-feira, 29 de janeiro de 2016. Anitta entrou em estúdio em 11 de janeiro para adicionar voz à gravação de Balvin. Aos 30 anos de vida e 12 de carreira, J. Balvin - nome artístico do cantor e compositor colombiano José Álvaro Osorio Balvin - é uma das sensações atuais do mercado latino de língua hispânica. Amigo de Anitta, a quem conheceu através de redes sociais, Balvin recorre à cantora e compositora carioca para entrar no mercado brasileiro. Já Anitta se vale do dueto com Balvin para (começar a) pavimentar carreira no mercado latino de música hispânica.

Rafael M. disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Marisa disse...

Rafael, educação é fundamental!