Mauro Ferreira no G1

Aviso aos navegantes: desde 6 de julho de 2016, o jornalista Mauro Ferreira atualiza diariamente uma coluna sobre o mercado fonográfico brasileiro no portal G1. Clique aqui para acessar a coluna. O endereço é http://g1.globo.com/musica/blog/mauro-ferreira/


sexta-feira, 2 de outubro de 2015

Eis a capa e eis as 14 músicas do terceiro álbum de estúdio de Anitta, 'Bang!'

Com capa pop assinada pelo diretor de arte Giovanni Bianco, o terceiro álbum de estúdio de Anitta, Bang!, chega ao mercado fonográfico a partir de 13 de outubro de 2015 em edição da Warner Music. Previsto de início para ter sido lançado em setembro, o disco foi precedido pela edição do single Deixa ele sofrer (Anitta, Jefferson Junior e Umberto Tavares), música incluída no álbum em duas versões, a original e a acústica que fecha Bang!. No disco, gravado com convidados como o grupo carioca de rap Cone Crew (na faixa Sim), o rapper paulistano Dubeat (em Gosto assim) e o funkeiro carioca Nego do Borel (em Pode chegar), a cantora e compositora carioca de funk pop dá voz a 14 músicas. Eis - na ordem do álbum de repertório pop - as 15 faixas de  Bang!:

1. Bang (Anitta, Jefferson Junior e Umberto Tavares)
2. Deixa ele sofrer (Anitta, Jefferson Junior e Umberto Tavares)
3. Cravo e canela (Jhama e Pablo Luiz Bispo) - com Vitin
4. Parei (Anitta, Jefferson Junior e Umberto Tavares)
5. Essa mina é louca  (Jhama e Pablo Luiz Bispo) - com Jhama
6. Atenção (Anitta, Jefferson Junior e Umberto Tavares)
7. Gosto assim  (Anitta, Dubeat e DJ Kalfani) - com Dubeat
8. Show completo (Anitta, Jefferson Junior e Umberto Tavares)
9. Volta amor (Anitta, Wallace Vianna e André Vieira)
10. Sim (Anitta, Jhama, Ari, Cert, Papatinho, Batoré, Rany Money e Maomé) - com Cone Crew
11. Pode chegar (Anitta, Jefferson Junior e Umberto Tavares) - com Nego do Borel
12. Eu sou do tipo (Anitta, Wallace Vianna e André Vieira)
13. Deixa a onda te levar (Anitta, Jefferson Junior e Umberto Tavares)
14. Me leva a sério (Projota)
15. Deixa ele sofrer (Anitta, Jefferson Junior e Umberto Tavares) - versão acústica

14 comentários:

Mauro Ferreira disse...

♪ Com capa pop assinada pelo diretor de arte Giovanni Bianco, o terceiro álbum de estúdio de Anitta, Bang!, chega ao mercado fonográfico a partir de 13 de outubro de 2015 em edição da Warner Music. Previsto de início para ter sido lançado em setembro, o disco foi precedido pela edição do single Deixa ele sofrer (Anitta, Jefferson Junior e Umberto Tavares), música incluída no álbum em duas versões, a original e a acústica que fecha Bang!. No disco, gravado com convidados como o grupo carioca de rap Cone Crew (na faixa Sim), o rapper paulistano Dubeat (em Gosto assim) e o funkeiro carioca Nego do Borel (em Pode chegar), a cantora e compositora carioca de funk pop dá voz a 14 músicas. Eis - na ordem do álbum de repertório pop - as 15 faixas de Bang!:

1. Bang
2. Deixa ele sofrer
3. Cravo e canela - com Vitin
4. Parei
5. Essa mina é louca - com Jhama
6. Atenção
7. Gosto assim - com Dubeat
8. Show completo
9. Volta amor
10. Sim - com Cone Crew
11. Pode chegar - com Nego do Borel
12. Eu sou do tipo
13. Deixa a onda te levar
14. Me leva a sério
15. Deixa ele sofrer - versão acústica

italo vinicius disse...

Essa cravo e canela é do clube da esquina ?

Luciana Dias disse...

Mauro qual o problema que não consigo postar nenhum comentário pelo celular?
A Anitta qdo surgiu muitos (inclusive eu) falaram que não duraria 1 ano e a "cantora" está aí já lançando mais um álbum.
Bem eu particularmente não gosto, mas tem gosto pra tudo né?

Rafael M. disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Mauro Ferreira disse...

Luciana, não sei a resposta para essa sua pergunta de caráter técnico. Bem, quanto a Anitta, ela está conseguindo fazer a transição do mundo do funk para o universo pop. Sem desfazer as conexões com o funk. Abs, grato pelo comentário, MauroF

Henrique disse...

Achei a capa bem bacana, trash, pop... Vamos aguardar o conteúdo...

Rafael M. disse...

Capinha ridícula... Que lixo!!!

O blog disse...

Particularmente eu não gosto. Mas gostei demais da capa. Mas é aquela história de que o presente pode ser bem embalado, mas o que se tem dentro, pode ser surpreendente para o bem ou para o mal. Espero coisa boa.

Bruno Cavalcanti disse...

Pela primeira vez estou curioso para ouvir o disco dela. Acho que, ao menos visualmente, a Anitta tem se permitido aceitar sugestões diferentes, e até, quem sabe, explorar seus próprios gostos pessoais. Não sei se este será um grande disco, mas acredito que possa ser melhor que o anterior.

Queria saber... essa gente que define o que é lixo e o que não é... tocou pagode com quem para ser tão entendido no assunto? Em todos os assuntos.

Eduardo Cáffaro disse...

eu realmente acho 80% das musicas dela tudo parecidas, as melodias então ...tenho a sensação que vira e mexe o cd voltou para uma faixa anterior.

Luca disse...

capa arrasadora!

Rafael M. disse...

O Brasil vai de mal a pior mesmo quando diz que tem vontade de ouvir o trabalho desta "grande cantora". Estamos no fim do mundo mesmo!!!

Rhenan Soares disse...

Não gostei da capa e não vejo nada de extraordinário nos últimos trabalhos do Bianco. Essa capa é tão "boa" quando aquela do disco do Naldo feita pelo Romero Britto. Daria pra fazer num aplicativo de celular. Genial, não? Mas é incrível como os artistas brasileiros de POP / MPB gostam de uma grife. Quem sabe não rola um Grammy pra capa, né?

Vi a Anitta cantando no Prêmio Multishow mais recente e ela me convenceu a adiar uma providencial ida banheiro já nas primeiras notas. Estava cantando afinadíssima o "Gatas Extraordinárias". Correta. Me surpreendeu. (Não é a primeira que aprende a cantar ao longo do ofício. Tomara que tenha sorte pra continuar.)

Mas ainda acho talento e carisma mais que duvidosos...

BIGODE disse...

Eu não tenho coragem de ouvir esse disco, pq não gosto do estilo nada contra, não é minha praia

Mas essa capa está bem legal, moderna, achei o maximo