Mauro Ferreira no G1

Aviso aos navegantes: desde 6 de julho de 2016, o jornalista Mauro Ferreira atualiza diariamente uma coluna sobre o mercado fonográfico brasileiro no portal G1. Clique aqui para acessar a coluna. O endereço é http://g1.globo.com/musica/blog/mauro-ferreira/


domingo, 11 de outubro de 2015

Alceu faz no Recife o registro ao vivo do show em que reaviva álbum 'Vivo!'

A IMAGEM DO SOM - Postada por Alceu Valença em sua página oficial no Facebook, a foto de Toinho Melcop flagra o cantor e compositor pernambucano no palco do Teatro de Santa Isabel, no Recife (PE), na gravação ao vivo de Vivo! Revivo! - show em que o artista reaviva um de seus álbuns mais roqueiros, elétricos e psicodélicos, Vivo!, lançado em 1976 pela gravadora Som Livre. Feito por Alceu com o mesmo figurino do show original, em dois shows apresentados em 8 de outubro (para convidados) e 9 de outubro de 2015 (para público pagante), o registro ao vivo do espetáculo vai ser lançado em 2016, ano em que o lançamento do disco completa 40 anos. Além do repertório de Vivo!, o cantor deu voz no roteiro autoral a músicas dos álbuns Molhado de suor (Som Livre, 1974) - caso de Papagaio do futuro, composição que Alceu apresentou publicamente em festival de 1972 - e Espelho cristalino (Som Livre, 1977). O show percorre o Brasil desde 2012.

2 comentários:

Mauro Ferreira disse...

♪ A IMAGEM DO SOM - Postada por Alceu Valença em sua página oficial no Facebook, a foto de Toinho Melcop flagra o cantor e compositor pernambucano no palco do Teatro de Santa Isabel, no Recife (PE), na gravação ao vivo de Vivo! Revivo! - show em que o artista reaviva um de seus álbuns mais roqueiros, elétricos e psicodélicos, Vivo!, lançado em 1976 pela gravadora Som Livre. Feito por Alceu com o mesmo figurino do show original, em dois shows apresentados em 8 de outubro (para convidados) e 9 de outubro de 2015 (para público pagante), o registro ao vivo do espetáculo vai ser lançado em 2016, ano em que o lançamento do disco completa 40 anos. Além do repertório de Vivo!, o cantor deu voz no roteiro autoral a músicas dos álbuns Molhado de suor (Som Livre, 1974) - caso de Papagaio do futuro, composição que Alceu apresentou publicamente em festival de 1972 - e Espelho cristalino (Som Livre, 1977). O show percorre o Brasil desde 2012.

luis claudio de oliveira disse...

Bacana!! Adoraria que a Bethânia remontasse e registrasse o show A Hora Da Estrela, baseado em obra homônima de Clarice e que foi um super show e momento único na MPB.